Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Biografias>Resumo de Elias, o maior profeta de Israel

Elias, o maior profeta de Israel

Resumo do Artigo   por:cappelettinews     Autor : biblia sagrada
ª
 
ELIAS,Significado: "O Senhor é meu Deus".
O maior dos profetas de Israel (1 Reis 17:1-24, 18:40, 19:1-21, 21:1-29, 22:1-40, 2 Reis 1:1-2:8 ). Ele viveu na primeira metade do século IX, sob o reinado de Acabe.
Elias alcançou maior fama em Israel de que outros profetas.
Apelidado de "Tesbita", acredita-se que ele nasceu em Tisbe, nas montanhas de Gileade, identificado com um local perto do rio Jaboque, hoje chamado Zerka.
Seu ministério profético é contado em 1 Reis 17:19, 21; e 2R. 1 e 2.
A sua atividade inicia-se quando confrontado com Acabe, rei de Israel, por profetizar três anos de seca no país. Por direção divina, ele teve que se esconder junto ao ribeiro, junto à Jordânia, em seguida, na casa de uma viúva de Sarepta em terras fenício. Nos dois lugares foi milagrosamente alimentado por corvos ( no deserto) e por uma fonte milagrosa de farinha e óleo ( na casa da viúva).
Deus o usou para ressuscitar o filho da viúva (1 Reis 17:2-24).

Em seu segundo encontro com Acabe, Elias sugeriu uma concentração no monte Carmelo com 450 profetas dos falsos deuses Baal e Asherah , para demonstrar na frente de todas as pessoas quem é o verdadeiro Deus. Os falsos profetas falharam, mas Deus honrou o seu profeta, e respondeu a sua oração enviando fogo do céu que consumiu o holocausto do altar do Senhor, que Elias tinha reconstruído.
Jeová é saudado e Elias abate os 450 profetas de Baal, junto ao ribeiro Quisom (1 Reis 18:1-40).
Elias prevê que a chuva virá e o fim da seca. (1 Reis 18:41-46).

No entanto, nem o povo nem os líderes se arrependem. Jezebel tramando a morte do profeta, que foge para o deserto, onde, desanimado, quer morrer. Por um anjo é alimentado, o profeta é reforçado para andar quarenta dias, até Horeb, a montanha de Deus.
Ele recebe uma ordem divina tripla: a unção de Hazael como rei da Síria e de Jeú como rei Israel, e de seu sucessor Eliseu (1 Reis 19:1-17).

Eliseu, o sucessor de Elias, não se desviará dele. À luz de cinqüenta dos filhos dos profetas, Elias dividiu as águas do Jordão com o seu manto, e ambos atravessam o rio. Eliseu pediu a dupla porção do seu espírito. Enquanto falavam, uma carruagem de fogo, leva Elias ao céu em um redemoinho, e sua capa é coletada por Eliseu (2 Reis 2:1-12).

Elias é mencionado uma vez no reinado de Jorão de Judá (2 Crônicas 21:12-15), quando após a morte dele foi encontrada uma carta em que ele profetizou a morte do monarca.

Os judeus esperam o retorno de Elias, como predito por Malaquias (Malaquias 4:4-6). Também no Novo Testamento, o tema é repetido (Mateus 11:14, 16:13, 17:10-13, Lc. 1:17, Jo. 1:21-25; Mr. 6:15). Essa visão de Malaquias diz que Elias, é enviado para vir antes do "Dia do Senhor" terá a tarefa de preparar as pessoas para a última vinda de Deus. Junto com Moisés e Elias, as duas testemunhas profetizarão nos dias da Grande Tribulação (Ap 11:3-13). Estas profecias são parcialmente cumpridas, em parte, nos dias de João Batista e de Jesus Cristo.

Juntamente com Moisés, o legislador de Israel, Elias apareceu ao lado de Cristo na Transfiguração (Lc 9:30-33); nesse momento "a Lei e os Profetas" se reúnem para mostrar ao povo que as profecias são cumpridas em Cristo e que Ele é a plenitude da lei.

Algumas testemunhas da crucificação pensam que o Senhor estava chamando Elias da cruz (Mt 27:47-49). Paulo lembra a cena do Monte Carmelo, em Ro. 11:2-4, e Tiago (5:17, 18) destaca o profeta como um exemplo de oração, porque apesar de ser "sujeito a paixões como nós somos" Deus ouviu as suas orações.

Elias está presente em quase todos os livros da Bíblia. Se Moisés foi o instrumento escolhido por Deus para libertar o seu povo e proporcionar legislação resultante da aliança com ele, Elias é o restaurador da aliança no tempo em que as pessoas queriam fugir desobediente ao amor de Deus e rejeitando suas promessas.

Nome de Elias também é aplicado a outros personagens do Antigo Testamento:

a) Um descendente do patriarca Benjamin (1Cron. 8:27). Ele era chefe de uma família que morava em Jerusalém e era o quinto filho de Jeroão.

b) Um outro personagem com esse nome é um dos israelitas que voltaram do cativeiro, nos dias de Esdras e que se divorciou de sua esposa por ser estrangeiro (Esdras 10:21).
Publicado em: 25 novembro, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    Muito boa a sinopse, no meu entender, contudo o fato mais importante no ministério de Elias, a "Escola dos Profetas" devia fazer parte deste ótimo resumo. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Que é o pai de Elias Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a vinda de elias profetizada em malaquias justifique a doutrina da reencarnação ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    De forma nenhuma, e pelo contrário pode ser vista como a ressurreição e o julgamento final. quarta-feira, 20 de agosto de 2014
  1. Responda  :    Não justifica a doutrina da reencarnçao e uma colocasao adjetiva sexta-feira, 18 de abril de 2014
  1. Responda   Pergunta  :    hebreus 9.27 contradiz 2reis2.11 por que Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual era situação economica de elias Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    em que cidade acabe foi morto Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    segundo jesus,porque deus enviou elias a sidom para ser sustentado por uma viuva Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    qual era a capital do reino em que elias atuou Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    na regencia de que rei a nação de israel se dividiu Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a seca em israel durou quantos anos Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.