Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de NA PRÁTICA A TEORIA É OUTRA

NA PRÁTICA A TEORIA É OUTRA

Resumo do Artigo   por:Cirineu Nunes     Autores: Gusso; Ângela Mari
ª
 
O texto “na prática a teoria é outra” não é uma simples adaptação resumida das teorias de Bakhtin, mas um criativo trabalho que estabelece um paralelo entre o que se é teorizado em relação ao ensino de língua materna e como isso é aplicado efetivamente nas escolas. Já no início, o texto aborda a contradição existente entre o discurso das propostas pedagógicas elaboradas a partir de uma concepção interacionista de linguagem e a prática, pois no encaminhamento do trabalho essa visão é abandonada, isso se deve ao fato de que a escola, tradicionalmente, usa e valoriza a norma culta própria das camadas privilegiadas, não reconhecendo e/ ou ignorando as variantes lingüísticas usadas por outras faixas da população. Disso decorre um distanciamento entre escola e estudantes com pouco ou nenhum domínio da língua padrão.Pode-se dizer que o texto é uma versão sintetizada e melhorada das teorias de Bakhtin, pois como ele próprio nos leva a entender: toda a informação científica deve ser transformada e incorporada de maneira que ela possa interagir e não só se acumular os conhecimentos.O texto considera responsabilidade da escola permitir ao aluno interagir com a língua, propiciando-se assim o contato com uma escrita viva e real.
O ensino e a aprendizagem não podem ser tomados separadamente, pois sempre que se tem alguém ensinando há outro aprendendo.Aborda
o tema psiquismo, amparando-se sempre nas idéias de Bakhtin, como sendo de natureza social *(base semiótica) e não apenas um reflexo da realidade externa. Esse
é um texto muito bem escrito e é de relevante importância para os iniciantes no estudo de lingüística, tendo em vista a riqueza de detalhes transpostos em poucas linhas, entretanto não deixa de ser indicado para os que já têm conhecimento do assunto. *A semiótica ,de maneira simplificada, é a ciência que estuda as diferentes linguagens ou códigos que o homem usa para se expressar . Texto originalde: Ângela Mari Gusso, Em Anais do 1º Encontro do Celsul. Fpalis, abril/97 vol. 2
Publicado em: 15 dezembro, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    definição da autora ato a finalidade a posiç]ao dos fins e a busca dos meios para tornar o ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    BOA TARDE MEU NOME É JUCIARA FAÇO SER sexta-feira, 24 de maio de 2013
  1. Responda   Pergunta  :    COMO PODEMOS CONCLUIR TEORIA E PRÁTICA EM NOSSAS VIDAS? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. Bruno F.

    Mensagem

    Também escrevo para o Shvoong, seu texto eu já percebi que seria de excelente qualidade logo pelo titulo! Parabéns e espero receber um comentário seu no meu resumo! :) http://pt.shvoong.com/humanities/472649-que-é-raça Um forte abraço.

    0 Classificação terça-feira, 19 de dezembro de 2006
X

.