Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Entretenimento>Resumo de Tess of the D’Urbervilles

Tess of the D’Urbervilles

Resumo do Livro   por:MarydeMattos     Autor : Thomas Hardy
ª
 
O livro conta a história de uma moça chamada Tess, da qual o pai descobre descender de uma antiga família da cavalaria Inglesa, os D’Urberville, estando seus ascendentes todos mortos. É descoberto um suposto parente, da linhagem D’Urberville, e devido às condições financeiras precárias da família de Tess, seus pais mandam-na para o condado onde esse suposto primo mora, com intenções de reclamar parentesco e arranjar-lhe um bom casamento. Esse suposto primo, Alec Stoke-D’Urberville tenta seduzi-la e falhando nisso, resolve de todo modo aproveitar-se da mesma.Tess volta para casa dos pais, dá a luz a uma criança que morre, conhece mais tarde Angel Clare por quem se apaixona e mesmo relutante se casa. Angel ao saber do seu “pecado” passado a abandona e Tess desiludida acaba indo morar com Alec, com a promessa de segurança para sua família. Angel acaba retornando e decepcionado por ter pedido Tess resolve partir novamente, Alec ri da desgraça da jovem e ela acaba matando-o, e vivendo o resto de seus dias com Angel, até que é feita sua execução.

Tess: é a filha mais velha de John, e protagonista da história.É descrita inicialmente como bonita, delicada e pueril. Representa em sua família uma espécie de pilar, sendo a única entre todas a ter algum senso se responsabilidade. Tess é uma personagem redonda, de fim inesperado e alto grau de densidade psicológica, uma heroína, considerando que ela move toda a ação da história, mas também anti - heroína, tendo um final fracassado.
Alec: Filho de um mero mercador que adotou esse sobrenome e passou a ostentá-lo com orgulho, Alec é na realidade um mulherengo que acaba se aproveitando da inocência de Tess. Imoral, manipulador e sedutor, Alec é quem dá início e faz fluir a torrente de coisas ruins pelas quais Tess passa durante sua vida. Trata-se de uma personagem plana, pois apresenta uma linearidade de caráter. Alec mostra-se mau, e nós como leitores, não esperamos vê-lo com outros trejeitos, não tendo assim densidade psicológica.

Angel Clare:
É filho de um reverendo cuja prole toda estudou para um futuro clerical, mas Angel fugiu dessa regra e devido a seus ideais filosóficos e sua dificuldade em aceitar alguns preceitos religiosos, decidiu se tornar um fazendeiro. Angel acaba encantando-se por Tess quando ela vai trabalhar como ordenhadeira numa fazenda em que ele está passando um tempo como aprendiz.

Tempo: O tempo do romance é objetivo, cronológico, ou seja, pode ser medido pela passagem de dias, meses, estações.

 Espaço: Blackmore, Marlott, Taverna de Rolliver, Tantridge, diversos campos e condados ingleses. O espaço na obra Tess, é aberto, amplo e deliberadamente agricultural. Poucos são os momentos em que o espaço de fecha, como nas cenas que ocorrem na Taverna de Rolliver e na casa de Tess.

Narrador: A obra apresenta narrador heterodiegético, não participando o mesmo da história narrada, e também pode ser classificado como onisciente intruso, já que a narração se dá em terceira pessoa, mas o narrador tem controle e conhecimento total dos personagens, suas emoções e do desdobramento da história.

Tema:Os temas do romance são a corrupção da inocência e o estigma de pecado que a vitima da mesma leva e a mudança das classes sociais da sociedade inglesa Vitoriana.

Motivo: Sedução, Ingenuidade, Religiosidade, Pecado, dominação dos homens sobre as mulheres decorrente do patriarcalismo.

Nó, conflito dramático, clímax e desfecho
: O nó da narrativa, o fator que cria todo o problema e dá origem ao conflito dramático é a morte do cavalo Príncipe, que trás a culpa para os ombros de Tess, motivo de ela ter aceito ir as propriedades de Alec D’Urberville reclamar parentesco.O conflito dramático instalado na obra é o fato da perda da pureza de Tess, dá origem a todo seu sofrimento e saga de desventuras.O clímax se dá no momento em que Tess conta a Angel Clare sobre seus “pecados” do passado e o mesmo decide abandoná-la.E o desfecho, a resolução final do conflito dramático é a morte de Alec D’Urberville e de Tess e em seguida, de Tess que é executada.

Publicado em: 06 fevereiro, 2011   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    Gostei do resumo, ficou muito bom, parabéns e obrigada.. Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.