Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Como Fazer E Auto-Ajuda>Resumo de Medo compreender e aceitar as inseguranças da vida

Medo compreender e aceitar as inseguranças da vida

Resumo do Livro   por:centauro1     Autor : OSHO
ª
 
No nosso dia a dia, sentimos que estamos ansiosos, ou nervosos, ou inquietos. Por detrás destas emoções está o medo (exemplos; medo de um ataque terrorista; medo de não conseguir emprego; medo de não conseguir entrar para a universidade). Cada vez que formulamos um desejo, iremos sentir medo.

O que é o medo? O medo é uma reação fisiológica natural provocada por forças inconscientes. Portanto, quanto mais compreendermos as forças inconscientes, menos seremos vítimas dele e dos seus impulsos. O medo não precisa de ser evitado, ou ultrapassado, ou conquistado, apenas precisa de ser compreendido. O medo é apenas uma energia, em si mesma, não é boa nem má, tudo depende do uso que lhe dermos. Tal como a bomba atómica é uma energia potente, em si mesma não é boa nem má, tudo depende do uso que se lhe dá, se for compreendida como uma fonte geradora de eletricidade ela é boa, se for compreendida como uma arma ela é má, só destroi. Então, em relação ao medo, é preciso comprender esta energia que se desenvolve nas forças inconscientes. Não é algo que possamos evitar ou reprimir, apenas compreender para o podermos transformar em sentimentos de calma , harmonia e serenidade,

O primeiro ponto de partida é compreender e aceitar as inseguranças da vida, não adianta fingir que está tudo bem, ao fingir estamos a transformar essa energia numa bomba !
O segundo ponto de partida é: observar o medo! Ao observar o medo toma consciencia dele. Por isso é muito importante que esteja sempre a observar o que faz, o que está a pensar, o que está a sentir. Claro, nem sempre conseguimos, mas não importa, logo que nos lembremos, voltamos a observar o que fazemos e o que vai no nosso interior (a energia que gera o medo). Aí, por exemplo, podes usar a energia do medo para fugires de uma cascavel, o corpo fica tenso ao ponto de conseguires imprimir mais velocidade. Se não observas essa energia, não ficas consciente dela e, por exemplo, em vez de fugires da cascavel ficas aterrorizado, parado, sem saberes o que fazer.

O livro "medo" é fruto das palestras que Osho fez pelo mundo fora. Pode saber mais acerca dele, ou do livro, pelo site: www.osho.com
Publicado em: 11 setembro, 2011   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.