Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Educação>Resumo de A História da Educação no Brasil: os anos de 1980 e 1990

A História da Educação no Brasil: os anos de 1980 e 1990

Resumo do Artigo   por:PabloSantos     Autor : Marcelo de Matheus Medeiros
ª
 
A década de 80 foi extremamente significativa para a historia nacional: passamos do período do milagre econômico para uma década de grande recessão econômica e inflação galopante – esta década ficou conhecida como a década perdida –, saímos da ditadura militar para um processo de redemocratização da política, aliado a luta de vários setores da sociedade e de instituições classistas como a OAB, CNBB e outros. Na esteira deste processo, a educação nacional irá sofrer fortes mudanças – no geral para pior, a despeito dos muitos esforços que buscavam sua melhoria. Alguns aspectos relevantes deste processo foram as inúmeras contradições geradas entre o poder centralizador do governo federal – ainda que enfraquecidos estivessem os militares – e a busca pela descentralização – ampliada pelo caráter clientelista deste. Neste sentido, o governo federal atuava no controle das verbas, dos critérios de distribuição dos recursos etc. e atuava junto aos municípios numa postura altamente clientelista. Isto gerava uma dualidade entre a realidade educacional dos estados e os municípios, caracterizando um quadro educacional na década de 80 dramático. Contrariando todos os anseios dos diversos setores sociais, políticos, intelectuais entre outros, a “nova republica” manteve e, até mesmo, aprofundou as contradições e o controle do Estado federal sob as políticas educacionais. Dessa forma, tal posição política gerou entre os três níveis de governo, no que diz respeito a educação, duplicação, sobreposição e má gerencia dos recursos impedindo que se formulasse um projeto integrado de educação.
A década de 90 marca a entrada do Brasil na nova divisão internacional da economia mundial via abertura econômica, privatizações etc, desencadeada a partir do governo COLLOR e aprofundada nos dois governos de FHC. Assim, várias reformas foram implementadas, como por exemplo a criação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, em 1996, no primeiro mandato de FHC.
Como o governo adotou os receituários dos organismos internacionais que se pautavam em imperativos financeiros e competitivos, incorporando-os à nova lei da educação, o que levou a significativas mudanças no cenário educacional brasileiros, temos uma série de medidas que evidenciam tal opção: a própria LDB é permeada de contradições, ambigüidades e reflete a diretriz neoliberal adotada no governo FHC. A partir da década em questão, a educação passa a ser vista como pertencendo a esfera do mercado e, portanto, objeto das políticas neoliberais preconizadas pelos diversos organismos internacionais como o FMI, a UNESCO, a OCDE e outros. Dentro da postura neoliberal deste governo, um dos elementos principais é a idéia de estado mínimo e de competitividade. Assim, a idéia de estado mínimo prega, de um lado, a redução dos gastos públicos e, de outro, que sua função passaria a ser a de agir no sentido de retirar os possíveis entraveis ao capital. Na busca de se inserir na economia global, dá-se início a reestruturação produtiva da economia nacional o que implica no avanço da competição tanto intranacional quanto internacional. Assim, “uma grande parte das medidas preconizadas pelo FMI para os países que se preparam para um crescimento econômico “sadio” consistem em reduzir o volume do déficit público e transferir o controle dos recursos nacionais do Estado para o setor privado”. (Carnoy, 2002) Com isso, podemos falar que o Estado brasileiro caminha a passos largos em direção a privatização do ensino, sendo esta a etapa final do processo de sucateamento do sistema educacional.
Publicado em: 21 novembro, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    um dos elementos principais é a ideia: Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como foi a educação da década de 80? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    preciso da referência bibliográica deste resumo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    educação fisica nos anos 80 e 90 Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu quero só a educaçao na decada de 80 Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como eu faço uma introdução deste texto ? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    cague mt++ domingo, 3 de março de 2013
  1. Responda   Pergunta  :    Qual era o modelo de educação implantado na época? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    .? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como eram as escolas no ano de 1980 ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Não eram tão boas como as de hoje! segunda-feira, 19 de novembro de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    como foi a modificação na educação Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.