Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Medicina E Saúde>Cirurgia Ortopédica>Resumo de Imobilizações ortopédicas

Imobilizações ortopédicas

Resumo do Livro   por:wiew     Autor : Hebert Sizinio
ª
 
Imobilizações ortopédicas

Provisórias:

Confeccionadas com Gesso:

Tala gessadas
Gessos

Confeccionadas com outros materiais:
Enfaixamentos/Tipóias/Colares
Tala de alumínio
Órteses pré-fabricadas e sob medida

Confecção da imobilização gessada

Gessos:
5, 7, 10, 12, 15, 20 cm
Algodão:
Ortopédico
Branco – hidrófilo
Malha Tubular:
5, 7, 10, 15, 20, 40
Atadura de crepe:
5, 10, 12, 15, 20 cm
Esparadrapo/Micropore
Tesoura de Gesso

Confecção de Tala Gessada

Observar a pele e as condições de partes moles
Ter a mão:
malha tubular
algodão ortopédico/branco
gesso do tamanho de acordo com o local
atadura de crepe
esparadrapo/micropore/fita adesiva
Bacia com água
Após cobrir todo o segmento com excesso proximal e distal:
Medir a tala no local
Acrescentar o número de camadas de acordo com cada região (articulações) e paciente
Após a tala estar com o número de camadas completo:
Molhar o gesso na água, evitar:
Excesso/falta de umedecimento
retirada do gesso na água
Moldagem da tala sobre a região determinada
Estabilização com primeira camada de atadura crepe
Aguardar secagem
Acabamento

Imobilizar articulações - proximal e distal a uma lesão, principalmente fraturas
Posições de repouso das articulações:
Cotovelo e Tornozelo: 90º de flexão
Punho: 0 - 20º de extensão
MFs da mão: 50 – 70º de flexão
IFs da mão: em semiflexão
Joelho: 10 - 30º de flexão

Utilidade do algodão:

Acolchoar as saliências:
Articulações – Ossos
Evitar Escaras
Criar um espaço entre a pele e o gesso – rígido, permitindo edema sem compressão

"Pinça de confeiteiro":

Para Fraturas do Úmero:
Envolve todo o cotovelo bloqueando FE
Para 1/3 distal do antebraço:
Envolve todo o cotovelo bloqueando PS

Aparelhos gessados:

Mesmos princípios das talas gessadas
Tempo
Melhor estabilização das articulações e da fratura
Mais cuidados – acolchoamento
Acabamento - Princípio da escultura

Colar cervical:

Apoio na região mentoneana
Feltro ou papelão podem ser usados
Acolchoar adequadamente
Conforto ao paciente

Tala de alumínio:
Adequada para dedos
Lesões leves sem grande edema = contusões
Tomar cuidado com entorse Inter Falangica Proximal => botoeira
Não se adapta bem ao polegar

Publicado em: 22 julho, 2010   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    por favor queria saber as terminologia dos modelos de cada emobizações, não o popular ! Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.