Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de EXTRATERRITORIALIDADE INCONDICIONADA E CONDICIONADA

EXTRATERRITORIALIDADE INCONDICIONADA E CONDICIONADA

Resumo do Livro   por:luxjus     Autor : LUXJUS
ª
 
EXTRATERRITORIALIDADE INCONDICIONADA O art. 7º do CP prevê a aplicação da lei brasileira a crimes cometidos no estrangeiro. São os casos de extraterritorialidade da lei penal. O inciso I refere-se aos casos de extraterritorialidade incondicionada, uma vez que é obrigatória a aplicação da lei brasileira ao crime cometido fora do território brasileiro. As hipóteses direito inciso I, com exceção da última (d), fundadas no princípio de proteção, são as consignadas nas alíneas a seguir enumeradas: a Contra a vida ou a liberdade do presidente da república. b Contra o patrimônio ou a fé pública da União, do distrito federal, de estado, de território, de município, de empresa pública, sociedade de economia mista, autarquia ou fundação instituída pelo poder público; c Contra a administração pública, por quem está a seu serviço; d De genocídio, quando o agente for brasileiro ou domiciliado no Brasil. Nesta última hipótese adotou-se o princípio da justiça ou competência universal. Em todas essas hipóteses o agente é punido segundo a lei brasileira, ainda que absolvido ou condenado no estrangeiro. EXTRATERRITORIALIDADE CONDICIONADA O inciso II, do art. 7º, prevê tr6es hipóteses de aplicação da lei brasileira a autores de crimes cometidos no estrangeiro. São os casos de extraterritorialidade condicionada, pois dependem dessas condições: a Crimes que, por tratado ou convenção, o Brasil se obrigou a reprimir. Utilizou-se o princípio da justiça ou competência universal; b Crimes praticados por brasileiro. Tendo o país o dever de obrigar o seu nacional a cumprir as leis, permite-se a aplicação da lei brasileira ao crime por ele cometido no estrangeiro. Trata-se do dispositivo da aplicação do princípio da nacionalidade ou personalidade ativa; c Crimes praticados em aeronaves ou embarcações brasileiras, mercantes ou de propriedade privada, quando em território estrangeiro e aí não sejam julgados.
Inclui-se no CP o princípio da representação. A aplicação da lei brasileira, nessas três hipóteses, fica subordinada a todas as condições estabelecidas pelo § 2º do art. 7º. Depende, portanto, das condições a seguir relacionadas: a Entrada do agente no território nacional; b Ser o fato punível também no país em que foi praticado. Na hipótese de o crime ter sido praticado em local onde nenhum país tem jurisdição (alto mar, certas regiões polares), é possível a aplicação da lei brasileira. c Estar o crime incluído entre aqueles pelos quais a lei brasileira autoriza a extradição d Não ter sido o agente perdoado no estrangeiro ou, por outro motivo, não estar extinta a punibilidade, segundo a lei mais favorável. O art. 7º, § 3º, prevê uma última hipótese da aplicação da lei brasileira: a do crime cometido por estrangeiro contra brasileiro fora do Brasil. É ainda um dispositivo calcado na teoria de proteção, além dos casos de extraterritorialidade incondicionada. Exige o dispositivo em estudo, porém, além das condições já mencionadas, outras duas: · que não tenha sido pedida ou tenha sido negada a extradição (pode ter sido requerida, mas não concedida; · que haja requisição do ministro da justiça.
Publicado em: 21 maio, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    queria exemplos concretos para a extraterritorialidade incondicionada e condicionada,por favor.Obrigada. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    gostaia de saber se uma arma for encontrada no carro de um brasileiro na bolivia, a justiça brasileira pode punir este brasileiro, ele não estava portando a arma ela estava em seu veiculo. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a sentença estrangeira pode ter eficacia dentro do territorio brasileiro? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    mais explicaçoes sobre o art7 do codigo penal Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como podemos dividir as leis brasileiras em sua subordinação Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    O QUE E CONDICIONADA. ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    em sábado, 28 de maio de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    o que e condicionada Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    supomos que um brasileiro matou iranianos na Rússia, com intenção de destruir, em parte, grupo religioso. processado na Rússia, foi condenado e cumpriu pena. Não voltou ao Brasil. aplica a lei brasil? ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    De acordo com o art. 7º inciso II fica aberto uma divisao entre a lei brasileira e rusa, ficando assim entao relacionada em ambas as partes. domingo, 6 de novembro de 2011
  1. Responda  :    SIM,APLICA TAMBEM A LEI BRASILEIRA ,A LEI DA RUSSIA .NESSE CASO AS LEIS DO PAIS ENTRA EM UM ACORDO PODE TANTO SER CUMPRIDA NO BRASIL COMO NA RUSSIA OU DIVIDIR APENA,SE ELE PEGOU 10 ANOS CUMPRIU 6 ANOS QUANDO VOLTA PARA O BRASIL ,PASSARA A CUMPRIR OS 4 ANOS QUE FALTA. quarta-feira, 13 de abril de 2011
  1. Responda   Pergunta  :    principio da anterioridade e sua ligaçao com o da legalidde Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    a extraterritorialidade penal atinge o brasileiro só quando ele for a vítima? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Não, pois de acordo com o Art 7º do CP; inc II; a), ficam sujeitos a lei brasileira crimes cometidos no estrangeiro mesmo que o agente seja brasileiro. domingo, 27 de novembro de 2011
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.