Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Ciência>Engenharia>Resumo de Glúten - o que é isso?

Glúten - o que é isso?

Resumo do Artigo   por:pedrolino     Autor : Pedro Henrique Baptista de Oliveira
ª
 
Certamente em muitas ocasiões você pegou aquele pacote de biscoito, macarrão, chocolate ou macarrão e viu escrito em letras destacadas: “Contém glúten”. Será que isso mata? Não se assuste. O glúten é uma rede de proteínas ergástica e amorfa que se encontra na semente de muitos cereais, como no trigo, aveia, cevada, centeio, malte principalmente no trigo. Representa 80% das proteínas deste último cereal e é composto de duas proteínas principais: a gliadina e glutenina. É responsável pela elasticidade da massa da farinha, o que permite sua fermentação, assim como a consistência elástica esponjosa dos pães e bolos. Pode ser obtido lavando a farinha e retirando o amido (chamado também de fécula). Para isso se forma uma massa de farinha e água, que é lavada, até a água tornar-se limpa. Experimente em casa: pegue um pouco de farinha de trigo; molhe em água corrente até sair totalmente uma solução branca (amido), obtendo enfim uma substância elástica, com uma textura pegajosa e fibrosa, parecida com a do chiclete; o glúten. Em alimentos assados, por sua força e resistência conferidas à massa, o glúten é o responsável pela permanência dos gases da fermentação no interior da massa, fazendo com que ocorra um aumento no volume da massa. Depois do cozimento, a coagulação do glúten é responsável pelo não murchamento do bolo ou pão. Mas a pergunta vem de novo à mente: por que a necessidade de colocar nos rótulos de alimentos processados em evidência: “Contém glúten”. Isso é explicado por ser a forma de alertar as pessoas com a doença celíaca; as quais têm uma predisposição genética para a alergia ao glúten (principalmente à gliadina presente neste) e têm que fazer dietas livres de glúten; ou seja, não comer pão tradicionalmente feito com farinha de trigo. Nestas pessoas o glúten provoca danos na mucosa do intestino delgado, impedindo uma digestão normal. Após eliminar o glúten da dieta, o intestino volta a funcionar com normalidade. Normalmente, o nosso intestino é formado de microvilosidades que se assemelham a picos de montanhas, aumentando a área de absorção de nutrientes. Entretanto, em essas pessoas doentes, não ocorre o mesmo. Além disso, os autistas são, de modo geral, sensíveis, por ter um efeito opiáceo nestes indivíduos.
Outra enfermidade também associada à restrição é a dermatite herpetiforme. Por isso, segundo a resolução RDC Nº 40, de 2002: “(...) todos alimentos que contenham glúten, como trigo, aveia, cevada, malte e centeio e/ou seus derivados (...) e que sejam produzidos, comercializados e embalados na ausência do cliente e prontos para oferta ao consumidor, devem conter, no rótulo, obrigatoriamente, a advertência: "CONTÉM GLÚTEN". Além disso, segundo a mesma resolução: “(...) a advertência deve ser impressa nos rótulos dos alimentos e bebidas embalados em caracteres com destaque, nítidos e de fácil leitura.” Da mesma forma, como medida mais eficaz e preventiva do controle da doença celíaca, a lei no. 10.674, de 2003 vai além, estabelecendo que: “(...) todos os alimentos industrializados deverão conter em seu rótulo e bula, obrigatoriamente, as inscrições "contém Glúten" ou "não contém Glúten", conforme o caso. A retirada dos alimentos com glúten da dieta (macarrão, pães, biscoitos, bolos, pizza etc.) não causa nenhum prejuízo à saúde. Felizmente, os pacientes podem contar com muitas alternativas; já que muitos cereais não contêm o glúten, como arroz e milho; fontes excelentes de proteínas e fibras. Agora que você sabe o que é o glúten, ensine, mostre e alerte as pessoas que, de alguma forma possuem os sintomas da doença causados pela ingestão do glúten, tais como: anemia, irritabilidade, fadiga, baixo ganho de peso e estatura, constipação intestinal crônica, manchas e alteração do esmalte dental. Na dúvida, procure uma nutricionista para obter uma melhor informação e adequar um cardápio que para melhor satisfazê-lo. PEDRO HENRIQUE BAPTISTA DE OLIVEIRA Engenheiro de alimentos Pesquisador/Professor Instituto de Laticínios Cândido Tostes e-mail: ph2eal@yahoo.com.br
Publicado em: 19 novembro, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    sinto o estomago bem cheio como se estivesse comido bastante e demora fazer a digestão.Deve ser alguma coisa relacionado ao glutén? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    SIM terça-feira, 4 de fevereiro de 2014
  1. Responda   Pergunta  :    Diarreia cronica pode ser causada pela doenã ciliaca? \obrigada Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é glutén Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que ocorre com as pessoas que não podem comer alimentos com gluten Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    carne vermelha contem gluten? qual bebida alcoolica que posso ingerir sem gluten? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    tem algum remedio que cure essa doença chamada ,,,CELIACA???? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qUAIS OS GRÃOS QUE NÃO POSSUEM GLUTÉM? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como perder so barriga Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    tem algum efeito colateral em babas? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Quais são as percentagens de gluten nos diferentes cereais? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 3. rosenir ramos

    gluten

    fiquei muito swatisfeita com a resposta do gluten,pos sinto fadiga e minha filha tem falta de calcio nos dentes

    1 Classificação quarta-feira, 14 de novembro de 2012
  2. 2.

    ´ MATÉRIA ÓTIMA

    GOSTEI MUITO , TD FOI MUITO BEM ESCLARECIDO...

    1 Classificação sexta-feira, 13 de janeiro de 2012
  3. 1. josiane maria

    gruten

    sim eu gostei muito da informação foi para mim aproveitante 46

    1 Classificação sexta-feira, 8 de julho de 2011
X

.