Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Psicologia>Resumo de Introduçao do relatorio de psicologia organizacional

Introduçao do relatorio de psicologia organizacional

Resumo do Artigo Científico   por:noemipsi     Autor : noemi bachega mello
ª
 
Introdução

A cada ano que passa, a psicologia vem conquistando “espaço”, e campo de trabalho, e é através dessas conquistas que a psicologia se desenvolveu e caracterizou-se como uma ciência que pode ser colocada em prática em diversas áreas: clínica, escolar, organizacional, esporte, trânsito, jurídica, etc.
A psicologia Organizacional, iniciou-se com psicologia do trabalho na década de 30, com a formação de psicotécnicos que na sua maioria eram engenheiros que se dedicavam aos problemas de ajustamento humano ao trabalho. Esses profissionais eram formados na escola de Sociologia e política de São Paulo, no Instituto de Seleção e Orientação Profissional da Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro. Mas é a partir da obra do autor Emilio Mina y Lopez, que formou na década de 50 a psicologia Industrial e do trabalho.
Então, a partir dessa década (50), o trabalhador deixou de ser visto isolado, e a organização passou a ser vista como uma fonte de variáveis qual deveriam ser consideradas no processo de ajustamento do trabalho. Essa visão ficou clara com a abordagem humanista (segundo Chiavenato 1999); ela nasceu da necessidade de corrigir a tendência a desumanização como grupos de pessoas, enfatizando estas pessoas, lhe transmitindo confiança e lhes dando autonomia.
“A organização é um sistema de atividades conscientes coordenadas de duas ou mais pessoas, a cooperação entre elas é essencial para a existência da Organização” (Chiavenato, 1999)
Existe muitas organizações e é grande a influência das organizações sobre a vida dos indivíduos, tudo é influenciado pela sociedade que é uma Organização (maneira de vestir, trabalhar, divertir etc). Mas a organização recebe influencia de seu influenciado, com isso percebe-se que a sociedade moderna é uma sociedade de organizações humanas.
As organizações são sistemas muito complexos, é devido a essa complexidade que a psicologia Organizacional tem seu campo de trabalho; É a sua imenção nesse campo se torna necessário para que fenômenos Organizacionais sejam compreendidos.
O psicólogo dentro da Organização precisa¹ conhecer a dinâmica de funcionamento do local, buscar conhecimentos em relação a administração de recursos humanos, habilidades para conciliar os meios da empresa e funcionários repensar alternativas e abordagens, para assim satisfazer as necessidades da organização.
Atualmente o psicólogo Organizacional conquistou seu “espaço”, através de um bom trabalho, perseverança e competência, mostrando a sua importância dentro da empresa. Assim a diversidade de atuação do psicólogo Organizacional se expandiu, obtendo-se um repertório muito grande de atividades conciliadas aos profissionais de psicologia.
Dentre muitas funções² que o psicólogo Organizacional pode realizar com competência são:
• Planejar, elaborar e avaliar análise do trabalho;
• Participar de recrutamento e seleção de pessoal;
• Elaborar, executar e avaliar, em equipe multiprofissional, programas de treinamento e formação de mão-de-obra;
• Participar, assessorar, acompanhar e elaborar instrumentos para o processo de avaliação pessoal;

• Planejar, coordenar, executar e avaliar programas de treinamento, de capacitação e desenvolvimento de recursos humanos;
• Participar de programas educacionais, culturais, recreativos e de higiene mental, com vistas a assegurar a preservação da saúde e da qualidade de vida do trabalhador;
• Encaminhar e orientar os empregados e as organizações;
• Coordenar e supervisionar as atividades de psicologia Organizacional;
• Participar do processo de desligamento de funcionários;
• E participar como consultor no desenvolvimento dos organizações sociais.
• Etc
Assim a principal função do psicólogo é trabalhar de forma, a não esquecer que cada ser humano tem sua individualidade e que esta, reflete em seu fazer na organização, por isso a organização acaba se tornando individual, única, é a cada dia o profissional depara-se com uma nova “empreitada com suas individualidades” e assim utiliza-se de todo o seu profissionalismo para trabalhar de forma a atender a dinâmica da organização.
CHIAVENATO, I Recursos Humanos na Empresa, Ed. Atlas, São Paulo, 1999.
DRUCKER, Peter Fendenard – Administrando em tempos de grandes mudanças, tradução Nivaldo Montingelli: 3 ed. São Paulo, Atlas 1998; 626p.
ZANELLI. J.C. O psicólogo nas organizações de trabalho: Formação e atividade profissional. Paralelo27, Florianópolis –SC. 1994.
SITE – www.psicoweb.com.br

Publicado em: 12 maio, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    quais sao os referenciais teoricos do text acima? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Como iniciar um trabalho em uma organização onde o que prevalece é a política e a indicação? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual a importancia da psicologia organizacional para o indivíduo? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual importancia da psicologia organizacional na sociedade? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    papel do psicologo organizacional Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual o trabalho da psicologia dentro das organizações ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    E de organiza-la de modo que os colaboradores entendam-se e saibam trabalhar em grupo para que a empresa progrida com sucesso. domingo, 4 de setembro de 2011
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.