Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Negócios E Finanças>Gerenciamento & Liderança>Crítica de Meios de Transporte e suas características de desempenho

Meios de Transporte e suas características de desempenho

Crítica do Livro   por:JRNICOLETTI     Autores: CHOPRA; S. ; MEINDL; P.
ª
 

1. Transporte Aéreo
Objetiva maximizar tempo de vôo e receita por viagem. Altos custos fixos e baixos custos variáveis. Mão-de-obra e combustível não dependem do número de passageiros ou da carga.
É veloz e consideravelmente caro. Itens pequenos de valor alto ou remessas emergenciais a longas distâncias são indicados.
Importante: local e número de centros de distribuição, rotas, cronogramas de manutenção, agendamento tripulações, gerenciamento preços.

2. Empresas de entrega expressa
Utilizadas para cargas pequenas e urgentes. Contratam transporte de terceiros. Ex: FedEx, UPS, Correio. Não são competitivas com empresas LTL (less than a truckload). Podem agregar ao cliente: rastreabilidade do pedido, coleta, e-business.
Como os pacotes são pequenos e existem diversos pontos de entrega, a consolidação das cargas e a programação são importantes.

3. Transporte rodoviário
Vantagem do envio porta a porta, não exige transferências entre retirada e entrega e é formada por dois segmentos principais:
Carga cheia (TL-Truckload): cobrança por viagem, lotação, varia com a distância e com o tamanho do caminhão. É adequado entre fábricas e depósitos ou entre fornecedores e fabricantes.
Carga não cheia (LTL-less than a truckload): cobrança na carga carregada e na distância percorrida. Inentivam cargas menores, porém entrega é mais demorada. LTL são mais adequadas quando as cargas são grandes demais para enviar pelo correio e representam menos da metade do caminhão.

4. Transporte Ferroviário
Altos custos fixos: estradas de ferro, locomotivas, mão-de-obra, vagões e pátios de manobras. Qualquer tempo ocioso é mito oneroso. Devido ao alto custo fixo e baixo custo variável, cobram-se preços que incentivam grandes cargas (pesadas ou de alta densidade, de valor baixo e que não requerem urgência) por longas distâncias.
O tempo de viagem representa uma pequena parte do tempo total de entrega. Os atrasos são exagerados, pois não há agendamento e o trem parte quando há vagões suficientes para compor todo o trem.

5. Transporte Hidroviário
Indicado para cargas muito grandes a um baixo custo. É oais lento de todos os meios de transporte. Existem atrasos significativos nos portos e terminais. Difícil operação para embarques a curtas distâncias. No comércio internacional é o meio mais barato e de maior volume. Atrasos nos portos, alfândegas e o gerenciamento dos contêineres são as principais preocupações nos embarques internacionais.

6. Transporte Intermodal
É o uso de mais de um meio de transporte, com várias combinações possíveis. A mais utilizada é a rodo-hidro-ferroviária. O tráfego intermodal cresceu consideravelmente com o aumento do uso dos contêineres advinda da expansão do comércio exterior.
O transporte intermodal combina meios de transportes diferentes para criar uma relação preço / serviço que não pode ser oferecida por um único meio de transporte isolado.

1. Transporte Aéreo
Objetiva maximizar tempo de vôo e receita por viagem. Altos custos fixos e baixos custos variáveis. Mão-de-obra e combustível não dependem do número de passageiros ou da carga.
É veloz e consideravelmente caro. Itens pequenos de valor alto ou remessas emergenciais a longas distâncias são indicados.
Importante: local e número de centros de distribuição, rotas, cronogramas de manutenção, agendamento tripulações,  gerenciamento preços.
 
2. Empresas de entrega expressa
Utilizadas para cargas pequenas e urgentes. Contratam transporte de terceiros. Ex: FedEx, UPS, Correio. Não são competitivas com empresas LTL (less than a truckload). Podem agregar ao cliente: rastreabilidade do pedido, coleta, e-business.
Como os pacotes são pequenos e existem diversos pontos de entrega, a consolidação das cargas e a programação são importantes.
 
3. Transporte rodoviário
Vantagem do envio porta a porta, não exige transferências entre retirada e entrega e é formada por dois segmentos principais:
Carga cheia (TL-Truckload): cobrança por viagem, lotação, varia com a distância e com o tamanho do caminhão. É adequado entre fábricas e depósitos ou entre fornecedores e fabricantes.
Carga não cheia (LTL-less than a truckload): cobrança na carga carregada e na distância percorrida. Inentivam cargas menores, porém entrega é mais demorada. LTL são mais adequadas quando as cargas são grandes demais para enviar pelo correio e representam menos da metade do caminhão.
 
4. Transporte Ferroviário
Altos custos fixos: estradas de ferro, locomotivas, mão-de-obra, vagões e pátios de manobras. Qualquer tempo ocioso é mito oneroso.  Devido ao alto custo fixo e baixo custo variável, cobram-se preços que incentivam grandes cargas (pesadas ou de alta densidade, de valor baixo e que não requerem urgência) por longas distâncias.
O tempo de viagem representa uma pequena parte do tempo total de entrega. Os atrasos são exagerados, pois não há agendamento e o trem parte quando há vagões suficientes para compor todo o trem.
 
5. Transporte Hidroviário
Indicado para cargas muito grandes a um baixo custo. É oais lento de todos os meios de transporte. Existem atrasos significativos nos portos e terminais. Difícil operação para embarques a curtas distâncias. No comércio internacional é o meio mais barato e de maior volume. Atrasos nos portos, alfândegas e o gerenciamento dos contêineres são as  principais preocupações nos embarques internacionais.
 
6. Transporte Intermodal
É o uso de mais de um meio de transporte, com várias combinações possíveis. A mais utilizada é a rodo-hidro-ferroviária. O tráfego intermodal cresceu consideravelmente com o aumento do uso dos contêineres advinda da expansão do comércio exterior.
O transporte intermodal combina meios de transportes diferentes para criar uma relação preço / serviço que não pode ser oferecida por um único meio de transporte isolado.
Publicado em: 10 setembro, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    quais sao as caracteristicas Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    cite três características gerais do transporte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu ganhei um carrrooo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    e o combustivo é quanto para esse transporte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    fale do abastecimento intermodal como fator de competitividade do no contexto atual Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    É verdade que vcs n açeitam perguntas criticando? pq se for eu não concor com isso vcs teque asseitar sim. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual e a relacao dos transportes com o estado? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual é o seu nome ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    meu nome é Gabrielly POrque? segunda-feira, 8 de agosto de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    como funciona esse tranporte Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    QUAIS SAO AS CARACTERISTICAS DE TRANSPORTE INTERNACIONAL? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    todas quinta-feira, 4 de agosto de 2011
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.