Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Direito E Política>Resumo de capitalismo xsocialismo

capitalismo xsocialismo

Resumo do Artigo   por:sandrapiccoli     Autor : sandra piccoli
ª
 
O Capitalismo é definido como um sistema econômico baseado na propriedade privada dos meios de produção, na detenção do capital a uma minoria burguesa, ricos, classe média na exploração do opressor, ( do patrão) sobre o oprimido, o( empregado) que no caso são os trabalhadores .
O Socialismo é um sistema político onde todos os meios de produção e a centralização do poder pertencem ao estado, onde não existe a propriedade privada, ao contrário do capitalismo é o estado que administra. é igualitário, onde teríamos justiça social. E nenhum ser humano ou classe social estaria acima de outro
O QUE É MEIO DE PRODUÇÃO

Os recursos naturais são alguns dos meios de produção.
Podemos definir meios de produção ou também modos de produção, como o conjunto formado pelos "meios de trabalho" e pelos "objetos de trabalho", além da maneira como a sociedade se organiza economicamente.
Os meios de trabalho incluem os "instrumentos de produção" (máquinas, ferramentas), as instalações (edifícios, armazéns, silos etc), as fontes de energia utilizadas na produção (elétrica, hidráulica, nuclear, eólica etc.) e os meios de transporte.

SÃO dois modelos, o primeiro concentram o dinheiro e o poder, (o chamado capitalismo) fica para poucos os ricos, que não querem dividir nada, no Socialismo em poder do Estado, sendo que nesse sistema, a concentração é um processo de transiçãoNo Brasil como em qualquer outro país, tem a sua próprias características ideológicas e culturais, que nada mais é que uma construção histórica e política idéia de nação e nacionalidade, bem como estas características consideradas comuns e enraizadas em determinada cultura, como fazendo “parte de nós”.Aqui no Brasil a idéia de levar vantagem do jeitinho já faz parte do nosso cotidiano. Cada dia mais o brasileiro fica menos solidário e oportunista e tem como exemplo o próprio governo políticos dos dirigentes do Brasil que dão o exemplo maior, da falha ético moral .Os governantes o Estado que tem como papel de organizar a sociedade pois, ele é a estrutura , responsável pela distribuição do dinheiro arrecadado impostos em beneficio da sociedade também como agente gerador do bem estar social não funciona a muito tempo, vivemos num sistema capitalista onde o trabalhador é facilmente descartável.
Coisas como corrupção, discriminação social e racial, exploração, violência, miséria, já fazem parte de nossa identidade nacional. Como por exemplo, ver um mendigo dormindo na rua ao relento, uma criança pedindo dinheiro no farol ou um escândalo de corrupção por parte dos políticos se tornaram corriqueiras, banais e não nos causa estranheza. De quem é a culpa das pessoas das nossas origens do nosso modelo econômico, dos políticos.
As conseqüências do capitalismo a grande concentração de renda na mão de poucos, tendências das pessoas ao individualismo.O fato é que fazemos parte de um sistema estruturado, um modelo feito para nós, que ao invés de políticas de encontro ao interesse do povo, de umas atuações diretas modificadora, igualitárias e justas, temos políticas assistencialistas, que só fazem aumentar a pobreza e a desigualdade social.
O socialismo uma ótima opção, mas atualmente, não seria possível, sem antes uma conscientização de massa, e um intenso trabalho de base.
Qualquer que seja o sistema político econômico, ainda assim teremos problema é que ele é composto por pessoas, com seus próprios interesses e ideais, seja pessoal ou coletivo E todo modelo econômico assume seu poder e seu controle. Tendo os que concordam e os que discordam, por tanto, passível de crítica e divergências, mas o fato é que lidam com pessoas.
A solução, para uma mudança começa numa atuação das pessoas , uma atuação direta ou indireta: na reivindicação dos próprios direitos, na solidariedade e acima de tudo na compreensão das questões políticas e sociais, pois um fato verdadeiro e brasileiro é que existe uma parcela muito significativa da população ques
Publicado em: 03 fevereiro, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.