Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Economia>Resumo de A População Economicamente Ativa e a Distribuição de Renda no Brasil

A População Economicamente Ativa e a Distribuição de Renda no Brasil

Resumo do Artigo   por:FlordaLua     Autor : João Carlos Moreira & Eustáquio de Sene
ª
 
O Brasil apresenta um dos piores índices de distribuição de renda do mundo. Isso se deve ao processo inflacionário de preços. Os reajustes nunca foram totalmente repassados aos salários.
No Sistema Tributário Brasileiro, a carga de impostos indiretos, que não distingue a faixa de renda, chega a 50% da arrecadação.
Sucessivos governos agravam o processo de concentração de renda ao aplicar seus recursos em beneficio de setores ou atividades privadas, em detrimento dos investimentos públicos em educação, saúde, transporte coletivo, habitação, saneamento e laser.
Em 1994, com a implantação do Plano Real e o controle da inflação, houve uma melhora na distribuição da renda nacional, com ganhos expressivos para a população de baixa renda.
20,6% da população economicamente ativa trabalha em atividades agrícolas, o que retrata o atraso de parte da agricultura brasileira. Na maior parte do pais a agricultura é praticada na forma tradicional e ocupa muita mão-de-obra.
O país possui um grande parque industrial, comparado ao de países desenvolvidos. No entanto, esse dado, isoladamente, não reflete a produtividade do trabalhador e o grau de desenvolvimento tecnológico do parque industrial.
As atividades terciárias, num país subdesenvolvido são os setores que apresentam mais problemas, por englobar os maiores níveis de subdesenvolvimento. Mesmo no setor formal de serviços as condições de trabalho e níveis de renda são muito contrastantes.
A inserção da mão-de-obra feminina no mercado de trabalho, no Brasil, está ligada à perda do poder aquisitivo dos salários e a crescente necessidade de que a mulher trabalhe para complementar a renda familiar.
Essa situação permite que parte dos empresários prefira mão-de-obra feminina. As mulheres, por necessidade de trabalhar, sujeitam-se a salários menores do que os dos homens, mesmo quando exercem função idêntica e na mesma empresa.
Publicado em: 27 junho, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    por que as mulheres tem menor salário em relação dos homens? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    orcamento para a educacao do estado de pernambuco Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    situacao da populacao economicamente ativa no brasil Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    taxa de juros de poupanca Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual arelacao entre pea e adistribuisao de renda Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual o pea do Tadjiquistão? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    texto sobre a pea distribuiçao de renda Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    dierença entre população ativa e população economicamente ativa Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    QUAL A QUANTIDADE DE TRABALHO INFORMAL NO BRASIL E DE POPULAÇAO ATIVA NO BRASIL ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    COMO ACONTECE A DESTRIBUICAO DE RENDA NO MUNDO Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. marcio

    Distribuindo Pia

    eu quero saber, distribuindo pea

    0 Classificação quarta-feira, 29 de junho de 2011
X

.