Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>História>Resumo de Região Norte

Região Norte

Resumo do Livro   por:Souza Moro     Autor : Célia
ª
 
REGIÃO NORTE A Região de origem indígena, não sofreu influência dos imigrantes estrangeiros. Belém, Amazonas, Parintins, possuem os mais belos espetáculos folclóricos do País, que representam as lendas da região. Manaus guarda a memória áurea da extração da borracha, seus rios e florestas dominam a paisagem. A Região Norte é uma aventura temperada pela exótica comida e costumes típicos. COMIDA BEM BRASILEIRA Castanha do Pará é encontrada no município de Marabá, no Pará. É conhecida por todo o BRASIL e no Exterior como Brasil Nut. Açaí - o açaizeiro é uma das Palmeiras mais típicas do Pará e sua importância alimentar é imensa no Estado. Chega a ser a principal refeição das classes populares. Cupuaçu - É facilmente encontrado no Estado do Maranhão, pode aparecer também no baixo Tocantins, nos bosques virgens de Itaituba e no Rio Anapu. Fruta consumida dentro da culinária, na forma de sucos, sorvetes, cremes, doces, geléias, licores, etc. FOLCLORE · Iara Os cronistas dos séculos XVI e XVII registraram essa história. No princípio, o personagem era masculino e chamava-se Ipupiara, homem peixe que devorava pescadores e os levava para o fundo do rio. No século XVIII, Ipupiara vira a sedutora sereia Uiara ou Iara. Todo pescador brasileiro, de água doce ou salgada, conta histórias de moços que cederam aos encantos da bela Uiara e terminaram afogados de paixão. Ela deixa sua casa no fundo das águas no fim da tarde. Surge magnífica à flor das àguas: metade mulher, metade peixe, cabelos longos enfeitados de flores vermelhas. Por vezes, ela assume a forma humana e sai em busca de vítimas. Quando a Mãe das águas canta, hipnotiza os pescadores. Um deles foi o índio Tapuia. Certa vez, pescando, Ele viu a deusa, linda, surgir das águas. Resistiu. Não saiu da canoa, remou rápido até a margem e foi se esconder na aldeia. Mas enfeitiçado pelos olhos e ouvidos não conseguia esquecer a voz de Uiara. Numa tarde, quase morto de saudade, fugiu da aldeia e remou na sua canoa rio abaixo. Uiara já o esperava cantando a música das núpcias. Tapuia se jogou no rio e sumiu num mergulho, carregado pelas mãos da noiva. Uns dizem que naquela noite houve festa no chão das águas e que foram felizes para sempre. Outros dizem que na semana seguinte a insaciável Uiara voltou para levar outra vítima. *Origem: Européia com versões dos Indígenas, da Amazônia. · A cobra grande É uma das mais conhecidas lendas do folclore amazônico. Conta a lenda que em numa tribo indígena da Amazônia, uma índia, grávida da Boiúna (Cobra-grande, Sucuri), deu à luz a duas crianças gêmeas que na verdade eram Cobras. Um menino, que recebeu o nome de Honorato ou Nonato, e uma menina, chamada de Maria.
Para ficar livre dos filhos, a mãe jogou as duas crianças no rio. Lá no rio eles, como Cobras, se criaram. Honorato era Bom, mas sua irmã era muito perversa. Prejudicava os outros animais e também às pessoas. Eram tantas as maldades praticadas por ela que Honorato acabou por matá-la para pôr fim às suas perversidades. Honorato, em algumas noites de luar, perdia o seu encanto e adquiria a forma humana transformando-se em um belo rapaz, deixando as águas para levar uma vida normal na terra. Para que se quebrasse o encanto de Honorato era preciso que alguém tivesse muita coragem para derramar leite na boca da enorme cobra, e fazer um ferimento na cabeça até sair sangue. Ninguém tinha coragem de enfrentar o enorme monstro. Até que um dia um soldado de Cametá (município do Pará) conseguiu libertar Honorato da maldição. Ele deixou de ser cobra d'água para viver na terra com sua família. *Origem: Mito da região Norte do Brasil, Pará e Amazonas · Vitória Régia Os pajés tupis-guaranis, contavam que, no começo do mundo, toda vez que a Lua se escondia no horizonte, parecendo descer por trás das serras, ia viver com suas virgens prediletas. Diziam ainda que se a Lua gostava de uma jovem, a transformava em estrela do Céu. Naiá, filha de um chefe e princesa da tribo, ficou mpressionada com a história. Então, à noite, quando todos dormiam e a Lua andava pelo céu, Ela querendo ser transformada em estrela, subia as colinas e perseguia a Lua na esperança que esta a visse. E assim fazia todas as noites, durante muito tempo. Mas a Lua parecia não notá-la e dava para ouvir seus soluços de tristeza ao longe. Em uma noite, a índia viu, nas águas límpidas de um lago, a figura da lua. A pobre moça, imaginando que a lua havia chegado para buscá-la, se atirou nas águas profundas do lago e nunca mais foi vista. A lua quis recompensar o sacrifício da bela jovem, e resolveu transformá-la em uma estrela diferente, daquelas que brilham no céu. Transformou-a então numa "Estrela das Águas", que é a planta Vitória Régia. Assim, nasceu uma planta cujas flores perfumadas e brancas só abrem à noite, e ao nascer do sol ficam rosadas. *Origem: Indígena. Para eles assim nasceu a vitória-régia
Publicado em: 27 maio, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    quantos habitantes ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    nao sei sexta-feira, 8 de agosto de 2014
  1. Responda   Pergunta  :    gravura Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais são os costumes da Região Nordesteå Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como faço para imprimir? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais são os jogos populares da região norte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual fATO HISTORICO DA REGIAO NORTE Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais sao as palavras tipicas do norte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    conclusão desse resumo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    folclore Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    conclusao desse resumo Veja tudo
Etiquetas :
Traduzir Enviar Link Imprimir

