Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Medicina E Saúde>História Da Medicina E Ciência>Resumo de OS CIRURGIÕES-BARBEIROS E OS MÉDICOS DA FAMÍLIA IMPERIAL DO BRASIL

OS CIRURGIÕES-BARBEIROS E OS MÉDICOS DA FAMÍLIA IMPERIAL DO BRASIL

Resumo do Livro   por:ELVIOARMANDOTUOTO     Autor : ELVIO ARMANDO TUOTO
ª
 
HISTÓRIA DA MEDICINA NO BRASIL == Autor: ELVIO ARMANDO TUOTO == A medicina européia foi introduzida no Brasil, na época do descobrimento, através dos físicos e dos cirurgiões-barbeiros. O físico era o médico clínico, também chamado de licenciado. O cirurgião-barbeiro, pelas leis vigentes, era habilitado apenas a praticar a cirurgia, considerada uma arte inferior, um ofício manual. Podia exercer a medicina clínica somente em localidades onde não haviam físicos. Nessa época, a grande maioria dos profissionais era constituída de cirurgiões-barbeiros. Os barbeiros e os boticários também atuavam na área de saúde. Os físicos possuíam diploma ou licença, obtidos em cursos em Coimbra ou Salamanca, e aqui ocupavam cargos de físicos de El-Rei ou da Coroa, do Senado, da Câmara e do Partido da tropa. Também atendiam à clínica privada. Em fins do século XVII e no século XVIII chegaram ao Brasil,os <doutores>, que eram físicos que haviam defendido tese ou conclusões magnas, e praticavam uma médicina de melhor qualidade. Eram graduados em Coimbra, Montpellier ou Edimburgo. Os médicos José Martins da Cruz Jobim, Cândido Borges Monteiro, Manuel de Valadão Pimentel, e Cláudio Velho da Mota Maia foram alguns dos médicos do Império que prestaram atendimento à família real brasileira. O Dr. José Martins da Cruz Jobim (1802-1878) foi conselheiro e senador do Império. Graduou-se em Medicina em Paris e ao retornar ao Brasil, tornou-se médico da família Imperial.
Considerado o precursor da Saúde Pública no Brasil. Defendeu melhores condições sanitárias nos hospitais psiquíátricos e nos presídios. O Dr.Cândido Borges Monteiro (1812-1872), Visconde de Itaúna, foi deputado, senador do Império, ministro da agricultura, presidente da província de São Paulo e um dos parteiros da imperatriz D. Tereza Cristina. Reconhecido internacionalmente em 1842, quando realizou a ligadura cirúrgica da aorta abdominal, num caso de aneurisma da artéria ilíaca externa. Foi a primeira cirurgia do gênero no Brasil e a quarta no mundo. O Dr. Manuel de Valadão Pimentel (1802-1882), Barão de Petrópolis, foi lente de Clínica Médica e diretor da Academia Médico-Cirúrgica do Rio de Janeiro. Médico das princesas imperiais. Considerado o verdadeiro fundador da Clínica Médica brasileira. O Dr. Cláudio Velho da Mota Maia (1843-1897), Conde de Mota Maia, foi professor de Medicina Operatória na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Médico e amigo pessoal de D. Pedro II, a quem acompanhou no exílio e assistiu-lhe à morte, em Paris. <http://medbiography.blogspot.com>
Publicado em: 05 abril, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    o que são cirurgiões-barbeiros Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    porque os cirugiões eram chamados de barbeiros Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    por que os cirurgiões eram chamados de barbeiros? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.