Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Mitologia E Literatura Antiga>Resumo de Fábulas - AS RÃS E O CASAMENTO DO SOL

Fábulas - AS RÃS E O CASAMENTO DO SOL

Resumo do Livro   por:Ramacheng     Autor : ESOPO
ª
 

Deixei esta fábula por muito tempo sem querer comentar. "Era um dia de calor... Grande era a alegria entre os seres da terra e também entre as rãs, a respeito das bodas do Sol. Então uma delas disse: Ó tolas! Por que exibis tanta alegria? Se um Sol sozinho já torra e seca o lodo de nossa lagoa, imaginem como será se ele vier a gerar uma criança igual a ele, por quais dificuldades vamos passar?"De onde teria vindo uma fábula dessas? Entendendo no contexto da vida de Esopo que este traduzia ensinamentos sumérios para fazer lições dos problemas que aconteciam na vida de seu amo, é evidente que a lição aqui contida extrapolou de todas as outras. Se era uma piada que ele queria contar para que pensassem depois, inteligente como ele era, algo já havia pensado e nesse pensamento haveria um significado para SOL e outro para a "criança" filho desse sol...e para as rãs. Ou aqui ocorreu um cochilo do fabulista trazendo a pergunta do mundo das trevas antecipando a chegada do "Filho do Homem" no futuro? Ou teria havido uma interpolação posterior e Esopo nunca contou essa fábula? Os tradutores contam isso mesmo, como fazendo parte do texto grego mais difundido. E concluem mais ou menos assim - "muitos, sem refletir, se alegram com fatos que não trazem alegria nenhuma, se pensarmos bem". Talvez seja mesmo uma simples coincidência que as fábulas dão margem a muitos tipos de lições... Mas aqui temos bastante clareza - Sol demais só pode fazer mal a quem gosta da escuridão. Penso mesmo que se trata da velha frase popular - "deixa estar, ó jacaré, que um dia a lagoa há de secar". Jacaré? crocodilo? seres das trevas?

Publicado em: 24 fevereiro, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.