Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de CONVULSÃO E EPILEPSIA

CONVULSÃO E EPILEPSIA

Resumo do Livro   por:MAGNUSAMARALCAMPOS     Autor : MAGNUS AMARAL CAMPOS
ª
 
A EPILEPSIA É FREQUENTEMENTE CONFUNDIDA COM A CONVULSÃOONDE HÁ ATAQUES TÔNICO - CLÔNICOS ONDE A PESSOA , VÍTIMA DA CONVULSÃO , CAI AO CHÃO e começa a se debater, babar, ter espasmo de toda a musculatura torácica, o que a impede de respirar e ela vai ficando cianótica , Usualmente dura cerca de 50 ( cinquenta )segundos , sendo que o tempo total de um ataque convulsivo não tem limite preciso, chegando-se eventualemente ao quadro onde a pessoa , vítima de MAL EPILÉPTICO , deva até mesmo ser entubada e anestesiada para que cessem os ataques tônico clônicos, que podem durar algumas horas ou alguns dias.
A epilepsia, contudo, não necessita ter convulsão . E a pessoa que tem convulsão não necessita ser epiléptica. A WIKIPÉDIA fez uma confusão enorme ( para variar ) ao tentar explicar a epilepsia.
A epilepsia pode ser considerada em pequenos movimentos, como uma pessoa que fica falando com você , mas necessita ficar passando a mão em alguma parte do seu corpo, durante todo o tempo em que conversam. Só isso já caracteriza a pessoa epiléptica. Há também a eplepsia visceral , onde a pessoa sente contrações abdominais de forte intensidade , vez ou outra. Pode-se encontrar a epilepsia condutopática, onde a pessoa afetada pode ver o "demônio" saindo do corpo de outra pessoa, e daí ela pega um facão e vai tentar matar o "demônio", causa de homicídio de um sobrinho contra a sua tia em Perdizes, grande São Paulo. Posteriormente, para evitar o fraglante delito, foi passear na avenida Sumaré. Ao ser preso, insistia que não era doente não - era " normal ".
A idéia de escrever este abstrato surgiu logo após eu ter lido um autor do Schvoong que editou 52 ( cinquenta e duas) vezes o mesmo título.
De todas as formas de epilepsia, a mais complicada seria a condutopática, onde a pessoa pode tomar conduta que venha eventualmente a provocar danos em outras pessoas, ou atos deletérios, não necessariamente extremamente nocivos.
Mas, em hipótese alguma o mais importante desse tipo de moléstia, ou de outros tipos, é que estamos habituados a encontrar pessoas " normais ", esquecendo-se que , por muitas vezes, vamo-nos deparar com atitudes e pessoas que sejam absolutamente ANORMAIS e são tidas como normais por grande parte da população. Friedrich Wilhelm Nietzsche dizia que a patologia é derivada da fisiologia, porisso nunca esteve doente, mesmo quando menos teve saúde - é outra verdade ! Ninguém deve levar o rótulo de " doente ". O que se quer evitar é um mal maior, como por exemplo o que aconteceu com uma garota em São Paulo que, em conluio com o namorado , mandou executar os próprios pais, a golpes de pauladas . Fica difícil dizer que é uma pessoa " normal ", mas não creio que deva ir para um manicômio judiciário, que seria uma forma complacente de perdoar a homicida.
Muitas vezes, porém , o mal , a armadilha está bem próxima de nós e não a reconhecemos. Reconhecemos quando já é tarde.
O epilético é também reconhecido quando ataca outra pessoa, por mais de três vezes consecutivas, sem que haja qualquer resistência da parte contrária. Visite meu site , conheça um pouco mais a respeito de todas as pessoas, "normais " ou " anormais ". - www.neurosehomossexual.com.br
Assina - Magnus Amaral Campos - médico devidamente registrado no CREMESP sob número 36.185]
Publicado em: 18 fevereiro, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    epilepsia visceral é o que ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    epilético pode ser preso Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    devo mi preucupar, sera que vou voltar a fazer minhas aividades como operação de maquinas e equipamentos. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu tive uma convulsão e estou comedo de ter causado pela primeira vez e ter ficado com secuelas convulsão é o mesmo de epilepsia ou não. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é paroquisismo de fusos? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Não tenho convulsão, mas tenho difusão dos ritmos{teste de eletocefalograma}sinto muita dor de cabeça eu sou epiletica. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    apartir de quantos anos uma pessoa com epilepcia começa a apresentar sintomas . Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    sou epeletica a32 anos tenho varias convulsoes durante a semana tomo 2 gardenald100nlg 1rivotril d2nlg 3aminitripitilina d25mlg mesmo assim estou convulsionando.obrigago ANDREIA DE SOUZA Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    meu afilhado teve 2 vx convulção queria saber pq ele so tem quando vai jantar ou almoçar pq isso.desde ja obrigado Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    convulsao pode matar Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 3. m.j.

    epilepsia

    se é certo q epilepsia n implica ou n é sinonimo de convulsão, já esta última terá q ser obrigatoriamente conotada com algum tipo de epilepsia, ao contrário do q está dito. aliás, qual seriam então as outras hipóteses para sintomas convulsivos propriamente ditos...

    1 Classificação quinta-feira, 19 de maio de 2011
  2. 2. MariaNina

    Corrigindo...

    O seu trabalho não é maravilhoso como eu disse, é um trabalho GENIAL e tem muitos pacientes CURADOS. Parabéns Dr Magnus .

    1 Classificação domingo, 11 de novembro de 2007
  3. 1. MariaNina

    Parabéns Magnus sou sua fã

    e gosto de conhecer sempre mais sobre medicina. Deixe o barulho da estrada e prossiga com o seu trabalho maravilhoso.

    0 Classificação quinta-feira, 8 de março de 2007
X

.