Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Sociedade E Notícias>Política>Resumo de www.globo.com.br

www.globo.com.br

Resumo do Web site   por:asklaidon    
ª
 
ERUSALÉM - Acusando os críticos internacionais de 'hipócritas', o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, defendeu nesta quarta-feira o ataque ao navio turco Mavi Marmara, na madrugada de segunda-feira, que integrava um comboio que seguia para a Faixa de Gaza com ajuda humanitária. A ação provocou a morte de nove ativistas e gerou protestos no mundo todo.

Em um breve discurso televisionado à nação, o premier de Israel descartou a intenção de suspender o bloqueio a Gaza e a luta contra o Hamas.

Segundo ele, recuar agora seria permitir que a região se transformasse em base de mísseis iranianos que ameaçariam não apenas Israel, mas toda a Europa.

O governo de Israel acelerou a deportação dos ativistas detidos após a ação . Ao todo, 124 pessoas de 12 nações muçulmanas chegaram nesta quarta-feira a Amã, na Jordânia, a bordo de cinco ônibus israelenses. Além deles, pelo menos 400 ativistas já foram transportados de ônibus para o Aeroporto Internacional de Tel Aviv. Os ativistas libertados reclamaram de maus-tratos.

O último barco da frota atacada por Israel ainda espera completar a missão. O Rachel Corrie, que ficou para trás após apresentar problema mecânico, encontra-se na costa da Líbia, no Mar Mediterrâneo, depois de ter zarpado de Malta. O premier da Irlanda, Brian Cowen, pediu que Israel permita que o Rachel Corrie atraque com segurança em Gaza, apesar de reconhecer que parte da sua carga - cimento - possa não ser considerada ajuda humanitária ao povo palestino. O barco também leva equipamentos médicos.

Entre seus os dez ocupantes do Rachel Corrie está a ganhadora do prêmio Nobel da Paz Mairead Maguire. O nome da embarcação foi escolhido em homenagem a uma americana de 23 anos morta em Gaza em 2003 ao tentar impedir uma escavadeira de demolir uma casa palestina.

Hoje, três dias após a operação israelense, o grupo Campanha Europeia pelo Fim do Bloqueio a Gaza afirmou já ter obtido financiamento para enviar mais três barcos a fim de desafiar as restrições impostas pelas forças de Israel, que impedem que embarcações atraquem no território palestino. De acordo com informações publicadas pelo jornal "Haaretz", o chefe do grupo baseado em Bruxelas, na Bélgica, disse que a operação, chamada de "Liberdade 2", poderá ter mais embarcações do que a que acabou interceptada pelas forças israelenses.

- Após o massacre feito pelas forças israelenses em águas internacionais, os pedidos do mundo por uma nova frota são ainda mais fortes - afirmou Arafat Madi. O grupo ativista espera lançar a operação dentro de algumas semanas
Publicado em: 02 junho, 2010   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    rouboderelogios Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como fazer inscriçoes p/ internete p/ as escolas municipais do rj Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    receitas para fazer macarrão para diabéticos 2810367 em O Gllobo,domingo,24 de outubro ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    as receitas para fazer macarrão, oferecidas em O Globo de domingo, hoje, dia 24 ee outubro de 2010 - sou assinante antiga do jornal e acredito no que promete. vera leal domingo, 24 de outubro de 2010
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.