Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Medicina E Saúde>Resumo de Soluções tampão e pH no organismo humano

Soluções tampão e pH no organismo humano

Resumo do Livro   por:wiew     Autor : Carolina F
ª
 
Existem três sistemas primários reguladores da concentração de íon hidrogênio nos líquidos corporais que evitam a acidose ou alcalose: · Os sistemas químicos de tampões ácido-base dos líquidos corporais: que imediatamente se combinam com ácido ou com base evitando alterações excessivas na concentração de íon hidrogênio; · O centro respiratório: que regula a remoção de CO2 (e, portanto, de H2CO3) do líquido extracelular;Os rins: que podem excretar urina ácida ou alcalina, reajustando assim a concentração de íon hidrogênio no líquido extracelular de volta ao normal durante a acidose ou a alcalose.
Um dos sistemas tampões mais importantes é o do sangue, que permite a manutenção das trocas gasosas e das proteínas. O pH do sangue é 7,4 e é mantido por um equilíbrio ácido-básico feito pelo ácido carbônico e o íon a ele associado, o bicarbonato e controlado precisamente porque uma insignificante mudança neste sistema poderia trazer graves conseqüências a muitos órgãos podendo até mesmo levar a morte. O organismo humano utiliza três mecanismos para controlar o equilíbrio ácido-básico do sangue. Primeiramente, o excesso de ácido é excretado pelos rins, principalmente sob a forma de amoníaco. Secundariamente, o corpo usa as soluções-tampão no sangue para amenizar as repentinas alterações da acidez.O mais importante tampão presente no sangue é o bicarbonato, composto básico, que está em constante equilíbrio com o anidrido carbônico, composto ácido. Terciariamente, está a excreção do anidrido carbônico que é um subproduto importante do metabolismo do oxigênio e por isso é constantemente produzido pelas células e transportado pelo sangue até os pulmões onde será exalado. Os centros de controle respiratório no cérebro regulam o volume de anidrido carbônico que é exalado por meio do controle da velocidade e da profundidade da respiração. Quando a respiração aumenta, a taxa do anidrido carbônico do sangue diminui o que o torna mais alcalino. Quando a respiração diminui, a taxa do anidrido carbônico aumenta e o sangue torna-se mais ácido. Através da modificação da velocidade e da profundidade da respiração, os centros de controle respiratório e os pulmões são capazes de regular o pH do sangue o tempo inteiro. Uma anomalia em qualquer um destes mecanismos de controle do pH pode provocar duas importantes alterações no equilíbrio ácido-básico: a acidose e a alcalose. A acidose caracteriza-se pela diminuição do pH e pode ser respiratória ou metabólica. A acidose respiratória (ou hipercapnia arterial) é a excessiva acidez do sangue causada por uma acumulação de anidrido carbônico no sangue devido a um fraco funcionamento pulmonar ou de uma respiração lenta, hipoventilação pulmonar.A acidose metabólica é uma acidez excessiva do sangue caracterizada por uma concentração anormalmente baixa de bicarbonato no sangue. A alcalose caracteriza-se por um aumento do pH e pode ser, assim como a acidose, respiratória ou metabólica. A alcalose respiratória é uma situação em que o sangue é alcalino devido à respiração rápida ou profunda, hiperventilação, o que provoca uma eliminação excessiva de anidrido carbônico do sangue e tem como resultado uma baixa concentração de anidrido carbônico no sangue. A alcalose metabólica é uma situação em que o sangue é alcalino porque apresenta concentrações excessivamente elevadas de bicarbonato. Causas principais de acidose e alcalose metabólicas Acidose metabólica Insuficiência renal.
Acidose tubular renal (um tipo de malformação renal).
Cetoacidose diabética.
Acidose láctica (acumulação de ácido láctico).
Substâncias tóxicas como etilenoglicol, salicilato (em dose excessiva), metanol, paraldeído, acetazolamida ou cloreto de amónio.
Perda de bases, como o bicarbonato, através do tracto gastrointestinal, causada por diarreia, íleostomia ou uma colostomia. Alcalose metabólica Uso de diuréticos (tiazidas, furosemida, ácido etacrínico).
Perda de ácido causada por vómitos ou aspiração do conteúdo do estômago.
Glândulas supra-renais hiperactivas (síndroma de Cushing ou utilização de corticosteróide).
Publicado em: 08 junho, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    Me de exemplo do sistema tampão da amônia e explique, obrigadao meu i-mail é marilenethomazzoni@gmail.com Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    porque o Tampão bicarbonato e o mais importante? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    porque o PH menor que 6.85 e maior que 7.95 causa a morte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual a funcao no organismo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Porque isso é tão chato? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Porque certamente você não compreende o conteúdo e o mesmo torna-se desprezível.É por essas e outras que agente tem que fazer aquilo que gosta,assim o conteúdo nunca vai ser chato. quarta-feira, 13 de março de 2013
  1. Responda   Pergunta  :    os íons de bicarbonato presentes no sangue fazem do sangue uma solução tampão. Qual a importância desse fato para a atuação das enzimas? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Deveria dar Todos os acidos e explicar mais? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Qual a referencia deste resumo? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Sobre diabetes oque pode ocorrer?E uma acidose ou alcalose?Comente. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como age o centro respiratório quando há excesso de CO2 e íons Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.