Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Medicina E Saúde>Resumo de Personalidade

Personalidade

Resumo do Livro   por:Linda_Scagnolato     Autor : Desconhecido
ª
 
Personalidade: palavra que no senso comum possui vários sentidos (pejorativa ou engrandecedora). Na vivência empresarial, a partir de intenso relacionamento interpessoal, é necessário conhecer características de personalidade para tratamento adequado com as pessoas, compreendendo com propriedade a caracterização e a dinâmica da personalidade. Etimologicamente: máscara grega=persona (soar através). Por sua origem a palavra personalidade está muito relacionada com a aparência externa da pessoa. Conceituação: Descreve e determina características próprias a cada um e que, sendo particulares distinguem as pessoas entre si. Personalidade é o conjunto de nossos modos de agir, especialmente para com as outras pessoas. Resulta das experiências e influências que recebemos durante toda a nossa vida. Fatores básicos da personalidade: constituição física, potencial intelectual, traços afetivos/emocionais, interesses pessoais e profissionais e o cabedal de experiências. Teóricos que tratam a questão da personalidade Sigmund Freud: dimensão do inconsciente Jacob Levy Moreno: Teoria Geral dos Papéis Skinner: Personalidade moldada por elementos de ordem ambiental Freud: mudou o centro de interesse da psicologia, trabalhando com o inconsciente (hipnose). Os acontecimentos na vida, às vezes esquecidos podem determinar o que se pode observar atualmente nas pessoas. Psicologia industrial não pode ignorar motivações inconscientes e fatos traumáticos da existência de cada um. Freud descobre a importância da infância na formação da personalidade (traumas que levam à fixação). Do nascimento até o 5º ano de vida e dos 5 anos 7 anos até o final da puberdade. Fases 0-3 meses Fase Oral, onde a não satisfação dá origem a fixação Fases 6-8 meses Fase Anal - A zona erógena localiza-se nas mucosas anais Fases de 15 a 18 meses Fase Genital - fase fálica: A diferença entre os sexos é percebida e a libido é liberta. Elementos do aparelho psíquico. 1º consciente: fatos ocorridos e que seriam considerados atuais Pré-consciente: esforço para lembrança. Inconsciente: maior porção da personalidade humana que guarda os fatos traumáticos, constituindo o esquecimento como defesa. Conteúdo do Aparelho Psíquico. Ego: maneira de agir na vida (relacionamento com meio-ambiente). Superego: conteúdos adquiridos na infância, instância repressora de desejos inconscientes. Id: rege-se pelo princípio do prazer: desejos sexualmente traumatizados são recalcados.
Em termos empresariais os comportamentos trazem inadequação ao trabalho, seguranças inexplicáveis e/ou medos desproporcionais. JACOB LEVY MORENO. Seu enfoque prende-se mais as características atuais e ao comportamento imediato. O que mais importa é o presente e não o passado. ESQUEMA DE PAPÉIS: O núcleo de nossa personalidade é formado pelo eu (formado por estruturas básicas e experiências vividas e incorporadas ao psiquismo) É o centro da personalidade e a ele cabe lançar no mundo comportamentos típicos a cada pessoa que são os PAPÉIS. Os diferentes núcleos de personalidade apresentam diferentes formas de serem apresentados. O núcleo da personalidade é protegido por uma membrana (limite do eu) e apresenta ações que exprimem defesas (acobertamento de verdadeiros sentimentos e motivações. Sua função é ocultar aquilo que realmente somos ou queremos (segurança). Entre pessoas amigas o limite tende a diminuir). Espontaneidade - etimologicamente Sponte significa vontade própria e não irresponsabilidade ou inconveniência. Em situação de auto-realização o indivíduo deve ser capaz de jogar por sua própria vontade com seus papéis e formar o maior número de vínculos possível. Quando o indivíduo conhece sua personalidade pode conscientemente ver os papéis que desempenha no meio ambiente. Consegue então lidar consigo mesmo, com os outros e com as situações que enfrenta. Moreno ao criar o psicodrama favorece que o paciente verbalize suas dificuldades e dramatize como se estivesse na realidade. As tensões são aliviadas baixando o limite de suas defesas vivenciando sem sofrer conseqüências das leis que regulam o contexto em que vive. Role Playng (jogo de papéis) cada um é levado a conhecer a medida exata pelo qual lança no contexto de trabalho papéis bem ou mal desenvolvidos e é ajudado a vivenciar o desenvolvimento daqueles que estão adequada ou insuficientemente desenvolvidos.
Publicado em: 17 outubro, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    É POSSIVEL MOLDAR UMA PERSSONALIDADE Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    as origens da personalidade Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Qual e a origem da personalidade Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Cite criticas das teorias de skinner freud e moreno Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual é a fase entre 6 e 12 anos? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.