Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciências Sociais>Resumo de O QUE É PARTICIPAÇÃO

O QUE É PARTICIPAÇÃO

Resumo do Artigo   por:Juruti     Autor : Raimundo da Silva Santos Júnior
ª
 
O QUE É PARTICIPAÇÃO Resumo de Raimundo da Silva Santos Júnior (Juruti) sobre o Livro O que é Participação de Juan R. Dias Bordenave Esta análise crítica foi desenvolvida sobre o Livro O que é Participação, de Juan R. Dias Bordenave, que retrata sobre a urgente necessidade da participação ativa para a transformação da sociedade brasileira. O autor utilizando-se da etimologia, atenta para o fato de que a palavra participação vem da palavra parte e destaca que participação é fazer parte, tomar parte ou ter parte. Apresenta como exemplo que podemos fazer parte da população do Brasil sem, contudo, tomarmos parte nas decisões importantes, e que alguém pode fazer parte de nossa empresa, mas não ter parte alguma no negócio. Enfatiza que não há marginalidade, mas marginalização e que isso trás à tona uma nova atitude, não mais o de vítima do sistema, alimentado pelo paternalismo vigente e sim o de interventor ativo na construção de uma nova sociedade, o que é feito através de tomada de decisões e de atividades sociais em todos os níveis. Neste ponto consideramos importante analisarmos como o dicionário da Língua Portuguesa Luft conceitua participação. Participação: 1. fazer saber; informar; comunicar. 2. Tomar parte em; partilhar. 3. Associar-se pelo sentimento; compartilhar. A riqueza de nossa língua pode ser fonte de alienação e pobreza por aqueles que se valem da cultura do silêncio. No contexto brasileiro é comum atribuir à participação o conceito de fazer saber, informar, comunicar. Nossa democracia ainda é representativa e como tal, nossos representantes não têm nenhum interesse em que façamos parte das discussões políticas e tão pouco de que participemos de tais decisões e da distribuição dos recursos produzidos. Para eles, informar é igual a participar. Sentem-se legitimados pelo voto ou nomeação a fazer o que bem entendem e apenas informar a comunidade de forma autoritária a respeito das decisões tomadas.
Caminhamos a passos lentos em direção a participação ativa. Ainda estamos bem distantes da autogestão, principalmente se considerarmos que o meio base das transformações sociais é a educação, principalmente através da escola e da universidade, e que estas instituições pouco tem feito uso de sua função emancipadora. Não se pode efetivar o sonho de uma sociedade participativa, sem que saiamos de nossa zona de conforto, de seguridade funcional individual. O bem comum tem que ser assumido e isso ocorre apenas quando se toma parte em
, quando se partilha
algo. Esse partilhar
não se dá de maneira qualquer, é resultado de uma associação pelo sentimento,
de ver o outro utilizando os recursos produzidos, é um compartilhar
. Estes conceitos nos remetem para o verdadeiro objetivo da participação humanitária, a melhoria da qualidade de vida de todos. Todos participam na produção, todos participam no usufruto. Para que isso aconteça e saiamos do estado de marginalização, é necessária uma faxina na alma, uma mudança de paradigma, respeitar o direito dos outros. Estimular a participação para a transformação da realidade brasileira caracteriza-se uma responsabilidade social que deve ser assumida principalmente pelas escolas e universidades. Pois estas são sem dúvida as maiores formadoras de opinião. Se esperarmos que outras organizações assumam esse papel, podemos continuar no aguardo da realização desse sonho, no entanto, se assumirmos a postura que nos é devida, de formadores e condutores da sociedade, podemos participar coletivamente da construção de uma sociedade mais justa.
Publicado em: 02 abril, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    oque é participação? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é participação na area de mídia? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    formas legais de participaçao Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que e participaçao Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    O QUE È PARTICIPAÇÃO ATIVA E PASSIVA? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como e fazer parte alguma participação Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. ingrid da rosa

    o que significa participacao

    li, reli o livro e achei um escelente livro, pois atenta a comunidade de participar mais,o autor esta de parabens, agora estou sempre procurando ler os livros dele.

    2 Classificação quarta-feira, 9 de novembro de 2011
X

.