Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de Martim Afonso de Sousa

Martim Afonso de Sousa

Resumo do Artigo   por:tupi     Autor : Marco Cruz
ª
 
MARTIM AFONSO DE SOUSA Enquanto Pedro Álvares Cabral aportava no Brasil em 1500, nascia em Portugal Martim Afonso de Sousa. Em 1530, sua fama de altivo e independente foi “coroada” de êxito ao ser elevado a “conselheiro da coroa”, recebendo do rei, D. João III, seu amigo de infância, o comando da primeira expedição colonizadora do Brasil. De fato, os tesouros fabulosos das Índias [pérolas, rubis, seda e especiarias], despertavam muito mais a cobiça dos navegadores-exploradores, do que nossas índias nuas e nosso pau-brasil. Mesmo assim, fazia-se necessário ocupar e colonizar o Brasil, sob risco de perdê-lo para os “corsários” franceses. A 3 de dezembro de 1530 partiam de Lisboa: a nau capitânia, com Martim Afonso e seu irmão Pero Lopes, um galeão e duas caravelas. Próximo da costa de Pernambuco eles dominam dois navios franceses abarrotados de pau-brasil. Martim Afonso encontra o fortim erguido por Cristovão Jacques, saqueado e destruído pelos franceses. Ele envia as duas caravelas em viagem de exploração rumo ao rio Maranhão, seguindo então, para o sul. Chegando ao Rio de Janeiro em 30 de abril de 1531, levantou uma paliçada, casa-forte, oficina de ferraria, estaleiro para reparo das naus e até fez construir dois bergantins. Florestan Fernandes, em seu clássico “A organização Social dos tupinambá”, na página 27, relata o auxílio que osafamados antropófagos, deram aos portugueses [...]estoque de alimentosnecessários à nutrição de 400 pessoas durante um ano]...].Quatro homens partem do Rio de Janeiro para o interior e um chefe índio vem ao encontro de Martim, trazendo amostras de cristais e anunciando muito ouro e prata na direção do rio Paraguay. A 1º de agosto, Martim partiu para Cananéia, de onde despachou uma expedição por terra de 80 homens em busca do ouro e da prata, enquanto ele seguia por mar rumo ao rio da Prata. Nesse trecho de sua jornada naufragou a nau capitânia. Martim Afonso saiu ileso, porém, morreram sete de seus companheiros. Na boca do riacho Chuí, Martim organiza uma pequena frota sob o comando de seu irmão, Pero Lopes de Sousa, para explorar o rio da Prata. Ali mesmo, seus cartógrafos confirmam que a região, segundo o “Tratado de Tordesilhas”, estava dentro de território espanhol.
Após essa decepção, segue-se outra com a volta de Pero Lopes , um mês depois, sem ter visto prata ou ouro algum.? A 1º de janeiro de 1532 partem de volta ao norte , chegando a 20 do mesmo mês no porto de São Vicente. Logo à chegada, constroem um fortim e, Martin Afonso, com ajuda de João Ramalho, português habitante do lugar e casado com Bartira, filha do cacique [tupiniquim],Tibiriçá, fixa no dia 22 a primeira povoaçãopermanente do Brasil. Martim Afonso nomeou capitães, oficiais de justiça, tabeliães e instalou locais para o ofício religioso. Ele também introduziu diversas sementes e plantou muitas mudas de árvores diversas. Frustrados os planos de ouro e prata só lhe restava o árduo caminho da agricultura. Martim Afonso então, doa sesmarias que obrigavam os beneficiários a cultivá-las dentro de um prazo de cinco anos, caso contrário às perderiam. Em 1532 , por carta, Dom João III, comunica a Martim Afonso o seu propósito de instituir as capitanias, anunciando que ele e o irmão seriam também agraciados com terras brasileiras. A distribuição foi feita entre os anos de 1533 e 1534, lembrando que em 1533 Martin Afonso já havia regressado a Lisboa. Como a cana-de-açúcar era um produto raro na época [era até vendido em farmácias], fornecido apenas pela Sicília, pelas ilhas do Atlântico e pelo Oriente, Martim Afonso instalou os primeiros engenhos em São Vicente. Bem, ele, em 1541, foi nomeado Governador das Índias. Foi para as índias enquanto sua esposa Ana Pimentel ficou administrando o Brasil de Portugal. Parece, era casado com a pátria e com as glórias e honras militares. Morreu no ano de 1564, sendo enterrado no Convento de São Francisco. Outro Francisco, o Xavier, tinha sido companheiro de Martin Afonso nas Índias. Tupi,
Publicado em: 20 março, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    muita coisa para escrever mas vou tentar; Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    oque martim afonso fes em Pernambuco Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    voce abomina a morte assim como abomina sua origem Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu quero saber o que Martim Afonso fez? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quero saber que foi o pais de martin afonso de sousa Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    om que martin afonso de souza introduziu acultura Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu so quero saber oque e que Martim Afonsa de Souza foi fazer em pernambuco Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Resume pra mim e me fala ta ok to precisando urgenti ! Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Ei eu quero o resumo nao intendeu ! Tenho 12 anos e é para a escola! Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quero um resumo enão a história inteira Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.