Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de Um caso de regressão à vidas passadas

Um caso de regressão à vidas passadas

Resumo do Livro   por:edeilson34     Autor : Edeilson
ª
 
Companheiros,
Envio o relato de uma pessoa que submeteu-se a tratamento de TVP ANÁLISE DE UM CASO DE REGRESSÃO
Sandra* uma talentosa advogada, tivera seu primeiro filho, uma linda menina. Era um sonho que a advogada acalentava havia muito tempo. Quando a criança nasceu, Paula tratou-a com especial esmero. Apesar de “marinheira de primeira viagem” cuidou da criança como se fora mãe experiente. A atenção amorosa da mãe, das tias e da avó constituia o ambiente ideal para que a criança crescesse feliz.
Passado um ano, Sandra começou a sentir sensações estranhas: ouvia vozes ordenando-lhe que matasse a filha. Em sonhos presenciava a criança morta. As vozes a perseguiam e deixavam Sandra em crescente estado de angústia. Preocupada com aquela situação, pois conscientemente não deseja nenhum mal para a filha amada, buscou ajuda de um psiquiatra. Foi diagnosticada depressão pós-parto tardia. O médico indicou-lhe psicoterapia, e receitou medicamentos para o controle da ansiedade e da depressão.
A terapia ajudou pouco. Os medicamentos alteravam a capacidade de concentração de Sandra e a deixavam intranqüila. Enquanto estava sob os efeitos dos remédios as vozes se calavam, depois retornavam vigorosas.
Desiludida por não sentir melhoras, Sandra procurou ajuda em outras fontes. Conheceu um médium que praticava a técnica intitulada apometria, que é definida como terapia espiritual. Várias curas foram comprovadas...utilizando-se a técnica de despolarização dos estímulos da memória, chamada ‘apometria’...(Terapia de Vidas Passadas – Célia Resende).
Dentro dessas denominações se enquadra uma gama vultosa de distúrbios espirituais e psíquicos de difícil diagnóstico e tratamento pelos métodos convencionais. A Apometria surge trazendo uma nova esperança de alívio e cura para essas desarmonias.
O médium que aplicava a apometria em Sandra afirmou que, em outra existência, a moça realizara um aborto. O espírito destinado ao corpo daquele que seria seu filho não ficou satisfeito por ter sido descartado. Jurou que se vingaria. Finalmente, a oportunidade que esperava surgiu: ele se desforrava obsediando Sandra, impondo-lhe pensamentos de morte contra a filha querida. A intenção dessa alma desassossegada era levar a criança a morte para que Sandra tornasse a engravidar, o que lhe permitira habitar o corpo do novo feto.
No entanto, o esclarecimento apresentado pelo médium apometra, não livrou Sandra das sensações incômodas que a possuíam. As vozes continuaram a persegui-la. Foi-lhe, então, sugerido que buscasse o apoio de um terapeuta regressionista.
O regressionismo terapêutico utiliza o método conhecido como TVP – Terapia de Vidas Passadas. O objetivo é levar o paciente a recordar traumas ocorridos em vidas pregressas, cujos efeitos se fazem presentes na atual existência. Dizendo de outra forma: experiências negativas acontecidas em outras encarnações podem afetar nossas vidas na atualidade. Assim postula a TVP.
Sandra foi submetida a algumas sessões de regressão. Em cada experiência lhe vinha à mente visões marcantes de situações que ela jamais experimentara nesta existência. Era como se apreciasse cenas de um filme sobre um personagem desconhecido e, aos poucos, fosse percebendo que o protagonista da história era ela...vivendo uma outra vida, numa outra época...
Numa das regressões,Sandra sentiu-se como se estivesse caindo ao solo. Sem entender de imediato o que sucedia, sentiu o baque do que parecia seu corpo contra o piso. Tratava-se de uma mulher muito bonita, e estava morta. De repente passou a contemplar o espírito abandonando do corpo. A imagem da alma que se desprendia a deixou assustada: um ser de feições horrendas, muito diferente da bela figura sem vida que presenciava caída.
Sandra não compreendia claramente o quadro que desenrolava à sua vista. O terapeuta orientou-lhe a voltar mais no passado, anos antes daquele momento.
Sandra, então, se viu na figura de uma sacerdotisa inca. Melhor dizendo: uma ajudante do sacerdote, que arrumava as crianças para os sacrifícios ao Deus-Sol...
Sua função era lavar os infantes e passar óleo sagrado em seus corpos. Ela não gostava daquele trabalho. O terapeuta indagou o motivo. Sandra explicou que a angústia das mães que entregavam seus filhos ao sacrifício a sensibilizava, todos os primogênitos de cada família deveriam ser mortos em honra ao Deus-Sol.
Novamente o terapeuta lhe disse que avançasse no tempo, pouco antes do momento de sua morte.
Agora sentia-se profundamente angustiada. Ainda era jovem e bonita. Desejava ter filhos, porém jamais entregaria um filho para o sacrifício. Considerava-se criminosa. No entanto, era obrigada a cumprir os preceitos da religião, caso recusasse, seria torturada e morta. Sem saber o que fazer, concluiu que só lhe restava uma saída: o suicídio.
Finda a sessão, o terapeuta esclarece a Sandra que a sensação de culpa que ela levou para o além, deixara marcas em sua alma, que refletiram na existência atual. Ela não conseguira se livrar do remorso. A alma de Sandra julgava não merecer um filho, já que tirara de outras mães o bem mais precioso que possuíam.
A descoberta de uma existência coalhada de erros, levou Sandra a entender o porquê de suas reações na atualidade. Ela compreendeu que os acontecimentos estavam no passado e lá deveriam permanecer. Cabia-lhe agora buscar meios de ajudar a quem pudesse, coisa que procurava realizar sempre que havia oportunidade. Trilhar os caminhos do bem era o meio de Sandra compensar a maldade praticada no passado.
Com a percepção dos fatos, Sandra se viu livre dos aborrecimentos que teimavam em acompanhá-la nesta vida. Afirmou que as vozes finalmente a deixaram sossegada.

por Edeilson
Publicado em: 22 março, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    seria possivel regressar a vidas passadas em sonhos? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    por acaso ou coincidencia o nme de quem venceu bonaparte em waterloo. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    tenho semelhança fisica com napoleão bonaparte e certa vez minha professora de psicilogia que fez astrologia disse que já fui poderoso e não soube usar meu poder e inteligencia, meu nome é wellington Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Um bipolar pode fazer uma regressao de vbidas passadas ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Quando a regressao a vidas passadas acontece de forma espontanea? Em momentos de grandes questionamentos e vem como reposta? E com alguns elementos... Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu nao sei porque nao asseito receber ordens de ninguem nem de namorodo ou marido ou patrao isso me atrapalha muito quero saber porque eu sou assim Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    porque tenho medo de perder as minhas filhas não sei se e perder a sensação que tenho ou se e medo que me as roubem ou algo do genero se elas se afastam por algum tempo logo que não saiba para aonde Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    ha dois anos k perdi uma filha partir ai nunca mais fui quem era ando quais senpre a churar Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    ao deitar a noite não consigo passar dois minutos na mesma posição, o coração acelera e tenho "MEDO" não sei do que. Entro em pãnico e não consigo relaxar e dormir. Me ajudem. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    sou uma pessoa muito confusa em todos sos sentidos principalemnte amoroso queria saber o que mi aflinge de tantas vidas Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.