Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Direito E Política>Direito Constitucional>Resumo de Noções de Direito Constitucional

Noções de Direito Constitucional

Resumo do Livro   por:joaoadmfinanceira     Autor : joaoadmfinanceira
ª
 
DIREITO CONSTITUCIONAL - É o ramo do direito público interno que estuda a constituição (Lei Maior, Carta Magna) que trata da organização do Estado. O Estado é dotado dos seguintes elementos: povo (elemento humano do Estado); território (espaço onde o Estado exerce sua soberania); Soberania ( poder de ordem absoluta exercida pelo Estado sobre as pessoas que residem em seu território); finalidade (significa a busca do bem comum por parte do governo soberano). No Brasil temos: - Como forma de Estado – Federação (união de dois ou mais Estados para a formação novo em que as unidades conservem autonomia política, enquanto a soberania é transferida para o Estado Federal). - Como forma de Governo – República (eletividade, temporariedade e responsabilidade do chefe de Estado). - Como sistema de Governo – Presidencialismo. - Como regime político – Democracia (o poder emana do povo) semi-direta (é a democracia representativa com alguns instrumentos da democracia direta). CLASSIFICAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA ATUAL - - Quanto a origem – promulgada, popular, democrática ou votada. Existe também a constituição outorgada típica de regimes não-democráticos. - Quanto à forma – escrita (as regras estão em um único texto). Existe também a costumeira ou não-escrita (não está em um único texto. Ex: Constituição da Inglaterra). - Quanto ao conteúdo – formal (só é considerado constituição o que fizer parte do texto solene). Existe também a constituição material. Ex: Constituição inglesa. - Quanto à extensão – analítica ou prolixa (possui muitos artigos, 250 artigos). Existe também a sintética ou concisa (possui poucos artigos, ex: constituição americana, 34 artigos). - Quanto ao modelo de elaboração – dogmática (fruto daquele momento histórico). Existe também a histórica (feita ao longo de toda a história, ex: constituição inglesa). - Quanto ao processo de alteração – rígida (art.60). Existe também as: flexível, semi-flexível (ou semi-rígida) e imutável. - Quanto ao critério ideológico – eclética (permite o pluralismo ideológico). Existe também a ortodoxa ou simples (constituição influenciada por uma só ideologia). Fundamentos da República Federativa do Brasil - Soberania (um dos elementos do Estado); cidadania (abrange a titularidade de direitos políticos e civis); dignidade da pessoa humana (absoluto respeito aos direitos fundamentais de todo ser humano, devendo ser assegurado a todos condições dignas de sobrevivência); valores sociais do trabalho e da livre iniciativa (revelam a intenção da CF de estabelecer uma harmonia entre capital e trabalho, fundamentos do modo de produção vigente que é o capitalismo); pluralismo político (respeito à livre formação de correntes políticas no país).(art.1) Independência e Harmonia entre os poderes da União (Legislativo, Executivo e Judiciário), sendo assim, não existe hierarquia entre eles.(art.2) Objetivos Fundamentais da República Federativa Do Brasil: - construir uma sociedade livre, justa e solidária; - garantir o desenvolvimento nacional; - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais (parte da premissa que o Brasil é subdesenvolvido); - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outra formas de discriminação.
(principio da igualdade) Direitos Individuais e Coletivos - Direito a vida, a liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade.(art.5) Direitos Sociais - Direito a educação, a saúde, ao trabalho, a moradia, ao lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados.(art.6). Princípios Constitucionais da Administração Pública - Principio da Legalidade (só pode fazer algo se estiver expresso na lei). - Principio da Impessoalidade (deve beneficiar a todos). - P. da Moralidade (ética, bom senso, honestidade). - P. da Publicidade (não permite atos sigilosos). - P. da Eficiência (agilidade). Remédios Constitucionais - Habeas Corpus (ação para tutelar a liberdade de locomoção). - Habeas Data (ação para tutelar o direito de informação e de intimidade, assegurando-lhes o conhecimento de informações relativas a sua pessoa constantes de banco de dados públicos ou aberto ao público, assim como o direito de retificação desses dados, acaso equivocados). - Mandado de Segurança Individual (ação para a tutela de direito líquido e certo do Impetrante quando desrespeitado [MS repressivo], ou na ameaça de sê-lo [MS preventivo], por ilegalidade ou abuso de direito por parte de autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público. Deve ser impetrado sempre que não for cabível a habeas corpus ou o habeas data, ou seja, quando não se referir ao direito de locomoção, nem de informação/intimidade). - Mandado de Segurança Coletivo (enquanto o MS individual tutela direitos individuais, o MS coletivo tutela os direitos coletivos). - Direito de Petição (direito de peticionar, se dirigir à Administração Pública, formulando-lhe pedidos e denunciando a eventual prática de atos ilegais cometidos por agentes do Estado). - Direito à Certidão (direito do cidadão de obter certidão do Poder Público para comprovar fatos). - Mandado de Injunção (visa tutelar aos direitos relativos a nacionalidade, soberania e cidadania que não possam ser exercidos em razão da falta de norma regulamentadora). - Ação Popular (ação constitucional posta a disposição dos cidadãos para a tutela do patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe, da moralidade administrativa, do meio ambiente e do patrimônio histórico e cultural, mediante anulação do ato lesivo). - Ação Civil Pública (ação para a tutela dos interesses difusos e coletivos, a exemplo do patrimônio público e social, do meio ambiente, direitos do consumidor, direitos da criança e do adolescente, das pessoas portadoras de deficiência física, dentre outros).
Publicado em: 09 abril, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    por que esse texti nao tem quantos artigos inglez tem Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    noções de direito condtitucional Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual a diferena entre habeas corpos e habeas data ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    direito de tutelar a informação e direito a informação e intimidade domingo, 23 de dezembro de 2012
  1. Responda  :    direito de tutelar a informação e direito a informação e intimidade terça-feira, 30 de outubro de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    Ações de Constitucionalidades Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é açao constitucional Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que noçoes de constituição federal, e titulo 4 e capitulo 1 Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    serve para medico previdenciario? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que tenho de saber em "DIREITO" para ir bem em concurso. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual os detalhes mais importante para concurso Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    ordem soacial Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 3. thiago

    estudo

    bom demais

    1 Classificação quarta-feira, 15 de junho de 2011
  2. 2. luizgodoy

    Direito Constitucional

    Bastante esclarecedor Marcelo.Você tem algo a respeito do Direito Internacional Público?

    8 Classificação domingo, 20 de julho de 2008
  3. 1. Marcelo

    Contribuição

    Realmente, este resumo é muito bom para quem não tem nenhuma noção de direito constitucional.

    12 Classificação domingo, 13 de abril de 2008
X

.