Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Estudos De Religião>Resumo de Marketing Religioso nas Religiões Evangélicas... Como Funciona?

Marketing Religioso nas Religiões Evangélicas... Como Funciona?

Resumo do Artigo   por:ivosgreis     Autor : Ivo S. G. Reis
ª
 
Marketing religioso nas religiões evangélicas... Como funciona?
Não resta mais dúvida: as religiões evangélicas estão utilizando cada vez mais o "marketing religioso" para atrair adeptos e estão aumentando, com isso, o seu número de seguidores, chegando ao cúmulo de se aproximar dos católicos em alguns países de tradição sabidamente orientada para o catolicismo. Esse crescimento se verifica principalmente nos países laicos, onde os evangélicos estão entrando com grande força de penetração.

Como se dá o proselitismo? O fenômeno está relacionado ao marketing religioso, hoje presente em todas as mídias e até na internet, e à vultosa soma que as religiões evangélicas investem em publicidade, adquirindo jornais, revistas, rádios, horários cativos em empresas de radiodifusão e canais de televisão, chegando a ter participação societária em algumas redes de TV, como a Record. As chamadas são constantes e feitas em diversos intervalos diários regulares e as "sessões ou cultos" também se dão em vários horários, umas três ou quatro vezes ao dia. Mas não é só isso: seus pastores recebem bem elaborados cursos de treinamentos, onde aprendem o evangelho, impostação de voz, técnicas de oratória e de convencimento de massas. Aliado a isso -e nesse sentido a propaganda ajuda -, aprendem a explorar e propor a cura ou salvação pelo "Senhor" (Cristo) para as principais misérias humanas, como as drogas, vícios de bebidas e de jogo, doenças, possessão demoníaca, desemprego, desagregação familiar, dívidas, depressão, tendências suicidas, submissão a feitiços, etc. , problemas estes pesquisados e sabidamente existentes em qualquer agregado social. Quem já não viveu ou presenciou pelo menos um deles?
O marketing religioso concorrencial é praticado principalmente pelos evangélicos neopentecostais , ramo ao qual pertencem, dentre outras, a Igreja Universal do Reino de Deus (fundada por Edir Macedo em 1977 e hoje já presente em mais de 115 países, segundo a Enciclopédia Digital Wikipédia), a Igreja Internacional da Graça de Deus ( RR Soares, 1980) a Igreja Mundial do Poder de Deus, a Renascer em Cristo e a Igreja Mundial do Reino de Deus, quase todas orginadas como dissidências da IURD. Segundo estimativas dos próprios evangélicos, eles já seriam, em 2008, cerca de 48 milhões de fiéis.

As técnicas de convencimento e "aprisionamento": As técnicas de convencimento são teatralizadas nas sessões e nos cultos, posteriormente transmitidos pela TV. Nelas, são exibidas curas milagrosas pelo "Senhor",cenas de desobsessão demoníaca, de volta à paz e felicidade no lar e no trabalho e relatadas histórias de sucesso pelas pessoas pretensamente curadas ou "salvas", que só conseguiram isso após procurar uma igreja evangélica, como último recurso. Todas as histórias são bastante parecidas, mas o povo não se cansa de ouvi-las e de se encher de esperança. Se têm outra religião, abandonam-na e passam a seguir os evangélicos. Assim se dá o proselitismo e assim aumenta o número de seguidores que, posteriormente, ficam escravizados pela religião e se tornam fanáticos religiosos, atacando e discordando de todos que ousem pensar diferente deles e até processando os que lhes criticam.

Lavagem cerebral e cativeiro religioso é crime?
Infelizmente, à luz do Direito e da Constituição, isso ainda não é crime. Mas como proteger do cativeiro religioso essas pessoas ingênuas, em sua maioria, de baixíssimo grau de instrução, fácil de serem convencidas, sofridas, crédulas, esperançosas e ávidas por salvação? Vão deixá-las até quando na mão dos hábeis evangélicos, que ainda as exploram com cobrança de dízimos, tirando o pouco que têm?

