Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>História>Resumo de A Semana santa

A Semana santa

Resumo do Artigo   por:BeneditoMagnoVieira     Autor : Vários
ª
 

A Semana Santa

A Semana Santa é um período religioso do cristianismo que celebra a subida de Jesus Cristo ao Monte das Oliveiras, a sua crucificação e a sua ressurreição. A primeira celebração da Semana Santa foi em 1.682 pelos cristãos

A Páscoa (do hebraico Pessach , significando passagem ) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pela igreja como a maior e a mais importante festa da cristandade.

A Quaresma é o tempo litúrgico de conversão, que o cristianismo marca para preparar os fieis para a grande festa da Páscoa . Durante este período, os seus fiéis são convidados a um período de penitência e meditação , por meio da prática do jejum , da esmola e da oração

Depois das agitadas programações de reveillon e da maior festa do país, o carnaval, chegou o momento reservado pelos cristãos para a reflexão e o agradecimento da vida, a Semana Santa.

A Semana Santa não acontece na mesma data todos os anos. Assim como o carnaval, é um evento móvel que varia em relação ao calendário litúrgico da Igreja Católica. Assim, 40 dias depois da Quarta-Feira de cinzas se iniciam os dias Santos.

A celebração da Semana Santa é o evento religioso mais cultuado no Brasil. As procissões e missas acontecem em praticamente todas as cidades do país. Em alguma delas os eventos se transformam em atrações diversificadas, mas nem por isso deixam de ter cunho religioso. Um bom exemplo é o que acontece no município pernambucano de Brejo Madre de Deus, também conhecido como Nova Jerusalém, onde todos os anos é encenado o grandioso espetáculo da Paixão de Cristo.

Outra região que se destaca na Semana Santa é o cenário barroco das cidades históricas mineiras, onde as cerimônias guardam até hoje os aspectos religiosos e culturais do Brasil da época colonial.

Na vizinha Cidade de Goiás , antiga capital do estado, as celebrações são acompanhadas por milhares de pessoas que vêm das cidades próximas e também de Brasília. Todas as passagens bíblicas relativas ao período são teatralizadas nas ruas da cidade e o momento mais emocionante é a procissão do Fogaréu, um ritual que simboliza a perseguição e a prisão de Cristo.


Não se pode esquecer que é nesse mesmo período que as crianças se comportam brilhantemente, com o objetivo de receberem como recompensa a visita do coelho da Páscoa, que leva os ovos de chocolate na manhã de Domingo.

No passado em Itaberaí e no Brasil em geral, a Semana Santa era comemorada com muito respeito, na quinta e sexta-feira . Em Itaberaí o movimento da cidade que já era pequeno, parava por completo, o povo recolhido em suas casas, só saindo para ir à igreja assistir o cerimonial da Via-sacra e Lava Pés. Na Sexta-Feira anterior, chamada de Sexta-Feira das Dores havia a procissão do Encontro. Os homens carregando a imagem do Senhor dos Passos e as mulheres, por outra rua, levavam a imagem de Nossa Senhora das Dores. Na esquina da rua Senhor dos Passos com a Praça Balduino Caldas , dava-se o encontro das duas imagens, quando o Vigário, num púlpito armado em plena rua, fazia um longo sermão.

Na noite de Quita para Sexta-feira Santa, o velório, na igreja era colocado a imagem de Nosso Senhor morto e os fieis que ali compareciam, conservavam em absoluto silêncio e respeito. No dia seguinte, Sexta-Feira da Paixão, dia consagrado ao jejum e não fazia nada nesse dia. Nesse dia havia a procissão e o Canto da Verônica.

No sábado seguinte a missa da aleluia, festejada com forte foguetório e no Domingo a procissão da Ressurreição.

Hoje essas comemorações tendem a desaparecer , porque a evolução impõe modificações nos costumes e hábitos de um povo. Mas a conservação da tradição não significa atraso de um povo, pelo contrário, mostra à atual geração algo dos antepassados, é o elo entre o passado e o presente, servindo de estímulo e exemplo para novas caminhadas . .(“ Curralinho Seus Costumes e Sua Gente” de Edmundo Pinheiro)

Publicado em: 03 maio, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    O que é eucaristia? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Como vou obter a resposta da pergunta apresentada? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Como a Igreja Católica determina a data de início do carnaval? Em que evento se baseia? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.