Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de Construtivismo na Educação

Construtivismo na Educação

Resumo do Artigo   por:Megliorini     Autor : Megliorini
ª
 
Construtivismo na Educação Em suma, construtivismo abrange a idéia do “em processo”, ou seja, do estar se construindo, no campo educacional, é a idéia do conhecimento como algo não finito. O meio físico e social é uma questão que tem de ser levada em consideração. A interação do indivíduo com esse meio e suas ações vão contribuir para esse processo de conhecimento. Há uma crítica e um questionamento ao sistema educacional que insiste em transmitir conhecimento pronto (acervo cultural), o construtivismo acredita que o conhecimento e todo o processo educacional é construído a partir de realidades sociais tanto do aluno quanto do professor, onde se estabelece uma relação de complementariedade juntamente com a bagagem cultural. Uma visão não construtivista valoriza a transmissão, tendo a linguagem como seu maior elemento, na construtivista a ênfase se dá na tematização, o conhecimento só pode ser visto como um "tornar-se" e não como um "ser", tem-se a idéia de que a criança já sabe escrever desde o primeiro dia de aula, ainda que este seu saber conhecerá muitos aperfeiçoamentos tal que se torne mais legível e publicável para seu autor ou para um outro. Saber ouvir ou desencadear na criança só aquilo que ela possui como patrimônio de sua conduta, como teoria de sua ação, como esquema assimilativo. Assim acreditava Piaget. Na perspectiva dessa tendência um conhecimento sobre algo, seja num plano individual, ou coletivo, só é possível enquanto uma ação, ação que produz este conhecimento E nesta teoria interessam, sobretudo, os aspectos lógicos e matemáticos da ação. Lógicos porque se trata de um sujeito ou uma sociedade construírem ou reconstruírem os procedimentos necessários àquela produção. Sabemos que tanto em termos físicos quanto simbólicos algo só acontece se certos instrumentos ou meios forem coordenados no espaço e no tempo, tal que as relações entre seus elementos produzam resultado consistente com um objetivo. A lógica expressa este "fazer bem" da ação, isto é, estas regras de procedimento, esta sintaxe, sem a qual algo não se constitui como um "objeto" ou acontecimento.
O professor construtivista deve saber muito a matéria que ensina. Mas, por uma razão diferente, antes, tratava-se de saber bem para transmitir ou avaliar certo. Agora, trata-se de saber bem para discutir com a criança, para localizar na história da ciência o ponto correspondente ao seu pensamento, para fazer perguntas inteligentes, para formular hipóteses, para sistematizar, quando necessário. O conhecimento científico sobre determinado assunto será sempre referência principal. Mas, não se trata de saber para impor, submeter ou induzir uma resposta na criança. Em uma visão não construtivista a resposta ou mensagem do professor é o que interessa, já na visão construtivista, é a pergunta ou situação problema que ele desencadeia nas crianças. Uma aula não construtivista pede o silêncio e a contemplação do ouvinte, uma aula construtivista pede o ruído e a manipulação, nem sempre jeitosa, daqueles que, tendo ou aceitando uma pergunta, não estão satisfeitos com o nível de suas respostas. Concluindo, o construtivismo afirma que as pessoas constroem conhecimento interagindo de forma ativa com o meio ambiente. Não se é, nem pode ser um mero banco de memórias que absorve passivamente o que se vê, ouve, sente, toca ou lê, pois não é desta forma que se constrói conhecimento. Por outro lado, isso não significa que ao ler ou ver não se possa aprender nada, se pode sim, porém, não há na aquisição de conhecimento o diferencial que é a transferência de informação de cérebro pra outro.
Publicado em: 12 abril, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    para o construtivismo o que é classificação, seriação,imaginação,resolução de problemas? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    por que na visao construtivista o professor e considerado mediador da aprendizagem Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    essa propaganda não deixa lê o site. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é construtivismo? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Como avaliar o processo ensino aprendizagem numa visão construtivista? Dê um exemplo. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    O CONSTRUTIVISMO NÃO É UMA METODO DE ENSINO E SIM UMA TEORIA CRIADA POR PIAGET, GOSTARIA DE SABER SE ESTA TEORIA É COMPATIVEL AO ENSINO BRASILEIRO ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    relação professor e aluno construtivista? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    construtivismo quer dizer, que é aquela aula que faz com que o alunos participem ou conduzem? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    relação aluno professor Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como avaliamos experiencia escolar,ela esta muito proximo ou muito distante dos principios do construtivismo Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. virginia

    construtivismo

    gostei bastante do texto, com uma abordagem sobre construtivismo, o texto de facil assimilaçao, onde dar uma ampla visão ao leitor o que é construtivismo obrigada

    0 Classificação terça-feira, 13 de novembro de 2012
X

.