Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Biografias>Resumo de João da Cruz e Souza - Vida e Obra

João da Cruz e Souza - Vida e Obra

Resumo do Livro   por:Alexandre Meirelles     Autor : Unknown
ª
 
João da Cruz e Souza, poeta, jornalista, professor, nasceu na cidade de Desterro (atual Florianópolis),
Santa Catarina em 24 de novembro de 1861. Filho de escravos alforriados, teve educação cuidada pelos antigos senhores de seus pais. Em 1882 e 1883, viajou pelo Norte do país, como secretário e ponto de uma companhia teatral. De novo em Desterro, integrou-se ao movimento abolicionista, atuando na imprensa. Indicado para uma promotoria pública em Laguna, no interior de Santa Catarina, teve a nomeação barrada devido ao racismo. Em 1885, funda o jornal O Moleque, título que deu lugar à exploração mordaz por parte dos adversários. Em 1890, já no Rio de Janeiro, ingressa no funcionalismo público, como amanuense da Estrada de Ferro Central do Brasil, cargo humilde e pouco rendoso, que não lhe permitia sair da vida de privações. Influenciado pelo movimento decadentista francês, lançou, no jornal Folha Popular, em 1891, com B. Lopes, Oscar Rosas e Emiliano Perneta, o manifesto que viria dar corpo ao movimento simbolista, iniciado com a publicação dos livros Missal e Broquéis. Ao lado das dificuldades financeiras, passou por muitos dissabores na vida intelectual, jamais logrando bom acolhimento nas redações dos jornais e nas rodas literárias. Seu sofrimento, acentuado pela morte do pai e pelo enlouquecimento da esposa, Gavita Rosa Gonçalves, conduziu-o a uma crise, que o levou a adquirir tuberculose, do que viria a morrer.

"Poeta Negro", "Dante Negro", "Cisne Negro"... não são poucos os epítetos colocados nesse poeta que, tendo morrido em 1898, já foi comparado a Mallarmé, Baudelaire, Stefan George e Lautréamont, entre outros escritores de grande importância internacional. Num momento em que o Naturalismo e o Parnasianismo determinavam o cânone literário do país, o aparecimento de ‘Broquéis’ inaugura o Movimento Simbolista no Brasil, adquirindo com Cruz e Sousa (um filho de escravos libertados que, apesar disso, recebeu uma educação aristocrática e se manifestou amplamente a favor do abolicionismo) uma característica inteiramente singular. Se sua originalidade decorre da capacidade criativa e da dedicação, as tragédias da vida não foram menos importantes para a formulação de uma poética simultaneamente pensada e nevrálgica, ou, como já se disse, "selvagem". Com ele, através de uma desconexão lógica da imaginação e de uma multiplicidade significativa da linguagem, a subjetividade se abre, doridamente, a uma misteriosa violência cósmica e ontológica. Talvez, outro poeta não tenha tido um trabalho tão afim ao dele quanto Van Gogh. obras
Tropos e Fantasias (1885)
Broquéis (1893)
Missal (1893)
Evocações (1898)
Faróis (1900)
Últimos Sonetos (1905)
Obras (1943)
Sonetos da Noite (1958)
Obra Completa (1961)
Poesia Completa (1993 - inclui: O Livro Derradeiro)
Poemas Humorísticos e Irônicos (seleção)
Publicado em: 29 agosto, 2007   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    obras do autor ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    as princpais obras deles de cruz e sousa Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    onde eçle viveu Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    obras do ator Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    eu gostei muito?????*_* >_< (O_o) Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    QUAL AS OBRAS DE JOÃO DA CRUZ DE SOUZA? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Caracteristicas do simbolismo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a bibligrafia ? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    OBRA PRINCIPAL DE JOÃO DA CRUZ E SOUZA Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    OBRAS PRINCIPAIS ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Suas obras mais famosas são Broquéis, Faróis, Missal e Evocações. segunda-feira, 11 de novembro de 2013
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 2. beatriz

    coisas boas

    adorei tem praticamente todas as respostas do meu trabalho o valeu quem pesquisou e fes isso

    0 Classificação quarta-feira, 20 de março de 2013
  2. 1. ddd

    oi

    bom ta legal

    0 Classificação sexta-feira, 18 de maio de 2012
X

.