Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Estudos De Religião>Resumo de Vejam AONDE OS SEUS CAMINHOS OS LEVARAM

Vejam AONDE OS SEUS CAMINHOS OS LEVARAM

Resumo do Artigo   por:jpnascimento    
ª
 

VEJAM AONDE OS SEUS CAMINHOS OS LEVARAM


A nação Israelita estava mergulhada na idolatria e ainda perguntavam: “Em que pecamos?”. Alguns líderes até mesmo diziam que Deus não existia ou mesmo não tinha interesse em ajudá-los.

Sabemos que isso não é verdade. Deus sempre esteve com o ser humano, no meio do seu povo fez maravilhas. Eles é que perderam o interesse pelas coisas de Deus, fazendo pacto com pessoas perversas e povos que tem costumes abomináveis. Pressionados pelo governo, adoraram ídolos, achando que não tinha outra saída. Esqueceram-se das promessas de Deus em I REIS 9:4-9 “então confirmarei o trono de teu reino sobre Israel para sempre...”. Isto aconteceria se eles nunca adorassem outros deuses.

Na bíblia é relatado que Deus tinha um tempo determinado para o cativeiro de Babilônia, e após este tempo o povo voltaria a Jerusalém. E Israel receberia outra oportunidade como nação santa.

Leia este relato:


Depois de setenta anos, como predito, o Senhor começou a trazer os exilados à terra prometida. Israel devia receber outra oportunidade de cumprir seu destino profético.

O templo, o santuário, o lugar em que todo o plano da salvação era ensinado através de tipos e símbolos, certamente estava no centro dessa obra. Ali eram prefiguradas a obra e a missão do Messias, o qual poderia salvar o mundo (João 3:16; IICor 5:19; Hb 8:1,2).

No entanto a obra de reconstrução do templo não foi tão tranqüila nem tão rápida como devia ter sido. Forças internas e externas se colocaram no caminho, e a obra foi atrasada. Não era assim, que o Senhor queria que acontecesse, por isso, Ele falou através do Profeta Ageu, para que o povo soubesse do Seu desagrado. (Lição da Escola Sabatina, ADORAÇÃO, décima lição; 3º Trimestre de 2011)

Leia no livro de Ageu o capítulo 1 e analise, até onde foi o povo com os seus pecados. Perceba que é fácil permitir que trabalhos, desejos e mesmo necessidade materiais tome conta de nossa verdadeira adoração a Deus e mesmo embota nossa mente de refletir nas coisas Espirituais. O povo judeu foi tão longe em seus desígnios, que esqueceu de fazer a obra que o Senhor lhe havia confiado, que era ser um reino de sacerdotes para o mundo. Deles deveriam flui as mais ternas verdades, vertendo de Deus para o mundo. Perderam o foco principal: “DEUS”. E andaram por caminhos que lhe levaram a destruição.

Os homens fizeram pacto com a usura e perderam o reflexo do criador, adorando a criatura. Por isso Deus deixou o homem ao seu próprio mal. A esperança de Deus era ver mudanças através da provação, mas tudo foi dissipado como um sopro. Veio, a fome, a seca e a guerra, sobre todos os moradores da terra.

Estivesse o amor de Cristo ardendo no coração dos que professam ser seu povo, e veríamos hoje, a manifestação do espírito de Deus. Se a Humanidade reconhecesse quão perto está o fim de todo o trabalho em prol da salvação de almas, sacrificariam suas posses com a mesma prontidão com que o fizeram os membros da Igreja primitiva. Trabalhariam para o avanço da causa de Deus com o mesmo fervor com que os mundanos trabalham para adquirir riquezas. Exercer-se-iam tato e habilidade, bem como se faria trabalho ativo e altruísta para adquirir meios, não para acumular, mas para verter no tesouro do Senhor. – Historical Sketches of the Foreign Missions of the Seventh-day Adventists, págs. 291-293.

Gastar tempo na obra de Deus, é como se emprestasse ao pobre, pois a Bíblia informa que, aquele que empresta ao pobre, empresta a Deus e se livra de grandes privações. A beneficência não é comum a todos, pois se fosse, o evangelho já teria sido levado a todo o mundo. Deus precisa de obreiros para terminar esta obra e pessoas que disponha de recursos financeiros a fim de resgatar as almas que precisam de auxílio e se convençam que estão em pecado. Quando vemos as crianças nas ruas usando craque e outras drogas, Adolescentes na prostituição, os desastres naturais mais visíveis, pais estrupando suas próprias filhas e filhos; filhos matando seus pais e e suas mães; Mães que desprezam seus filhos em qualquer lugar; estamos vivenciando a miséria que o pecado faz a humanidade. Porque não retroceder, e olhar para o alto e ver que existe um Deus de Amor, que se importa por nós. Talvez o Senhor esteja nos dizendo, através dos eventos que vemos devastando o mundo: “Vejam aonde os seus caminhos os levaram” (Ageu 1:7).

Publicado em: 02 setembro, 2011   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.