Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de A Supervisão Escolar nas palavras de um expert na área

A Supervisão Escolar nas palavras de um expert na área

Resumo do Livro   por:PabloSantos     Autor : Fatima Christina Labruna Moreira Santos
ª
 
1) Descreva de Forma Sucinta , a evolução da supervisão escolar no Brasil.R: Em seu início a supervisão escolar foi praticada no Brasil em condições que produziam o ofuscamento e não a elaboração da vontade do supervisor. O objetivo pretendido com a supervisão que se introduzia, era o de uma educação controlada, para uma sociedade controlada , um supervisor controlador e também controlado.Para que esse supervisor se fizesse possível foi-lhe dito e sugerido que o controle é sempre atributo dos que decidem, ou seja, era passado para os supervisores uma lição de autoritarismo , e que eles deveriam ser autoritários. Mas as pessoas e as instituições crescem, interrogam-se e interrogam suas circunstâncias, e com isso, muitas perguntas foram crescendo, aos poucos o supervisor foi-se integrando á participação no debate educacional que se estabelecia. O supervisor/ educador foi se dando conta de que a verdade não estava pronta e depositada em suas mãos para que ele á distribuísse, que só poderiam conhece-la por intermédio, o supervisor / educador foi percebendo , enfim, que sua tarefa não era transmitir uma mensagem pronta e acabada , mas reunir os educadores para que eles pudessem elaborar sua própria mensagem e com ela tentar mudar para melhor a vida de todas as pessoas a quem a mensagem pudesse ser apresentada. O supervisor hoje, deve trabalhar de forma coletiva, com todos da unidade escolar ( Professores, Direção etc.), para que se possa fazer uma análise consciente sobre o cotidiano escolar e do cotidiano da sociedade , atendendo as necessidades e aspirações da comunidade escolar , para uma melhor qualidade de ensino.2- Qual a suaposiçãosobre a formação do supervisor?R: Organizar um processo de formação de supervisores escolares adequado às necessidades atuais da sociedade brasileira significa pensar uma proposta de trabalho que se inicie pela consideração das aspirações e das necessidades dos alunos e dos professores ao lado dos quais o futuro supervisor vai construir sua prática profissional. Significa, conseqüentemente , formar para a prática coletiva e para a organização da vontade coletiva. Ensinar supervisão no Brasil hoje significa necessariamente pesquisar supervisão. Pesquisar “a” e “para” a supervisão. Significa conscientemente , examinar a prática que se desenvolve e investigar as situações que possam contribuir para o desenvolvimento qualitativo dessa prática. Mas para que esse saber estruturado sobre supervisão escolar se acumule será necessário entretanto, enfrentar também adequadamente as dificuldades que se colocam no plano prático institucional. Nas universidades brasileiras é ainda extremamente reduzido o número de pesquisadores que fazem da supervisão escolar seu objeto de estudo preferencial.3) A burocracia escolar deve ser tratada de que forma pelo supervisor?R: Uma interpretação crítica da burocracia é, pois, a primeira grande conquista a se esperar de uma práxis criativa do supervisor. A escola, como organização social, deve se dedicar a reflexão, análise e a crítica da própria realidade em que se constitui.
É indispensável que o supervisor da escola se expresse como educador e especialista. Do supervisor espera-se que aja como “o cimento possível da passagem para a coletividade dos educadores daquelas iniciativas e realizações que os pequenos grupos das escolas conseguirão produzir por seu apoio e orientação. Do caos teórico – político – institucional com que hoje se debate o supervisor, deverá emergir uma práxis essencialmente pedagógica na qual o ponto obrigatório de referência constituir-se-á no encaminhamento das soluções possíveis para as grandes questões do cotidiano do ensino. Essas soluções terão que ser construídas em conjunto pelos educadores.4) Qual a relação proposta paraas instânciasadministrativas epedagógicas?R:Constatamos que tanto o aspecto administrativo, quanto o aspecto pedagógico, se manifestam duplamente em nossos sistemas escolares. As duas prática não se distiguem substancialmente. De um lado , a administração institucionalizada prepondera sobre a preocupação e a própria realização do ensino nas salas de aula, de outro a administração como objeto de estudo não chega a sofrer a investigação e a análise que possibilitariam a revisão crítica de seu significado. Supervisionar uma escola é orientar sua administração para a realização do ensino. O que dá sentido ao trabalho administrativo / supervisor em educação é o seu caráter de suporte ao trabalho pedagógico. O trabalho pedagógico como um determinante do trabalho administrativo . O que nos falta, para organizar melhor a confluência de nossas subjetividade é considerar que o aspecto administrativo é também um componente do trabalho pedagógico. 5) Qual a conclusão sobre a supervisão?R: Concluímos que, a supervisão poderá contribuir decisivamente para o reconhecimento de seu papel de articulador do projeto pedagógico de uma coletividade, ou seja, O Supervisor trabalhando em conjunto com todos da comunidade escolar ( professores, alunos, diretores, pais, etc. ) , refletindo, analisando, tendo uma visão crítica tanto da comunidade escolar , como da sociedade, buscando a elaboração de uma nova visão de mundo , sendo solidário , reconhecendo o indivíduo com a síntese de múltiplas determinações ajudando a construir a vontade coletiva que transforma a necessidade em liberdade, com certeza teremos um ensino de boa qualidade .
Publicado em: 08 fevereiro, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    quais sao os principios da supervisao educacional? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quando e como se deu o inicio da atividade educativa no brasil? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Qual a diferença da Supervisão Capitalista para a Supervisão atual? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    O supervisor escolar, para, realizar um diagnóstico, deve prioritamente: Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    O supervisor escolar, na elaboração do Projeto Pedagógico, deve: Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    QUAIS AS FUNÇÕES DO SUPERVISOR ESCOLAR NO COTIDIANO ESCOLAR? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    1)qual o papel de uma supervisão com relaçãoa gestão escolar? 2)supervisao escolar concepcao,hitoricoe evolucao no brasil Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Qual é o papel do supervisor pedagógico? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    supervisao escolar concepcao,hitoricoe evolucao no brasil Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual o papel de uma supervisão com relaçãoa gestão escolar? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 3. Cordeiro

