Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de LADRÃO PRESO EM CHAMINÉ DA PADARIA

LADRÃO PRESO EM CHAMINÉ DA PADARIA

Resumo do Livro   por:NEGOCIADOR     Autor : DIÁRIO DO GRANDE ABC
ª
 
LADRÃO PRESO EM CHAMINÉ DA PADARIA:

Ladrão fica preso na chaminé de padaria Carlos Henrique da Silva, 24 anos, foi o protagonista de uma ocorrência policial de características inusitadas. Às 23h de segunda-feira, Silva precisou ser socorrido por uma viatura do Corpo de Bombeiros, usada para ações de resgate e munida de guincho. O equipamento foi acionado e, depois de algumas tentativas, o rapaz foi içado e retirado do interior da chaminé da padaria localizada na quadra sete da rua Octacilio de Andrade Tourinho, no Jardim Carolina, na Zona Leste de Bauru, no interior de São Paulo.Pouco antes, os vizinhos começaram a ouvir os gritos vindos do alto da padaria. Quando alguns foram conferir o motivo da gritaria, viram o Silva preso na chaminé do estabelecimento pelo tórax. O ladrão gritou e pediu ajuda, segundo alguns moradores, depois de pelo menos uma hora tentando escapar sozinho da chaminé. "Ele só gritou quando viu que não ia conseguir, dizia que se a gente não o ajudasse, ele ia morrer, estava desesperado, suava e chorava", disse a moradora Cleide Bianchi, de 53 anos. Vizinha da padaria.Escoriações –Depois de ser retirado do local pelos bombeiros, Carlos foi levado ao pronto-socorro onde foi atendido e teve as escoriações tratadas. Na seqüência, Silva foi encaminhado ao 3º Distrito Policial. Em depoimento, o homem revelou que era freqüentador da padaria e decidiu furtá-la entrando pela chaminé. envergonhado, admitiu que calculou mal a relação do seu corpo com o diâmetro da construção. Assim que entrou, ficou preso e seus sapatos caíram dentro da padaria. A vizinhança acompanhou o trabalho dos bombeiros e, com bom humor, diziam que "o Papai Noel chegou mais cedo ao bairro". O delegado Marcelo Gimenes indiciou Carlos Henrique por tentativa de furto qualificado e ameaça contra a proprietária da padaria, que não teve seu nome divulgado pela polícia.
Publicado em: 28 novembro, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.