Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Medicina E Saúde>Neurologia>Resumo de Tipos de memória

Tipos de memória

Resumo do Livro   por:wiew     Autor : Carol F
ª
 
Os tipos de memória podem ser divididos em categorias relacionadas ao seu conteúdo: Memória Declarativa ou Memória Explícita: (memória) utilizada para gravar fatos, acontecimentos históricos, datas comemorativas, números de telefone e etc. ou, a grosso modo, saber que um fato ocorreu. Requer participação consciente. Episódica: (memória) recordação pessoal (autobiográfica) e de eventos datados; Semântica: conhecimento do mundo externo; eventos atemporais. Memória Não-Declarativa ou Memória Implícita: (memória) para eventos e procedimentos ou habilidades cognitivas e motoras. Implica saber como ocorreu determinado fato. Não requer participação consciente. Os tipos de memória podem ainda ser divididos por tempo de duração: I. Memória Sensorial ou Ultra-rápida ou Imediata A informação armazenada tem duração medida em milissegundos (às vezes em segundos), é baseada em sensações e demonstra a capacidade de repetir algo recém dito, sendo completamente esquecido após curto tempo. Este tipo (de memória) evidencia uma maior capacidade humana de “VER” ao invés de lembrar. Pode também ser denominada de memória de eco (para a audição) ou icônica (para a visão), dependendo do estímulo sensorial envolvido. George Sperling, cientista que constatou a existência da primeira fase da memória, tenta explicar o efeito da memória sensorial no homem: “Quando estímulos compostos por um número de itens são mostrados a um observador, somente um número limitado de itens pode ser relatado. O fato de que o observador normalmente supõe que pode ver mais do que pode relatar sugere que a memória impõe um limite a um processo que é muito rico em informações”.
II. Memória de Curta Duração
A informação é retida de segundos a minutos e dura enquanto a pessoa é estimulada a continuar a pensar nela, além de ser limitada em capacidade. III. Memória de Longa Duração
A informação é mantida por um período de tempo significativo (dias, semanas, meses e até anos). Os neurônios, nessa categoria (de memória), sofrem transformações estruturais nas suas sinapses no processo de consolidação da informação. As reestruturações sinápticas mais importantes são: aumento do número de sítios de liberação de vesículas para a secreção de substância transmissora, aumento do número de vesículas secretoras por terminação sináptica, aumento do número de terminações pré-sinápticas e do comprimento dos dendritos dos neurônios e alteração da estrutura das espinhas dendríticas. As memórias por tempo de duração têm cada uma sua peculiaridade, mas segundo José Lino Bueno, professor da USP de Ribeirão Preto, "os sistemas de curto e longo prazo de memória estão ligados, transferindo informações continuamente de um para outro. Quando necessário, o conteúdo da memória de longo prazo é transferido para o armazenamento da memória de curto prazo. O sistema de curto prazo ou memória de trabalho recupera as memórias, tanto de curto quanto de longo prazo".
Publicado em: 10 junho, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    memória recente o que é? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é a memoria auto-bibliografica? Veja tudo
Etiquetas :
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.