Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de Garra e Determinação!

Garra e Determinação!

Resumo do Livro   por:Gislaine     Autor : Gislaine Maltez Costa
ª
 
Garra e Determinação!!! Sempre nos deparamos com situações desagradáveis e ao longo da nossa caminhada percebemos de que o mundo muitas vezes é ingrato e queremos é claro mudar a trajetória e nem sempre é possível, porque adquirimos o perfil de caminhar em busca de objetivos e metas alcançáveis. Então sempre nos parece de que a garra e determinação vem ao nosso caminho. A diferença entre as pessoas comuns e as bem sucedidas é que as pessoas que têm sucesso não ficam perdendo tempo discutindo suas limitações. Elas as transcendem. Recebem sua cota justa de obstáculos e continuam em frente apesar disso. Às vezes ficam machucadas e até feridas emocionalmente, mas se levantam e recomeçam. O poder de realizar os próprios sonhos. A força de tornar real o objetivo. Algumas pessoas parecem ser predestinadas a marcar sua passagem por este planeta. Não pense que elas são beneficiadas pelo destino, ou escolhidas por uma "conspiração astral". Elas apenas ousam realizar. Você também pode ser assim. Quantos sonhos você deixou de realizar por não se sentir capaz? Como pode saber se é ou não capaz, se não tentar? Gente bem-sucedida não nasceu predestinada. Apenas ousou lutar por seus ideais. O caminho de quem tem sucesso não é ou não foi fácil. Por vezes, os obstáculos foram tantos que a vontade de desistir foi maior, vencendo muitos que almejavam destaque. Mas, para muitos, a realização foi plena e eles marcaram sua existência. Quando você achar que é difícil prosseguir, deve lembrar-se dessa história. Numa noite de outubro de 1968, um grupo de obstinados torcedores permaneceu no estádio Olímpico da Cidade do México para ver os últimos colocados da Maratona. Mais de uma hora antes, Mamo Wolde, da Etiópia, havia cruzado a linha de chegada debaixo de saudações exuberantes de todos os presentes.Mas, enquanto a multidão esperava pelos demais colocados, anoitecia e começava a esfriar. Parecia que os últimos corredores já haviam chegado ao estádio. Assim, os espectadores começaram a ir embora. Foi exatamente nesse momento que todos começaram a ouvir as sirenes dos carros que acompanhavam a prova e que chegavam aos portões do estádio naquele instante.Todos pararam para observar e viram o último corredor entrar no estádio e fazer a volta final, completando os mais de quarenta quilômetros da prova. O corredor era John Stephen Akhwari, da Tanzânia. Quando ele estava passando pela pista de atletismo, os espectadores puderam ver que sua perna estava enfaixada e sangrando. Ele havia caído e se machucado durante a prova, mas isso não o impediu de continuar. As pessoas no estádio se levantaram e o aplaudiram até ele cruzar a linha de chegada. O respeitado produtor de documentários, Bud Greenspan, observava à distância. Depois, intrigado, Bud chegou-se a Akhwari e perguntou por que ele tinha feito tamanho esforço para chegar ao final da corrida.
O jovem da Tanzânia respondeu em voz baixa: "meu país não me enviou a noventa mil milhas de distância para começar a corrida. Eles me enviaram para terminá-la". E quando escrevo sobre este assunto me vem sempre é a do Ayrton Senna. Nenhuma ligação é mais perfeita do que: “Busca versus encontro”. E quando a sua imagem vem à minha cabeça logo a vinculo como a de alguém obcecado pelo sucesso, e é interessante que a figura é sempre a dele. Até poderia ser de outra pessoa, como por exemplo, Dr.Antonio Ermírio de Morais! ou quem sabe, a do próprio Schumacher que não se cansou de quebrar recordes. Mas não, sempre é o Ayrton, chegando mais vivo do que nunca. “Vencer não é algo para ser às vezes, é algo para ser sempre. Você não vence de vez em quando, você não faz as coisas certas algumas vezes, você as faz certo todo tempo. Vencer é um hábito. Infelizmente, perder também é”. Essa frase de Vincent Lombardi, extraída de um desses livros de citações tem a cara do Ayrton, do Ayrton predestinado. Ele buscava a vitória todo tempo, ele trabalhava o resultado muito antes de sentar-se no carro, experimentando, insistindo, uma, duas, duzentas vezes. Enquanto outros pilotos cansados desistiam, ele continuava ali, obstinado, tentava todas alternativas de sucesso até não restar mais a possibilidade do risco. Quem de perto conviveu com ele sabia da sua satisfação em fazer o melhor e que só parava após conseguir o máximo do que podia extrair. Não conheço uma história sequer de grandes homens que não tenham seus caminhos percorridos pela obstinação em querer vencer, por mais talentosos que eles tenham sido. Aquele líder que quiser vencer com a sua equipe deve tornar fundamental quatro elementos considerados críticos, entenda-se crítico como instrumental na execução da estratégia para o resultado, e são: Conhecimento (domínio sobre os fatos); habilidade (facilidade adquirida por meio da prática, treinamento); talento (facilidade inata para execução da tarefa) e comportamento (atitude politicamente correta de agir, tanto no individual como no coletivo). Esses elementos representam ativos intangíveis que aportam ao trabalho para a recompensa do sucesso.
Publicado em: 17 janeiro, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    oi Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 3. Edmundo Moreira

    Mulher Moderna

    A dona Gislaine escreve bonito e, o seu texto é profundo. Mulher Moderna hoje em dia está em toda parte. Gostei muito do que li.

    1 Classificação quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008
  2. 2. Edmundo Moreira

    Mulher Moderna

    A dona Gislaine escreve bonito e, o seu texto é profundo. Mulher Moderna hoje em dia está em toda parte. Gostei muito do que li.

    1 Classificação quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008
  3. 1. Alexandra Sgarabotto

    Garra e Determinação

    Estou procurando ler seus resumos e vejo de fato que aprendo sempre.Pois quando alguém escreve e é possível entender tudo fica muito bom. Parabéns sempre pelos bons textos.

    1 Classificação quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008
X

.