Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Filosofia>Resumo de O Homem, realidade dinâmica em Pedro Laín Entralgo

O Homem, realidade dinâmica em Pedro Laín Entralgo

Resumo do Artigo Científico   por:titogabriel    
ª
 

A proposta antropo-filosófica de Laín Entralgo pretende elaborar uma ideia ou visão

íntegra e integradora do ser humano. Porque o dualismo antropológico e o materialismo

fisicalista não o satisfazem, procura dar razão da realidade dinâmica da estrutura

substantiva humana na sua unidade e totalidade, a partir de um modelo antropológico que

aglutine as descobertas actuais das ciências naturais (cosmologia, biologia, psicologia

neuropsicologia, paleontologia, etologia) com a metafísica do seu estruturismo dinamicista.

Pretende com isso decifrar o enigma da realidade e da conduta humanas, o seu «que» que

se desdobra num «como», num «quem» e num «para», investigando a realidade una e total

do ser humano naquilo que ele tem de mais visível e tangível: o seu corpo. A realidade

dinâmica da estrutura do Todo cósmico produziu filogenética e ontogeneticamente o

homem, realidade dinâmica. Através do dinamismo cósmico particular da suidade, o corpo

humano, na sua evolução, estrutura-se dinamicamente em matéria consciente que sente,

pensa e quer. Dinamicamente produzido e estruturalmente constituído, a realidade

psico-orgânica humana, oferece à observação imediata dois aspectos complementares que

apenas se distinguem metodologicamente: o corpo e a consciência. Por sê-lo, a sua

realidade ontológica e a sua conduta devem ser entendidas como estrutura dinâmica na sua

unidade e totalidade simultaneamente física e metafísica, isto é, na sua unidade descritiva

ou fenomenológica, explicativa ou científica e compreensiva ou filosófica. Todavia, a

realidade una e total da estrutura humana desagua gnoseologicamente num enigma

indecifrável somente cognoscível por aproximação assimptótica. O que é o corpo íntimo?

Pergunta que obriga a uma resposta, simultaneamente, cósmica, dinamicista, estruturista e

evolutiva e à qual pretendemos não só dar razão do seu alcance antropológico como

também, a partir da ideia de corpo íntimo, dar razão da sua dignidade ontológica e

biológica e ainda do seu dinamismo meta-histórico.

Publicado em: 09 março, 2012   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Etiquetas :
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.