Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Biografias>Resumo de Pequisa na Escola: o que é, como se faz

Pequisa na Escola: o que é, como se faz

Resumo do Livro   por:LocalHero     Autores: BAGNO; Marcos
ª
 
Mito-linguagem Marcos Bagno escreve um livro estimulado pela sua indignação perante o processo de “pesquisa na escola”. Mostra os erros cometidos pelos professores ao lidarem com esse tipo de trabalho escolar e aponta novos caminhos a serem seguidos, os quais levarão, segundo Bagno, ao melhor proveito dessa questão. Indignação e não podia ser diferente, a maioria dos trabalhos de Bagno são permeados por uma raiva espontânea. São assim, por exemplo, seus tratados contra os mitos em torno da língua portuguesa e contra os gramáticos famosos que aparecem na TV. Um “livrinho”, como o próprio autor fala, bem pessoal. Tão pessoal que não carece de elogios à própria filha e à esposa, essas que servem de modelo de bom comportamento para todos os brasileiros. Ora essa, a filha de Bagno, sozinha, fez acontecer um jornal para a sua classe quando estava apenas na 2ª série! O “livrinho” dividido em duas partes explicita em sua primeira a pesquisa em si, ressalta que a pesquisa na escola deve ser mais do que simplesmente o professor dar o tema, marcar a dia de entrega para então avaliar e dizer a nota pelo trabalho feito. As coisas devem ser mais profundas a esse respeito e muito do que nos rodeia pode ser aproveitado, até mesmo o ídolo pop do momento, por exemplo. Bagno dá um caminho para o que é e como deve ser feito um projeto de pesquisa e chega até mesmo elaborar subdivisões dentro do projeto a fim de melhor orientar a vida do jovem aluno pesquisador. Sim, somente ao jovem, pois Quod in iuventute non discitur, in matura aetate nescitur (aquilo que não se aprende na juventude na idade madura se ignora) já dizia o sábio latino Cassiodoro, no século V. Das discussões às fontes, tudo é bem mostrado e relatado como uma grande cartilha que ensina a fazer projetos de pesquisa aos admiráveis alunos novos. Bagno afirma que o trabalho do professor é ensinar a aprender e, ao tratar de pesquisa escolar, todos que são desse universo devem se aproximar.
Escola e comunidade devem diminuir as distâncias que as separam, alunos e escola mantendo uma relação vívida. Bagno aqui apenas esquece que já que quer uma escola onde há uma preparação para a vida em geral, as pessoas deveriam se sentir mais independentes e tranqüilas ao a adentrarem e não precisariam sempre alcançar os domínios escolares através dos alunos, desses tão prósperos jovens alunos. Todos os meios da mídia são aproveitáveis à escola, segundo Bagno, e devemos nos tornar cada vez mais cientes disso sem preconceito e sem espírito de Procusto. Em sua segunda parte, Bagno introduz argumentos para uma pesquisa na disciplina de língua portuguesa. E o faz usando de seus gostos pessoais também, dá aos alunos sugestões de pesquisa que desafiam às regras do que ele chama ou do que todos chamam “gramática tradicional”, ou seja, dessa gramática que afirma que aquilo é erro e que aquele outro aquilo é correto. Tentativa explícita de moldar todos os leitores de seu livrinho a adentrarem no conchavo das suas teorias varicionistas. Um manual, apenas outro que, nesse assunto, seria mais legal se Humberto Eco já não tivesse mormente escrito. Um auto estudo de caso, em que o autor, ao contrário do que diz, não tem Ariadne em sua família, não é Teseu e nem matou o Minotauro. Ele é próprio Procusto, ou melhor, o mito de Procusto. Ah! Tem, ainda, em anexo, algumas folhas a respeito de Monteiro Lobato, a parte boa.
Publicado em: 12 maio, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    QUAL É O RITMO DO JAZZ Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    que perguntas posso fazer para uma avalição institucional escolar Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    resenha critica sobre o livro pesquisa na escola Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual a importancia do produto final Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    importancia da pesquisa . comente ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    descreva as etapas do do projetos sábado, 23 de outubro de 2010
  1. Responda   Pergunta  :    o que e pesquisa ? livro marcos bgno Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que e pesquisa ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    estou recomecando pos em psicopedagogia ai meu Deus como se faz uma pesquisa bj ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    ok domingo, 3 de outubro de 2010
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.