Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de Teoria de Ataque do Peixe Piranha

Teoria de Ataque do Peixe Piranha

Resumo do Artigo   por:WebCurioso    
ª
 
A piranha é um dos mais temidos peixes de água doce do mundo e isso se deve à violência de seu ataque, que pode ser realizado em grupo ou individualmente.
Os ataques são provocados principalmente por quedas de objetos na água ou movimentações incomuns, que são interpretadas como a presença de um animal ferido ou em dificuldade", afirma o zoólogo Ivan Sazima, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
Existem 36 diferentes espécies de piranha no planeta, todas encontradas só na América do Sul - no Brasil, já foram identificadas 24 espécies.
Mergulhe nessa Na livraria: Atlas de Animais Aquáticos Perigosos do Brasil - Vidal Haddad Jr., Editora Roca, 2002 Na internet: www.fishbase.org www.saudeanimal.com.br/piranha.htm Rio de sangue Elas devoram grandes animais, mas investidas contra humanos são raras NADANDO COM O INIMIGO A piranha-pintada ou pirambeba (Serrasalmus spilopleura) recorre a várias estratégias para capturar seu almoço.
Quando um peixe como um dourado se aproxima da catirina, ela avança de surpresa, dando mordidas nas nadadeiras e nas escamas da vítima ATAQUE LENDÁRIO São raros os ataques a banhistas.
Os únicos casos comprovados de humanos devorados por piranhas ocorreram com pessoas que já estavam mortas na água - afogadas, por exemplo BOA DE BOCA Apesar de ter boca pequena, a piranha possui dentes afiados como uma navalha.
Quando abocanha sua presa, ela arranca um naco de carne e deixa uma marca em formato de cratera BOI DE PIRANHA 1 No Pantanal, quando uma boiada precisa atravessar um rio infestado de piranhas, os peões costumam sacrificar um animal para proteger o resto do rebanho.
A piranha-caju ou queixuda (Pygocentrus nattereri) é a responsável pela maior parte desse tipo de ataque na região do Pantanal BOI DE PIRANHA 2 O ataque é feito em grupo, mas de maneira desordenada. Após dar uma mordida, a piranha se afasta, dando vez a outras companheiras. Esse movimento de morder vorazmente a vítima até desfigurá-la é conhecido como "frenesi alimentar"
Publicado em: 17 abril, 2012   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Etiquetas :
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.