Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Linguística>Resumo de Apresentação do livro “Livro Didático de Língua Portuguesa, Letramento e Cultura da Escrita”

Apresentação do livro “Livro Didático de Língua Portuguesa, Letramento e Cultura da Escrita”

Resumo do Artigo   por:EvoluxaBlack     Autores: Roxane Rojo; Antôio A.G. Batista
ª
 
Roxane Rojo e Antônio A. G. Batista, organizadores de “Livro Didático de Língua Portuguesa, Letramento e Cultura da Escrita”(2003), abrem o livro com a “Apresentação – Cultura da Escrita do Livro Escolar: propostas para o letramento as camadas populares no Brasil”, na qual usam como epígrafe um trecho do Manifesto da Poesia Pau-Brasil, de Oswald de Andrade de 1924, que eles afirmam inspirar a coletânea de artigos selecionados no livro. Na apresentação, os autores afirmam ser a intenção da coleção discutir a questão do nível de letramento das camadas mais populares e a distância entre estas camadas e a elite dominante. E, em especial na apresentação, focar a questão dos livros didáticos de Língua Portuguesa oferecidos e avaliados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e as contradições teóricas e metodológicas encontradas ali. Após a breve introdução da apresentação, os autores colocam alguns dos problemas encontrados no atual contexto escolar quanto a questão do letramento, como, por exemplo, o fato dos alunos estarem passando mais tempo nas escolas, não refletir proporcionalmente um nível de letramento maior, principalmente em relação a capacidade de leitura, de acordo com os resultados obtidos pelos alunos nos vários instrumentos de avaliação utilizados, de diferentes linhas e objetivos. Com números e percentuais detalhados de fontes como o IBGE e outros órgãos confiáveis, os autores pontuam a quantidade de alunos na escola não significa efetivamente a mesma quantidade de indivíduos com o nível de letramento esperado ou de competências e habilidades desenvolvidas em 3, 5, 8 ou 12 anos de escolaridade. Esses números, somados aos vários problemas das salas de aula como desinteresse, desmotivação e indisciplina são apontados como resultados da ineficiência das práticas didáticas oferecidas pelos livros didáticos espalhados pelo país.
Depois destas pontuações, os autores apresentam alguns conceitos teóricos sobre a cultura da escrita e a função social da escola como instância básica de letramento. Em seguida, são destacados algumas observações feitas por Rojo em seu artigo individual no corpo do livro, sobre a composição dos livros didáticos. Para ela, os textos selecionados para compor os livros didáticos atendem bem ao seu papel de diversificação, mas deixam a desejar especialmente na questão da variação lingüística e da modalidade oral, reforçando o poder da “norma culta urbana e escrita”, já tão poderosa nos contextos sociais. Além desse déficit em relação à seleção dos textos, as propostas didáticas também são apontadas como problemáticas ao se fundamentarem apenas na gramática normativa e darem pouca atenção à leitura e à produção textual, além de, muitas vezes, excluir a linguagem oral, entre outros problemas. A autora enumera ainda os percentuais dos livros analisados que abordam os critérios de avaliação do PNLD quanto a capacidade de leitura, como tratamento de gênero, propriedades estilísticas, etc, destacam os itens que não foram satisfatoriamente contemplados como a situação de produção do texto e de leitura e a questão das variedades lingüísticas e estudo de textos orais, entre outros.A abordagem estrutural da maioria dos livros também é fortemente criticada pela autora, assim como o descaso com a reflexão lingüística nas diversas atividades propostas e citadas por ela, desde a interpretação e compreensão até a produção textual
Publicado em: 18 dezembro, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    resumo completo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    resumo do livro letra e letramento. Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. Alessandra

    produção de textos no LD

    Tenho observado que poucos livros didáticos sugerem atividades de produção de textos abordando poesias. Há atividades em que o autor simplesmente pede a construção de uma metáfora, uma frase.

    0 Classificação segunda-feira, 21 de janeiro de 2008
X

.