Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>História>Resumo de A história da Globalização

A história da Globalização

Resumo do Artigo   por:DartumSullivan01    
ª
 

Bem , tudo começou com a Revolução Industrial ocorrida no Reino Unido século XVIII, que foi basicamente um avanço tecnológico que promoveu um grande inpacto na produção manufatureira do período atingindo setores econômicos e socias, pois com o surgimento da máquina a vapor superava assim a mão de obra humana. A tendencia capitalista se aquecia, o liberalismo econômico e o grande acúmulo de capital alimentava as novas invenções,estava dado o pontapé inicial da globalização.Apenas no século XIX essa revolução se espalhava pelo mundo.
Atualmente podemos dizer que globalização é um contínuo avanço tecnocientífico que abrange: os meios de comunicação,o regimento da política de um nação, costumes,o social, fazendo com que o mundo seja alcançado por todos dando origem ao que muitos pensadores chamam de ALDEIA GLOBAL.

SEGUNDO AUTORES

A globalização tornou-se um tema de conferências, seminários e debates científicos nas revistas especializadas. Há mesmo novos departamentos universitários, que se ocupam exclusivamente do tema, oferecem cursos e atuam no sentido de adaptar a sociedade a esse movimento "globalizador". No campo da educação a discussão gira em torno dos
meios capazes de tornar as instituições de ensino compatíveis com a globalização. A primeira observação, que nos vem à mente, é que a globalização é, às vezes, apresentada
como uma realidade contemporânea, algo que surgiu subitamente. No entanto, parece-nos que a globalização é o produto histórico de uma série de evoluções, que se inscrevem em um movimento, que pode ser identificado como de longa duração. Essa evolução teve como elemento catalisador a vontade de um certo número de países e de grupos sociais de dominar e explorar outros países e grupos sociais, configurando-se em um duplo processo de dominação: ao mesmo tempo em que reflete o processo de dominação dos países do
Norte sobre os países do Sul, expressa, também, a dominação de certos grupos sociais no interior de um mesmo país.
Para resumir essas evoluções, podemos dizer que a globalização é o produto do seguinte encadeamento:

Imperialismo => Colonialismo => Neocolonialismo => Modernização => Neoliberalismo => globaliazção

A Europa constitui, com a América do Norte e o Japão, uma tríade de pujança, onde se concentram de uma só vez um grande bem estar financeiro, os principais conglomerados industriais e o essencial da inovação tecnológica. Essa tríade domina o mundo como nenhum império de outro tempo jamais o fez (RAMONET, 1999).

Nessa perspectiva de dominação, os seguintes fatores exercem um papel importante no âmbito da globalização:


(1) As inovações tecnológicas reduzem ainda mais os postos de trabalho não qualificado; daí, a importância crucial dos investimentos em da educação;


(2) a globalização provocou uma redução relativa da importância dos Estados Nacionais. Numerosos blocos regionais de Estados Nacionais se constituíram em diversas partes do mundo. Esses blocos implicam necessariamente uma certa perda de soberania. Essa redução do poder do Estado Nacional se traduz na área da educação pela necessidade de edificar programas escolares transnacionais, fazendo com que a história e a geografia nacional, por exemplo, não sejam ensinadas da mesma forma como vinham sendo ministradas até então; 4


(3) a mundialização aproxima os povos e os países do mundo, na medida em que as distâncias são praticamente abolidas pelo desenvolvimento dos meios de comunicação. O ensino virtual não é mais ficção científica. Atualmente os estudantes podem estar em São Paulo e o professor no Rio de Janeiro, Nova Iorque, Genebra ou Tóquio;


(4) a globalização não é caracterizada pela uniformidade, pela tranqüilidade e pela clareza, mas, ao contrário, pela diversidade, pela diferença, pela complexidade e pelo acirramento dos conflitos. O processo de ensino - aprendizagem tradicional - sofre significativas alterações, e o desenvolvimento dos conhecimentos científicos, que já é rápido, tende a andar ainda mais depressa. Mesmo um brilhante professor universitário não está mais seguro de ensinar o conjunto dos avanços científicos da sua disciplina. Os alunos podem acessar informações recém "saídas do forno", cuja existência o próprio professor ignorava, utilizando os meios eletrônicos, que se desenvolvem em toda parte do mundo e são colocados à disposição daqueles, que possuem meios materiais para acessálos;


(5) a globalização não significa (e certamente não provocará) uma redução das desigualdades entre os Estados Nacionais e, no interior de cada país, entre os diferentes grupos sociais. Ao contrário, a configuração atual da mundialização fará perdedores e ganhadores, dominantes e dominados.

Publicado em: 28 fevereiro, 2012   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    a final o que significa globalização? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    a globalização pode ser entendida como o conjunto de transformação recentes na economia do planeta que causaram uma ampliação dos fluxos ou mercadorias uma integração entre os paises são caracteristicas desse periodo as invenções tecnológicas e a consequente aceleração da difusão de informações .celulares e microcomputadores além da vasta rede de tecnológia integradas a eles como o acesso á rede mundial de computadores internet,programas de mensagens instantânias .. quinta-feira, 14 de março de 2013
  1. Responda   Pergunta  :    A globalização não começou com as grandes navegações no seculo XVI ?? ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    Gostei bastante do seu questionamento, persistindo alguma dúvida ou mesmo não aceitando a conclusão desse entendimento esteja à vontade para fazer novas perguntas, ponderações e mesmo discordâncias, pois estamos aqui para compartilhar conhecimentos. Até logo! terça-feira, 13 de março de 2012
  1. Responda  :    Boa tarde!Bem,é uma pergunta capciosa. Do ponto vista social podemos ter referências que comprovam essa sua indagação , porém no que tange o campo tecnológico isso não acontece,deves saber que no período citado os navegantes utilizavam varias ferramentas que os auxiliavam na navegação, porém não podemos constituir essa conexão pois então veríamos a GLOBALIZAÇÃO como toda e qualquer manifestação de invenções e as própias invenções, quando na verdade ela é um "surto tecnológico e social". terça-feira, 13 de março de 2012
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.