Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Filosofia>Resumo de O sistema de tipos ideais segundo Weber

O sistema de tipos ideais segundo Weber

Resumo do Artigo   por:lionessantos     Autor : filosofolionessantos
ª
 

 Na primeira parte da obra Economia e Sociedade, Max Weber expõe seu sistema de tipos ideais, entre os quais os de lei, democracia, capitalismo, feudalismo, sociedade, burocracia, patrimonialismo e sultanismo. Todos esses tipos ideais são apresentados por Weber como conceitos definidos conforme critérios pessoais, ou seja, trata-se de conceituações do que ele entende pelo termo empregado, de forma a que o leitor perceba claramente do que ele está falando. O importante nessa tipologia de Weber reside no meticuloso cuidado com que ele articula suas definições e na maneira sistemática com que esses conceitos são relacionados uns aos outros. A partir dos conceitos mais gerais do comportamento social e das relações sociais, Weber formula novos conceitos mais específicos, pormenorizando cada vez mais as características concretas. A abordagem em termos de tipos ideais feita por Weber coloca-se em oposição, por um lado, à explicação estrutural dos fenômenos, e, por outro, à perspectiva que vê os fenômenos como entidades qualitativamente diferentes. Para Max Weber, as singularidades históricas resultam de combinações específicas de fatores gerais que, se isolados, são quantificáveis, de tal modo que os mesmos elementos podem ser vistos numa série de outras combinações singulares. Tudo aquilo que se afirma de uma ação concreta, seus graus de adequação de sentido, sua explicação compreensiva e causal, seriam hipóteses suscetíveis de verificação. Para Max Weber, a interpretação causal correta de uma ação concreta significa que “o desenvolvimento externo e o motivo da ação foram conhecidos de modo certo e, ao mesmo tempo, compreendidos com sentido em sua relação”. Por outro lado, a interpretação causal correta de uma ação típica significa que o acontecimento considerado típico se oferece com adequação de sentido e pode ser comprovado como causalmente adequado, pelo menos em algum grau. Tal é o sistema de tipos ideal pensado por Weber.

Publicado em: 22 julho, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    quais sao os tipos ideais de acao social que weber indentificou Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais são os quatro tipo puro de ideias de ação que Weber constroi Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    O tipo ideal existe em estado puro na realidade Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Os tipos ideais não são construções empíricas? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    afirmações a respeito de tipos ideais Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    “Se agora sou sociólogo então é essencialmente para pôr um fim neste negócio de trabalhar com conceitos coletivos. Em outras palavras: também a Sociologia só pode ser implementada tomando-se como pont Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    oque sao tipos ideais segundo marxweber? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Weber rejeita a idéia de que a realidade social possa ser reduzida à leis gerais e por isso elabora os “tipos ideais” para fazer uma verificação causal de uma hipótese. Assinale a opção correta Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Quais as coincidencias das ideias de weber sobre a sociologia? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Os “tipos ideais” são construídos essencialmente a partir da verificação causal de hipóteses. A causalidade única é a base dos “tipos ideais”. A comparação não é essencial para a construçã Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.