Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Resumo de Reconstituição DA HISTÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL NO PIAUÍ

Reconstituição DA HISTÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL NO PIAUÍ

Resumo do Artigo   por:RRCarvalho     Autores: ALENCAR; Aglair. Alguns
ª
 

 
Os desafios que hoje se depositam para a democratização da gestão pública decretam a análise das relações entre Estado e Sociedade Civil e de seus desenvolvimentos no interior de cada uma dessas esferas.
 
Estes temas têm sido tratados sob diferentes prismas na Revista Serviço Social & Sociedade através de publicações de trabalhos, estudos, artigos de diversos autores que refletem sobre os mesmos.
 
No entanto o nº12 da revista cuja matéria de capa faz alusão aos 50 anos do Serviço Social no Brasil, traz um artigo intitulado “Reconstituição da História do Serviço Social no Piauí.” O presente artigo foi escrito baseado em dados de alguns trabalhos de alunos do Curso de Serviço Social da Universidade Federal do Piauí.
 
Em um primeiro momento o artigo faz uma reflexão positiva sobre a história do Serviço Social no Brasil e posteriormente apresenta a necessidade de refletir sobre o estudo da profissão no Estado do Piauí. levando em conta entrevistas feita junto aos primeiros assistentes sociais implantadores da profissão em diversas instituições.
 
Os estudos citados no artigo fazem alusão apenas ao Serviço Social e não a outras formas de ação social de ordem religiosa como caridade e beneficência limitando-se a fatos ocorridos apenas no período entre 1947 a 1980, uma vez que antes disso no Brasil dos anos 30 originou-se o Serviço Social junto ao nascimento ao projeto político da Igreja católica.
 
Talvez este seja o motivo dos autores dos trabalhos citados no presente artigo, não abordar os acontecimentos anteriores a esta época uma vez que se tratava mais de ações filantrópicas. Ou ainda como no próprio artigo que esta justificado, pela falta de documentação necessária que mostrasse a intervenção do Serviço Social, desde o instante em que foi implantado na instituição.
Contudo, o artigo mostra alguns aspectos da vida do serviço social no Piauí, implantado no ano de 1947 com a chegada da Assistente Social Delma Portela Basílio da Silva, à Legião Brasileira de Assistência, a qual foi fundada em 14 de setembro de 1942 com o objetivo de prestar assistências às famílias dos combatentes da segunda Guerra Mundial.
 
Com o final da guerra, se tornou um orgão de assistência à famílias necessitadas em geral. Presidido pelas primeiras-damas, a LBA se tornou, a partir do período da ditadura militar, corrupta. Foi extinta por Fernando Collor de Mello em 1991. Sua última presidente foi Rosane Collor.
 
Nesta época, também, foram implatados outros orgãos que tinha a mesma linha de atuação da LBA, porém menos corruptos, e que permanece até hoje atuando, como é o caso do Serviço Social da Indústria – SESI, criado em 1958; Serviço Social do Estado – SERSE criado em 1960 e, por fim, a Ação Social Arquidiosesana – ASA, também criada em 1960.
 
O artigo faz um breve comentário sobre as atividades desenvolvidads por estes três órgãos nas épocas em que foram criados. Atividades estas que beneficiaram a sociedade que teve como enfrentar problemas sociais. Percebe-se que o serviço social desenvolvido em um estado nordestino não deixava nada a desejar com relação as ações desenvolvidadas pelos profissionais da mesma categoria do eixo Rio - São Paulo, que receberam nesta época influências européias. O que resultou num retrocesso econômico no estado transformando-o em fornecedor de mão-de-obra para outras regiões do pais.

 
O que se concluiu no artigo publicado na revista Serviço Social & Sociedade, é que o Serviço Social como instituição componente da organização da sociedade, reproduz pela mesma atividade, interesses contrapostos, respondendo tanto a demandas do capital como do trabalho e só pode fortalecer um ou outro pólo pela mediação de seu oposto.
 
Tanto participa dos mecanismos de dominação e exploração como, da resposta às necessidades de sobrevivência da classe trabalhadora e da reprodução do antagonismo nesses interesses sociais, reforçando as contradições que constituem o móvel básico da história, estabelecendo uma estratégia política para fortalecer as metas do capital ou do trabalho não o excluindo do contexto da prática profissional uma vez que as classes só existem inter-relacionadas, por essa razão é que existe a possibilidade de viabilização do profissional colocar-se no horizonte dos interesses das classes trabalhadoras.
 
Para tal, o Serviço Social se desenvolve como profissão reconhecida na divisão do trabalho no cenário do desenvolvimento industrial e da expansão urbana. No estado do Piauí afirma-se como profissão integrada ao setor público frente à ampliação do controle e da ação do Estado junto à sociedade civil. Com a indefinição do que é, e do que faz, abre-se ao Assistente Social a possibilidade de apresentar propostas de trabalho que ultrapassem a demanda institucional.
 
Porém, dentre as organizações institucionais que mediatizam o exercício profissional dos Assistentes Sociais, o Estado ocupa uma posição de destaques por ser tradicionalmente um dos maiores empregadores desse profissional no Brasil. Em suas origens, o Serviço Social no Piauí está intimamente vinculado a iniciativas de órgãos criados com o objetivo de prestar assistência a sociedade.     
 
O Serviço Social no Piauí apesar de ter tentado buscar a mudança, no ano de 1980 ainda encontra-se contido pela teoria funcionalista, passando a ser designado de instrumento a serviço do Estado para poder concretizar sua política social, a qual, também, é empregada pelo estado, para dissimular o pauperismo do contingente populacional e aprovar a ordem social vigente.

BIBLIOGRAFIA

ALENCAR, Aglair. Alguns Aspectos da História do Serviço Social no Brasil. In: Revista Serviço Social & Sociedade. São Paulo: Cortez Editora e Livraria, 1983.
 

Publicado em: 29 abril, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    biografia da vida de delma portela basilio Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quem foi delma portela basilio Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    mais sobre delma portela basilio da silva ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    queria saber o resumo da vida de delma portela basilio da silva domingo, 17 de outubro de 2010
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.