Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Internet E Tecnologia>Crítica de CORÉIA DO NORTE: PAÍS DA FOME E DO TERROR

CORÉIA DO NORTE: PAÍS DA FOME E DO TERROR

Crítica do Web site   por:Diamar    
ª
 
CORÉIA DO NORTE: PAÍS DA FOME E DO TERRORA Coréia do Norte, um país de regime comunista fechado, submete parte de sua população aa fome, ao terror e ao subdesenvolvimento.Desde 1995 o país vem sendo palco de períodos de fome, os quais provavelmente causaram a morte de centenas de milhares de pessoas e obrigaram os que conseguiram sobreviver a alimentar-se de folhas e com o córtex de árvores.A fome pode ser explicada pelas catástrofes climáticas que afetam o país, mas segundo analistas, A Coréia do Norte sofre de carências alimentares pois tem uma agricultura coletivista e uma má distribuição alimentar.Pyongyang , capital do país, é onde vive confortavelmente a elite do regime comunista. Nas outras regiões a população sofre com as carências alimentares e com a desnutrição.Segundo o Programa Alimentar Mundial (PAM), mais de um terço das crianças da Coréia do Norte são desnutridas.Segundo o balanço efetuado pela ONU e divulgado pelos Estados Unidos, o regime comunista da Coréia do Norte continua cometendo graves violações dos direitos humanos. Entre essas violações encontram-se as execuções extrajudiciais, os desaparecimentos e prisões arbitrárias, a tortura, os abortos e infanticídios provocados na prisão. Há ainda ausência de liberdade de expressão e de religião, e o governo tenta sempre controlar as informações.
A península coreana foi divida em duas partes pelo paralelo 38, e ambas, Coréia do Norte e Coréia do Sul, proclamaram sua independência no ano de 1948, antes da Guerra da Coréia que deixou cerca de 3 milhões de mortos em ambos os lados, entre os anos de 1950 a 1953.Dirigida com mão de ferro por seu fundador Kim ll-Sung até sua morte em 1994, teve o controle do partido comunista no poder tomado pelo filho do dirigente morto, Kim Jong ll, o qual está enfrentando graves dificuldades econômicas.O país que tem o 4. exército do mundo, vem tendo seu orçamento reduzido desde 1997, depois da queda dos regimes comunistas do leste europeu.Há um ano atrás, em Outubro de 2005, a Coréia do Norte retrocedeu na leve abertura de sua economia para o mercado, e proibiu as vendas privadas das colheitas e anunciou o retorno ao racionamento alimentar.Neste sábado, 14 de outubro, o país foi objeto de sanções por parte do Conselho de Segurança da Onu; porém se a ajuda internacional dada ao país não for mantida, provavelmente a fome voltará no próximo inverno.
Publicado em: 14 outubro, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    um resumo sebre a correia do norte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como esta a coreia nos dias de hoje ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    A Coréia do Norte ainda está muito abaixo dos indíces de econômicos, instriais e governamentais da Coréia do Sul. Embora, já se tenham passado bastante tempo depois da divisão entre as duas Coréias, o Norte ainda é pobre, sem altos indices de crescimento em campo algum. quinta-feira, 26 de abril de 2012
Comentário Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.