Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Antropologia>Resumo de As limitações do metodo comparativo

As limitações do metodo comparativo

Resumo do Artigo   por:Angeluzolympus     Autor : Franz Boas
ª
 
Franz BoasFranz Boas (Minden, 9 de julho de 1858 — Nova Iorque, 21 de dezembro de 1942) foi um antropólogo teuto-americano. Nascido numa família judaica liberal, seu pai, Meier Boas, era um comerciante de sucesso e sua mãe, professora de jardim da infância. Ambos os pais de Boas eram influenciados pelo "espírito" da Revolução de 1848 mesmo anos após o seu término. A influência dos princípios políticos de seus pais durante sua infância e adolescência teriam reflexos na formação de suas idéias pioneiras sobre raça e etnicidade. Sua primeira inserção no campo científico não se deu a partir da Antropologia, mas sim da Física, curso no qual Boas se qualificou como doutor pela a Universidade de Kiel em 1881. Através de sua dissertação de doutorado "Contribuições para o Entendimento da Cor da Água" Boas buscou demostrar como os domínios da experiencia humana "através dos conceitos de quantidade ... não eram aplicáveis". Foi em uma viagem para Baffinland com a intenção de escrever um livo sobre psicofísica, enquanto trabalhava com um grupo de eskimós (inuit) que Boas vivenciou a sua primeira experiência de campo. Tal experiência foi determinante para sua mudança disciplinar e o início de suas reflexões antropológicas. Em 1887 Boas emigrou para os Estados Unidos, mas somente depois de sua primeira publicação que se tornou referência enquanto antropólogo. Diferente dos evolucionistas que dominavam a Antropologia em seu princípio, Boas argumentava que em contraste com o senso comum, raças distintas da caucasiana, "raças como os índios do Peru e da América Central haviam desenvolvido civilizações similares àquelas nas quais as civilizações européias tinham sua origem". Embora seus escritos ainda reflitam um certo racismo inerente ao seu tempo, Boas foi pioneiro nas idéias de igualdade racial que resultaram nos estudos de Antropologia Cultural da atualidade. Como orientador de antropólogos notáveis como Margaret Mead, Melville Herkovits, Ruth Benedict e do brasileiro Gilberto Freyre, Boas ficou conhecido posteriormente como pai da Antropologia contemporânea. De todas as suas idéias, a formulação do conceito de etnocentrismo e a necessidade de estudar cada cultura singularmente por seus próprios termos exercem, ainda nos dias de hoje, uma enorme influência nos estudos antropológicos. Em sua obra, Boas se contrapôs aos evolucionistas, que compreendiam as culturas das sociedades não-caucasianas como inferiores. É através de seus estudos que a idéia de uma escala evolutiva das sociedades partindo de agrupamento de homens "selvagens" ou "naturais" e chegando as "sociedades civilizadas" européias vai sendo gradualmente abandonada pelos estudos antropológicos. ...Dois índios particularmente responsáveis foram enviados pelo conselho dos anciões a visitar um grupo que quase uma geração antes havia se separado para caçar em uma região pouco conhecida e mantivera só contato esporádico com a tribo. À volta, relataram sobre seu encontro com os representantes do grupo: tinham constituído uma espécie de novo conselho dos anciões e deram as informações desejadas sobre a região. Os dois emissários expuseram "verbatim" (literalmente), o conteúdo das conversas imitou as expressões dos rostos dos interlocutores, que para nós europeus parecem sempre impassíveis, mas das quais os índios detectam as mínimas nuances, salientaram uma sombra de reticência, num determinado momento e contribuíram na análise dos resultados da empresa, realizada pelo conselho: lá devia haver mais facilidade de caça do que os membros do grupo queriam admitir. (FRANZ BOAS, 1890, de uma carta a um amigo na Alemanha, na qual comunicava que decidira dedicar-se exclusivamente à antropologia.) Contribuição teórica Apontava que cada cultura é uma unidade integrada, fruto de um desenvolvimento histórico peculiar. Enfatizou a independência dos fenômenos culturais com relação às condições geográficas e aos determinantes biológicos, afirmando que a dinâmica da cultura está na interação entre os indivíduos e sociedade. Dentre suas obras principais, destacam-se: "The Mind of Primitive Man", 1938 (A Mente do Homem Primitivo), e "Race, Language and Culture", 1940 (Raça, Linguagem e Cultura).

AS LIMITAÇÕES DO METODO COMPARATIVO Existencia de leis gerais Semelhanças culturais são resultado do trabalho uniforme da mente humana e não mais uma conexão histórica metodo - Isolar e Classificar - condiões externas as quais o povo vive - causas internas O METODO COMPARATIVO * Desemvolvimento Hipotetico * Uso indiscriminado de evidencias culturais para provar uma conexão historica * Compara resultados de desemvolvimento * Supõem conexão diante de semelhanças O METODO HISTÓRICO * Busca das leis gerais * Analise do meio ambiente e condições psicologicas * Analise da história do desemvolvimento * Compara o processo de desemvolvimento As forças a que se dirigem os ritos não levam necessariamente a idéia de Deus - surge a idéia de mito Relações de tempo espaço (categorias do entendimento) - são ligadas a natureza, dando a conexao com a eternidade. EMPIRISMO - INSTITUIÇOES (MORAIS E ECONOMICAS) CONHECIMENTO RAZÃO - REPRESENTAÇÕES COLETIVAS - RELIGIÃO É ESSENCIAL P/ O CONHECIMENTO TOTEM - FORÇA NATURAL E SOBRENATURAL
Publicado em: 16 julho, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    Boas fala de fenômenos culturais similares. Qual a crítica que fez a uma ideia? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Boas faz cr´tica a um métodode investigaçãomuito utlizado por uma corrente de pensamento antropológico. Aque estava se referindo e que médo era este? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    exemplos de metodo comparativo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais as limitações do método comparativo Veja tudo
Etiquetas :
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.