    Acho que você leu outro texto.

    Pablo, creio que você leu outro texto. Tem certeza que não está confundindo? O autor do resumo defende uma perspectiva sim, pois faz caracterizações da atividade dos educadores através do tempo e nessa análise parcializa sua opinião quando estabelece sua concepção a respeito dos parâmetros que devem orientar essa atividade, isso é notório, por isso creio que o caro amigo deve estar se referindo a outro texto quando critica o resumo do Marcio.

    0 Classificação segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007
  2. 2. Pablo Santos

    Entendeu errado

    Marcio, em nenhum momento o autor tentou defender uma alternativa à perspectiva didática a que você se refere. Na realidade, o resumo pelo que posso perceber, trata de uma entrevista sobre Avaliação Institucional, e não de uma defesa desta ou daquela perspectiva didático metodológica.

    0 Classificação domingo, 11 de fevereiro de 2007
  3. 1. Marcio de Assis

    Volta aos valores!

    A eduacação atual sofre com os "modernismos", "adapatabilidade às aspirações coletivas", "política" , etc. Estamos precisando e retornar a valores morais, como palavra, dignidade, RESPEITO A LIMITES, fidelidade e principalmente estudo CIENTÍFICO tradicional das disciplinas. Nos países de ponta em ciência e tecnologia o estudo é tradicional e árduo, disciplinado, não tem essa conversa de "bater tambor", "teatrinho", é matemática, física e o aluno aprende a não ser preguiçoso e estuda mesmo, tem muita ordem e disciplina nas instituições escolares, e autoridade sim, e é o melhor pois funciona.

    1 Classificação quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007
X

.