Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Infância E Juventude>Resumo de Quando eu voltar a ser criança

Quando eu voltar a ser criança

Resumo do Livro   por:Existencialista     Autor : Janusz Korczak
ª
 

Nome: Emerson Ferreira dos Santos

Resumo do livro:

“Quando eu voltar a ser criança”.

 O autor viveu no gueto de Varsóvia, onde foi confinado com centenas de crianças do seu orfanato, por ser judeu, recusou a salvação e preferiu ser arrastado a um dos piores campos de concentração, o de Treblinka, para morrer assassinado pelos nazistas, junto com as crianças que não quis abandonar.

A obra de Janus nos leva a refletir sobre nossas ações diante das crianças, formas de agir que em muitos momentos são grosseiras, insensíveis e unilaterais. O que fica mais marcante nessa obra é a possibilidade de nos “vermos” como crianças, “encarnarmos” por um momento o universo dos pequeninos e sentirmos um pouco do que eles passam. O personagem principal da obra é um adulto que em determinado momento volta a ser criança e daí em diante passa a vivenciar vários momentos que uma criança enfrenta ao longo de toda sua infância, momentos que ele compartilha com seus coleguinhas de colégio, sua família e amigos.

 O autor nos mostra que nossas ações afetam sim as crianças e de uma forma muito significativa, às vezes tratamos nossos pequeninos companheiros como se não tivessem idéias ou o que falam não tem sentido, quando na verdade não é assim, as crianças possuem um universo rico de significados e uma complexidade que muitos adultos ficariam de boca aberta se conseguissem perceber. É justamente nesse ponto que o autor mostrar seu personagem de volta a infância como um momento de reflexão, só quando formos capazes de nos colocar no lugar de uma criança para ter a dimensão do que elas vivenciam em seu dia a dia. Em vários momentos simplesmente ignoramos as crianças, não damos atenção a suas dúvidas e a maior parte do tempo estamos cobrando algo delas, não paramos para refletir que elas também tem desejos, vontades e sonhos. Apenas enxergamos nossos pequenos quando achamos que nos deu algum prejuízo, quando fizeram alguma “traquinagem”, ou seja, a maior parte do tempo é como se eles fossem um “peso”, algo a lastimar.

  Em fim, o autor busca uma reflexão sobre respeito, justiça, e compreensão do que significa educar, amar e zelar pelas nossas crianças. O que importa no final não é se o aluno (a) se apropriou tão bem quanto esperávamos da gramática ou da aritmética, mas , o quanto fomos capazes de ouvir, respeitar, reconhecer e compreender o valor e a riqueza de sentido que eles (as) carregam dentro de si.

Publicado em: 12 maio, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    como lê dar com esse fenômeno intelectual do autor, sera que é só incorporando nas lembranças quando criança ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais foram os apelos sociais do livro? quais são os desafios do livro? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.