Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Linguística>Resumo de A comunicação via Internet

A comunicação via Internet

Resumo do Artigo Científico   por:Julio Cesar Caetano     Autor : José Gaston Hilgert
ª
 
A comunicação via Internet, especialmente nos bate-papos, possibilitou um novo canal de contato entre as pessoas e, devido ao seu caráter dinâmico e ao código utilizado para transmitir as mensagens - a escrita -, acabou apropriando-se de características do texto falado que foram incorporadas ao texto escrito. Este fenômeno vai de encontro aos estudos que propõe que texto falado e texto escrito não são dois monoblocos distintos, mas que pode haver interação entre eles. Conforme descreve Hilgert: “...fala e escrita não mais referem tipos de textos dicotomicamente antagônicos, mas sim identificam gêneros de textos configurados por um conjunto de traços que os leva a serem concebidos como textos falados ou escritos em maior ou menor grau”.
Por se tratar de uma comunicação que ocorre de maneira instantânea entre os interlocutores e, dicotomicamente, ser feita através da palavra escrita, o texto conversacional de Internet é construído de forma a tornar o texto escrito o mais oral possível, a fim de dinamizar a conversa. Uma das formas apontadas por Hilgert para que o texto escrito tenha característica da oralidade é como a pontuação é utilizada: “Essa prática de não usar a pontuação da língua escrita ... é um recurso para efetivamente imprimir um caráter “falado” ao compulsoriamente escrito. Como muitos usos dos sinais de pontuação na escrita são uma representação gráfica de um fenômeno fônico (entoação ou pausa), a pontuação alternativa da CINT acaba se tornando uma forma de "re-oralização", uma tentativa de retorno ao oral”. Segue exemplo deste processo:

bruno fala com erica: Sim...gosto... mas prefiro as de sexta. Acho q é pq tem mais gente...vc prefere qual?

Percebe-se no exemplo acima que o interlocutor deixa de utilizar os sinais convencionais, como vírgula e ponto, e utiliza as reticências como uma forma de dar ao seu texto um caráter contínuo, como ocorre na fala. Percebe-se também que este tipo de pontuação serve para indicar ao “ouvinte” uma mudança no assunto abordado ou na linha de raciocínio do “falante”.
Outro aspecto importante na construção do texto conversacional de Internet é em relação à alternância de cada interlocutor. Se na conversa “face a face” ela é dinâmica, na conversação de Internet é ainda mais. Isto se dá pois os turnos são curtos, em sua grande maioria, o que possibilita a rapidez de troca de informação:

bruno fala com erica: desculpe, mandei errado
ana fala com bruno: nao tudo bem

Além disso, os turnos curtos também são importantes para dar ao “ouvinte” a garantia de que o “falante” permanece em contato pois sem o contato físico entre os interlocutores um só saberá do outro a partir do momento que uma mensagem é entregue/recebida. O uso de uma linguagem informal, sobretudo devido à utilização de gírias, é mais uma característica do texto falado utilizado no texto de conversão na Internet.
A abreviação das palavras é uma das grandes características do texto conversacional de Internet, pois servem para dinamizar o turno e, por conseguinte, a “fala” do interlocutor. Estas abreviações ocorrem principalmente utilizando as primeiras consoantes de cada palavra:

ana gatinha fala com Marcão: nossa tb moro na leste... dq lugar vc ?

Para Hilgert: “...o que efetivamente marca a construção do texto da CINT é a interatividade. Os interlocutores querem interagir. E, vendo-se compelidos a escrever, investem toda a criatividade para atribuir a essa manifestação escrita as marcas da CFF”. Em suma, na conversação da Internet o processo de re-oralização será cada vez maior, a fim de tornar o texto escrito o próximo do dinamismo que ocorre no texto falado. Isto se dará a partir dos processos de utilização da pontuação, diminuição de turnos, abreviação de palavras e outras formas a serem desenvolvidas pelos interlocutores.

Publicado em: 16 julho, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    qual a importancia da comunicacao via internet? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    12333332 Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Que invetou a internet Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    coloca pequeno!!!! Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a comunicação via internet é a msm coisa que comunicação pela internet né? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    um dos principaais efeitos da globalizaçao sexta-feira, 2 de março de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    TEXTO SEM FUNDAMENTO!! Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    testo sem fundamento Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    exemplos de abreviações ou desenhos Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como monter um texto sobre internet e comunicação?? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    como fazer uma comunicação via internet de um roubo de celular? quarta-feira, 20 de abril de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    luan lazarento Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.