Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Estilo De Vida>Hobbies>Resumo de Meu Histórico Mitológico

Meu Histórico Mitológico

Resumo do Artigo   por:Diotimia     Autor : Ana Carolina Paiva dos Santos
ª
 
Para quem acha esquisito esse gosto por coisas antigas,saibam que ele nasceu quando eu ainda era um cotoco de gente[eu continuo sendo um cotoco de gente,aliás],na infância.Uma criança pode encontrar um universo prazeroso nos livros e ainda adquirir cultura se valendo de publicações que muitas vezes são subestimadas pelos adultos.

Lembro-me da mãe reclamando da fixação de seu filho por Pokemón,que não pegava um livro de verdade para ler.Aff! Olha a idade do menino! Como ele se interessaria por Machado de Assis sem entendê-lo?E ela dificulta as coisas porque não dá o exemplo!Mal sabe ela que com seus 6 anos de idade o menino já era fluente não só em leitura,como em dados culturais de outros países e até em Biologia,tudo graças ao Pokémon.Fui criada em um lar onde não via meus pais lendo um livro,mas mesmo assim eles me estimulavam mentalmente me oferecendo livros variados em conjunto com as minhas tias,professoras,as duas,que me inspiraram completamente em gosto e profissão.

Eu sempre gostei de ler tudo o que estivesse relacionado à Mitologia.Em tenra idade,comecei pelo óbvio,que era a Mitologia Grega,com seus deuses tão cheios de manias humanas e seus animais fantásticos,como o cavalo alado Pégaso.

Acreditam vocês que esse contato inicial deu-se através de uma edição especial do gibi da “Turma da Mônica”?

Era da minha tia Luíza,uma fanática colecionadora de gibis infantis.

+Nesse gibi luxuoso, Mônica era a filha de Hércules e teve que passar pelas mesmas provas que o pai,porém incrementando suas tarefas com o seu jeitinho de enfrentar os problemas além de contar com sua grande força física.Sensacional.Havia um pequeno espaço expondo o perfil de cada um dos principais deuses do panteão olimpiano e é claro que eu me simpatizei com Athena e Árthemis.

Faz tanto tempo isso,que nem me lembro mais que idade eu tinha! Logo depois eu comecei a ler toda a coleção do Monteiro Lobato,então logicamente entraram as aventuras de Hércules na visão do autor,eu devia ter uns 10 anos,acho.

Minha tia Ana,por sua vez,possuía um pequeno livro,de capa branca,contendo as principais lendas e personagens da mitologia grega.Ah,mas se tem uma coisa que eu posso dizer é que esse livro era sinistro!
Minha tia dizia que eu não podia ficar lendo aquilo porque não era para a minha idade,realmente era uma linguagem tenebrosa,mas como poderia eu me refrear ante o fascínio que me exerciam aquelas estórias de velhas repartindo um único olho entre si,metamorfoses variadas e até mesmo pais saboreando seus próprios filhos no banquete ?Bizarro,né?

Que eu me lembre,nessa época,eu assistia aos “Cavaleiros do Zodíaco” e estava empolgada pesquisando a Mitologia para saber se procediam todas aquelas referências.

O engraçado,é que,haviam peças que não se encaixavam no que eu aprendera,o que para mim,era algo inusitado!

“Será que o autor errara ou até mesmo inventara aqueles dados adicionais?”- pensei eu- Tinha por volta de 12 ou 13 anos e ainda faltava muito para as minhas idéias se refinarem por conta própria,o que quer dizer que eu era muito imatura,era uma fruta verde no pé,uma lagarta no casulo,uma avezinha implume e cotó!

Na casa dos 20,já com o meu primeiro filhote à tiracolo,descobri com muita emoção que os “Cavaleiros do Zodíaco” não haviam se extinguido juntamente com a Rede Manchete!

“A Saga de Hades” e o “Prólogo do Céu” ali estavam a me convidar!

Obtive a honra de cursar a faculdade de Letras,mais especificamente,Língua Portuguesa e Literatura.Minha percepção deu um salto de qualidade.Eu simplesmente amo Literatura e Filosofia! E ambas eram uma constante durante o curso!

Não é preciso questionar o fato de que a Mitologia é aproveitada em sua totalidade nessa área de conhecimento! Só para citar,além da Filosofia e da Psicologia,retiram o seu naco também a Sociologia e a Literatura em suas várias especializações. De todas as disciplinas me afinei mais com Teoria da Literatura.

Por necessidade da crescente demanda que a faculdade me impunha ,e dificuldades de dar conta de tudo apenas na modalidade manuscrita,tive que me aventurar pelo mundo cibernético com o qual eu nunca tinha tido contato,por imposição tirânica de meus pais.

Eu vivia esgotada. Mas é assim que me sinto satisfeita,me extenuando com algo que seja de minha predileção,em detrimento daquilo que eu não suporto mas que sou obrigada a fazer. Tenho problemas quanto a dominação,não gosto nem um pouquinho dessa atitude!

Na internet,depois de um treino em comunidades de assuntos variados-inclusive Cavaleiros do Zodíaco!-comecei a dar vazão ao meu ímpeto criativo.

Posso concluir que levarei esse amor à Mitologia ao túmulo,assim como o fizeram os grandes estudiosos.Continuarei me aprofundando cada vez mais,descobrindo novos panteões,tirando novas conclusões poque a vida é movimento!Por falar em estudiosos,o valoroso Zecharia Sitchin morreu em outubro do ano passado,que pena gente,eu era fã desse velhinho!

+Esse é o meu histórico,e o de sua criança,qual é? Qual a leitura preferida dela,neste momento?
Publicado em: 18 maio, 2011   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.