Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Psicologia>Resumo de Parapraxias (atos falhos) - Conferência II

Parapraxias (atos falhos) - Conferência II

Resumo do Livro   por:Danles     Autor : Sigmund Freud
ª
 
O que são equívocos? Ás vezes pequenos, banais, trocar uma palavra por outra em um discurso, esquecer o nome de alguém. Prontamente são corrigidos e compreende-se em geral, que foram erros apenas. Na teoria psicanalítica, entretanto, as parapraxias (atos falhos) tem um significado psíquico pleno e revelam muito mais do que se possa supor superficialmente. Segundo Freud, a palavra que irrompe em lugar da que havia sido escolhida pela consciência é, na verdade, uma expressão do Inconsciente e, portanto, mais verdadeira em relação à subjetividade e à intimidade do indivíduo. A palavra avalizada pela consciência está em sintonia com o que se espera socialmente, com padrões de educação, moral e convivência. Ela é lógica, precisa, adequada, enquanto a palavra preciptada é surpreendente e pode ser ofensiva, burlona, estranha... Às vezes poderá ser absurda à primeira vista, mas a interpretação de pronto revela a claridade de seu sentido para quem a proclamou: o Inconsciente, este outro eu, afetado pelos desejos. No esquecimento de um termo ou um nome também está presente a força do embate entre Consciente e Inconsciente, indicando o que se pode ou não pensar nos domínios da consciência. Segundo Freud, relações entre algumas palavras, sentimentos e momentos muitas vezes de características aparentemente desconexas resultam em esquecimento e ao compreender o motivo do lapso, lá está o pensamento oculto, o desejo inconsciente que motivou tal atitude.
Publicado em: 14 junho, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    parapraxias Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Quero saber mais sobre as parapraxias da conferência III PODE SER ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    ESTAVA CONVERSANDO COM O MEU MEDICO E NUM MOMENTO ELE ME DISSE QUE HAVIA DITO ALGO QUE NAO ME LEMBRO DE TER DITO PODE SER CONSIDERADO UM ATO FALHO? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    depende se oque foi dito por engano, o deixou atônito, perplexo. quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 2. Flávia Bezerra Pantoja

    Resumo

    Muito bom seu resumo.Parabéns! Beijos, EU.

    0 Classificação sábado, 23 de junho de 2007
  2. 1. vitor century

    VERTIGENS MENTAIS

    O inconsciente não existe: os actos falhados são um ligeiro engano e precipitação que tem origem nas vertigens mentais do ente, sempre activas, como se fossem ressentimentos diários

    1 Classificação sexta-feira, 15 de junho de 2007
X

.