Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Medicina E Saúde>Otorrinolaringologia>Resumo de Anatomia - O Ouvido Humano

Anatomia - O Ouvido Humano

Resumo do Artigo Científico   por:CarlosRossi     Autores: Conhecer; ☻Mega Arquivo
ª
 
Anatomia - O Ouvido Humano
Vejamos a tabela a seguir:
Animal         Frequência Audível                           Animal            Frequência Audível
Elefante       20 hz a 10 khz                                Pássaro            100 hz a 15 khz
Gato            30 hz a 45 khz                                Cachorro          20 hz a 30 khz
Chipanzé      100 hz a 30 khz                             Homem            20 hz a 17 khz
Baleia          40 hz a 80 khz                                  Aranha             20 hz a 45 khz
Morcego      20 hz a 160 khz
  • Os delicados órgãos do ouvido interno humano estão posicionados abaixo do olho. O ouvido externo compõe-se de orelha, do conduto auditivo externo e do tímpano, uma fina membrana localizada no final do conduto auditivo. A partir daí, vêm o ouvido médio, uma cavidade cheia de ar, com cerca de 15 mm de altura e 5 mm de largura, onde ficam 3 ossos minúsculos, os menores dos corpo humano chamados ossículos do ouvido, um pequeno tubo flexível, a trompa de eustáquio, comunica o ouvido médio com a faringe. No ouvido interno estão os órgãos sensoriais da audição e do equilíbrio. Delicadas estruturas repletas de fluido, estão instaladas numa série de partes ocas do osso craniano. o chamado labirinto ósseo. Juntos são chamados de lebirintos membranosos, pois suas paredes são feitas de finas membranas. A cócle é um tubo espiral que lembra um caracol, com cerca de 2 3/4 voltas. Dentro dele estão detectados diversas variedades de sons que se transformam em impulsos nervosos.
    O nervo cloclear sai da clóclea indo até o cérebro e se junta ao nervo vestibular.
  • Som é uma forma de energia, como a luz ou o calor. mas diferentemente deles, viaja bem devagar. Ao nível do mar, viaja a 1220 km por hora. O som é uma vibração de moléculas. Quando é produzido faz com que minúsculas moléculas do ar ou de qualquer outro material vibrem ou balencem de um lado para outro, provocando uma reação em cadeia. Raramente o silêncio é absoluto. O fato de não ouvirmos nada, não significa que nenhum esteja sendo produzido, isso porque nossos ouvidos não captam alguns sons. O som mais baixo que percebemos mede mais ou menos 10 a 15 DB. O barulho de uma perfuratriz à distância de 1 m ou de um avião a jato mede 120 a 140 db. Sons acima de 90 prejudicam a audição e o risco aumenta conforme o tempo de exposição. É fácil entender a estrutura da clóclea se a imaginarmos desenrolada. Ela formaria então um tudo com cerca de 30 mm de comprimento e 3 mm de diâmetro na extremidade mais larga. Contém 3 compartimentos cheios de líquido. As ondas sonoras de frequência diferentes viajam a diferentes distâncias por ela e estabelecem padrões distintos de vibrações nas membranas do duto cloclear. Isso permite que o ouvido distinga entre notas e baixas.
Publicado em: 30 julho, 2010   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    perdi a audição por motivo de uma infeção e fiquei com o tipano perfurado, sinto muita dor de cabeça e zumbidos o que posso fazer para melhorar Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.