Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Psicologia>Resumo de A ética hoje

A ética hoje

Resumo do Livro   por:Atena01     Autores: VALLS; Álvaro L.
ª
 
A ética é uma referência para que os indivíduos possam viver em sociedade através de atitudes de julgamentos críticos da moral vigente, tornando-se mais humanos diante da vida cotidiana. A ética se aplica à família, à sociedade e ao estado, promovendo a reflexão crítica da moralidade. Enquanto que a moral regula os valores e os comportamentos de um determinado povo (ou grupo cultural/religioso) em um determinado tempo e espaço, a ética julga a validade da moral. Desta forma é que os valores são repensados e modificados através dos tempos, como aconteceu com o esquema da escravidão, considerado “normal” de acordo como os padrões morais de determinada época. A ética é um conjunto de princípios e disposições voltados para a ação, historicamente produzidos, validando ou não as ações humanas. Entretanto, apesar de não ser subjetiva, a ética também não é puramente teórica, pois não é um conjunto de verdades fixas, imutáveis. A ética exerce uma permanente vigilância crítica sobre a moral, para reforçá-la ou transformá-la, modificando-se de forma dinâmica através da história, como um princípio regulador do desenvolvimento histórico, político e cultural. Entretanto, pelo que se observa no cotidiano, a ética, em teoria, não garante o progresso moral das pessoas e dos governantes. Verifica-se no mundo inteiro a publicação de diversas normas, acordos, tratados de intenções, discursos, leis e outros instrumentos que mostram a necessidade e as intenções de harmonizar as relações humanas. Estão descritos princípios na Constituição Brasileira, na Declaração de Direitos Universais e em outros documentos garantindo justiça, liberdade, solidariedade, proteção ao meio ambiente, à infância, ao idoso, distribuição de renda, paz, educação, saúde e tantos outros necessários à vida com dignidade. O que se verifica, na prática, é o poder político sujeito as pressões do poder econômico, em colisão com os direitos da cidadania e das condições de vida livre, saudável e digna, mostrando a degeneração dos princípios morais e o domínio dos interesses de grupos mais poderosos que as minorias em situação de risco. Neste aspecto, prejudica-se o ser humano e sua qualidade de vida, pela depredação do meio ambiente em favor do poderio econômico. No Brasil, por exemplo, a forma de desenvolvimento econômico tem gerado situações contrárias aos princípios éticos, gerando desigualdades, injustiças, reduzindo os direitos e levando grande parte da população a uma situação indigna de vida, além de prejudicar os laços de solidariedade e aumentar a desconfiança, revolta e violências. Ao mesmo tempo, verifica-se o enriquecimento ilícito e a impunidade, com uma postura de hipocrisia frente aos constantes escândalos divulgados pelo jornalismo nacional e internacional. Nesse sentido, a formação pessoal e a postura moral e ética de cada cidadão são instrumentos para a manutenção e divulgação de valores básicos e essenciais para a população, contribuindo para a construção de uma sociedade livre, justa e solidária; reduzindo ou eliminando a pobreza e as desigualdades sociais e promovendo a dignidade para todos, conforme prevê a Constituição do Brasil. A maneira com que cada indivíduo conduz sua vida pessoal, em família, no âmbito profissional, na sociedade e nas relações com o planeta é uma forma de participação efetiva. Uma vez pautada em princípios éticos, com atenção e a sensibilidade às questões que necessitam de intervenções, em consonância com os direitos e deveres da humanidade, é uma forma de contribuição para a defesa da dignidade do ser humano e do meio ambiente, em busca da recuperação de valores importantes para o bem de todos.
VALLS, Álvaro L. M. A ética hoje
. In: ______. O que é Ética?
São Paulo: Brasiliense, 1998.
Publicado em: 06 maio, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    esee é um resumo do dia a dia? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quero saber como a etica esta hoje em dia ?? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual a importancia da midia Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como eu aplico ética e moral na minha vida ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que e etica? por alvaro l.m.valls como aplicar na atualidade Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Porque existe a Ética? Que foi que mandou fazer a Ética ? Porque a usa-mos ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    é tao triste as pessoas aqui no brasil nao terem etica; porque isso acontece? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a importansia da etica ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Melhorar nosso caráter, tornamos mais responsáveis e dignos para com as pessoas. quarta-feira, 22 de junho de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    como viver no mundo atual com etica e respeito mutuo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    me fale em 10 linhas como viver com ética nos dias de hoje Veja tudo
Etiquetas :
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. VITOR CENTURY

    NEURO-CÉLULAS EGOCENTRICAS

    Ética, Responsabilidade, Estética, Razão, Honradez, etc., fazem parte do funcionamento globalizante das neuro-células egocentricas. A moral está intimamente ligada ao comportamento hereditário, desde há milhões de anos, a partir dos primeiros simios Orrorin e Toumai

    1 Classificação quarta-feira, 9 de maio de 2007
X

.