Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Artes & Humanidades>Resumo de Cibercultura

Cibercultura

Resumo do Livro   por:lionessantos     Autor : Pierre Lèvy
ª
 
O livro Cibercultura é uma das principais obras do filósofo Pierre Lèvy. Foi publicado em 1987, e é fruto de um relatório encomendado pelo Conselho Europeu sobre Educação e Desenvolvimento . O livro tem como foco central as implicações culturais do desenvolvimento das tecnologias digitais de informação e comunicação. Na introdução do livro Pierre Lèvy adota a idéia de "dilúvio" concebida por Roy Ascot para exemplificar a situação que nos encontramos à deriva de um mar informacional. Diz Lèvy que não há fundo sólido nem ponto fixo nesse oceano de informações. O livro se divide em três partes: Definições, Proposições e Problemas. Na primeira parte Lèvy faz uma série de definições de conceitos básicos, ferramentas e funções da internet, como por exemplo: interatividade, ciberespaço, correio eletrônico, conferência eletrônica e transferência de arquivos. Na segunda parte ele aborda as novas formas artísticas da cibercultura, como por exemplo: a ciberante e a música techno, a nova relação com o saber, as mutações da economia, da educação, do saber e a formação de uma democracia eletrônica com o surgimento e desenvolvimento da internet. Nesta parte do livro Pierre Lèvy aponta para a nova relação com o saber onde muitas das competências profissionais se tornam obsoletas ao longo do tempo, visto que, novas verdades são descobertas e novas maneiras de trabalhar e de nos relacionarmos são adotadas.
O trabalho ganha uma nova natureza onde se valoriza a transação dos conhecimentos: aprender, produzir e distribuir. Surge novas formas de acesso à informação e novos estilos de raciocínio e modo de produzir conhecimento. Na terceira parte, Pierre Lèvy finaliza o livro discutindo os questionamentos e críticas que sua teoria poderia gerar, como por exemplo: a crítica da substituição que afirma que o virtual substituirá o real. Lèvy fala aínda sobre a manutenção da diversidade das línguas e das culturas e os problemas de exclusão e desigualdades sociais frentes às novas tecnologias. Conclui ele que, a exclusão pode existir, mas por motivo de acesso. Daí a importância de uma popularização da rede para a inclusão de todos aqueles que se encontram às margens da informação, do conhecimento e da cultura.
Publicado em: 30 maio, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    qual e a verdadeira intencao desse autor em relacao a tecnologia?e por que tantas criticas? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quem é levy Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quero resumo do capitulo 3 Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é ciberespaço Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.