Mais Resumos e Críticas por Souza Moro

More
  1. 27. dede godoy

    potensiau

    coloque coisas mais interesantes

    0 Classificação sexta-feira, 8 de agosto de 2014
  2. 26. letícia

    amei

    gostei muito e um tipo de minina humilde legal bacana gosto de sidivertir

    0 Classificação segunda-feira, 27 de agosto de 2012
  3. 25. angela

    adorei

    meu deus, eu adorei mesmo tudo isso, espero que continue assim

    0 Classificação quinta-feira, 23 de agosto de 2012
  4. 24. Laís Paradellas

    Região Norte

    Naun achei nd do qe eu queria :S ! Mais o textinho esta muut legalZinho *_* Bjoooooooos'

    4 Classificação domingo, 27 de maio de 2012
  5. 23. marcela

    lindo

    muito show obrg me ajudou muito

    0 Classificação sábado, 21 de abril de 2012
  6. 22. dejane

    folclore

    é né tá bom, mas precisa melhora mais....

    4 Classificação quarta-feira, 14 de setembro de 2011
  7. 21. amanda

    amei

    legal achei intereçante como outrs pessoas. me ajudou muito na minha pesquisa da escola! obrigada amanda.

    2 Classificação segunda-feira, 5 de setembro de 2011
  8. 20. grtffttffg

    legal

    ammmmmmmmmmmmmmmmmeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiii.muito legal.explica muita coisa meajudou muito.oooooooooooooooooobbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbrrrrrrrrrrrrrrrrrrriiiiiiiiiiiiiiiiiiiggggggggggggggggaaaaaaaaaaaaaaddddddddddddddddaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    1 Classificação segunda-feira, 5 de setembro de 2011
  9. 19. sophia

    região norte

    eu acho que é legal este comentario para nos as pessoas que veem eu gostei para quem colocou eu vi que não tem muitos comentarios eu vou ser o primeiro eu cho obrigada pela esplicacão

    4 Classificação segunda-feira, 22 de agosto de 2011
  10. 18. vitor

    propagandas

    affzz nao da nem pra ler com essas ´ropagandas chatas no munitor aqui afffzz

    4 Classificação quinta-feira, 11 de agosto de 2011
X

.