Pagar por falsas esperanças? Alguém tem de pensar nisso e reescrever a lei!
Publicado em: 27 agosto, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    eu sou religioso,mas não evangélico, entretanto admiro o trabalho deles junto ao povão. Quem e como vc acha que pode ajudá-lo, dentro da "massificação consumista" a que está submetido? A rede Globo? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quanto seguidores tem o evangelismo? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é religião evangelica ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    a religião evangélica é mais uma das muitas falsas religiões pagãs que estão no mundo.Essa palavra "Evangélicos" foi inventada por homens,se vc procurar em toda a bíblia original não existe essa palavra evangélico,o verdadeiro povo de Deus da primeira igreja primitiva não se chamavam entre sí de evangélicos, mas de IRMÃOS OU CRISTÃOS (Foi dado pelo próprio Senhor Jesus Cristo e o Espirito Santo).Os "Líderes das falsas religiões só ensinam aquilo que convém á eles mesmos(doutrinas de homens) terça-feira, 30 de outubro de 2012
  1. Responda  :    Segmento religioso o qual prega salvação e perdão dos pecados orientados segundo os evangelhos bíblicos. segunda-feira, 13 de agosto de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    A inversão de valores no mundo moderno é tanta que, buscar a salvação em Cristo Jesus se tornou errado. O mundo precisa de conversão e valores saudáveis. MARKETING PARA IGREJAS, JÁ! Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Me desculpe, eu tenho certesa que tem inveja do RR SOARES, EDIR MACEDO e outro porque aparecem mais do que voçe na midia ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    Sr Ivo, autor desta matéria, voce generaliza demais. Nem todos os pastores exploram a fé. Jesus disse que os escandalos seriam inevitaveis. Agradeca a Deus por cada pessoa que se converte. pois, certamente será um a menos que um dia poderia estrupar sua filha, assasinar seu filho, ou te sequestrar. Seja mais prudente e mais sábio. domingo, 20 de março de 2011
  1. Responda  :    Primeiramente, não dependo de mídia e nem dependo dela para sobreviver. sou apenas um cidadão que pesquisa esse assunto e mantém uma rede social destinada a desmistificar e combater os malefícios das religiões, sem deixar de ressaltar as poucas e honrosas exceções e as poucas boas obras e ações sociais das igrejas de qualquer denominação. quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    Adorei as perguntas! feita para este que esta falando mau dos evangelico, são inumeras pessoas cultas que esta aprendendo a viver com as leis de DEUS. ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Não se trata de falar mal dos evangélicos, e sim da utilização de técnicas enganosas de marketing religioso para fazer proselitismo e nisto, convenhamos, os evangélicos são campeões. quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    É lamentável. Por essas e outras que nós os VERDADEIROS PROFISSIONAIS DE MARKETING somos conhecidos como marketeiros e enganadores. Quem sabe um dia seremos MERCADÓLOGOS respeitados. ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Você está certíssimop. A culpa tem de ser dividida com o órgão regulador das empresas de publicidade e das entidades de classe dos publicitários, que não combatem essas técnicas falaciosas e que prejudicam a imagem dos profissionais de propaganda e marketing. Se eles alertassem, em campanha maciça, isso diminuiria bastante, mesmo que não cessasse de todo. quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    Outra coisa, você colocou alí que as pessoas possuem baixo grau de instrução, o que me diz então do Kaká (jogador), tem baixo grau de instrução? E dos diretores da Colgate? São todos evangélicos. ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    Para seu governo a mulher do jogador KAKA, abandonou a igreja, por descobrir as falcatruas por traz das igrejas evangelicas, que so sabem explorar o povo. isto e um roubo legalizado da mesma forma que acontece em rasilia, nas empresas de telefoneia celular, planos de saude, e por ai afora. povo acordem para a vida. Jesus nao tinha igreja e pregava nas ruas e sinagogas, e nao me recordo de ter na Biblia alguma missionaria ou apostola. sao todos ladros, disfarçados de cordeiros. quarta-feira, 10 de outubro de 2012
  1. Responda  :    Não, eu não generalizei (e nem poderia). Leia o texto e veja que o que eu disse foi: "... EM SUA MAIORIA, de baixíssimo grau de instrução." O fato de existirem algumas pessoas mais cultas (minorias) filiadas a essas religiões não invalida o que foi afirmado. Leia sobre técnicas de hipnose coletiva e convencimento de massas e entenderá o que eu digo. Essas técnicas funcionam para todos que se predisponham a acreditar no(s) manipulador(es). quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    Qual era sua intenção? Falar de Marketing ou atacar aos evangélicos? Ao que sei os católicos carismáticos (canção nova) estão adotando posturas muito semelhantes as dos evangélicos. O que você diz? ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    Minha intenção não foi falar mal dos evangélicos,mas da prática indevida do "marketing religioso", que através da propaganda enganosa fazem proselitismo. E isto, infelizmente, está dando certo. terça-feira, 24 de maio de 2011
  1. Responda  :    Minha intenção não foi a de "atacar" os evangélicos e sim condenar as suas técnicas de proselitismo, utilizando o marketing religioso e a propaganda enganosa. quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 4. Paulo Luiz Mendonça.

    Manifestação Religiosa.

    300 caracteres não da para divulgar meus pensamentos, Tu ficas a dever.

    0 Classificação quinta-feira, 24 de março de 2011
  2. 3. patizinha

    religião

    essa obeservação só pode ter sido feita por algum sem noção pois quem domina mesmo a religião é a igreja católica que vem fazendo sim a verdadeira lavagem cerebral nas pessoas e agora ficam criticando nossa religião só porque tentamos dar um pouco de luz as pessoas???por favor,né,me poupe...

    1 Classificação sábado, 21 de agosto de 2010
  3. 2. Larissa

    sem noção

    Que cara sem noção, pois ele observa o marketing religioso como uma lavagem celebral apenas dos evangélicos. Ou não é verdade que a igreja católica, não só ja dominou como ainda domina as principais mídias. O marketing não faz escolhas por ninguém.

    0 Classificação sexta-feira, 23 de julho de 2010
  4. 1. C. Alonso

    Marketing Religioso (por Ivo Reis)

    Bastante apropriada a sua observação. Nossas leis infelizmente são omissas a respeito desse proselitismo enganoso feito pelas igrejas evangélicas. Est[á na hora de nossas autoridades e juristas começarem a rever a lei, assim como já fizeram para crimes na Internet que, antes, não eram previstos.

    0 Classificação sábado, 1 de setembro de 2007
X

.