Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Comunhão ENTRE IRMÃOS

Comunhão ENTRE IRMÃOS

Resumo do Artigo   por:zeviani     Autor : ANTONIO LUIZ ZEVIANI
ª
 

COMUNHÃO ENTRE IRMÃOS - 04/01/2011-4 42 -

          (1ª CORÍNTIOS 11.17-34) Localizando na palavra de Deus (Bíblia) este texto escrito pelo apóstolo Paulo direcionou dizendo da tristeza de Deus diante do povo de Corinto pelas dissoluções contendas e brigas havidas entre os domésticos da fé, quando deveriam estar no aquecer do amor entre todos, especialmente na comunhão no repartir do pão. Nisto o Senhor não aprovou e não aprova, pois quando estamos na Igreja e participamos da Ceia do Senhor (Comunhão), nós estamos chamando condenação para nós mesmos, pois o partidarismo, as facções, fofocas, chocarrices, brigas, contendas nada disso edifica, ao contrário o Senhor abomina tais coisas, pois o próprio Cristo nos determinou (JOÃO 13.34) Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros. Qual então a comunhão que Deus aprova? No verso 23 da primeira leitura, Jesus aprovou a comunhão onde existe o amor, pois o amor vence até a traição, a inimizade, e isto aconteceu com o próprio Jesus que foi traído por Judas e assim o amou profundamente. O amor deve superar todas as barreiras e assim sermos fiéis, amigos e companheiros uns dos outros. Judas andou com Jesus por três anos, foi por Ele escolhido, no entanto terminou por traí-lo depois de aprender tudo o que os companheiros aprenderam foi amado e lhe mostrado o que precisava ser feito em relação aos irmãos e amigos com uma diferença; vendeu a Jesus por trinta moedas de prata. Jesus conhecia o Seu amor para com Judas e também o coração de Judas e nem por isso sabedor que seria traído jamais deixou de amá-lo. A comunhão verdadeira não deve ser determinada pela ação do outro, mas pela minha própria ação em relação aos meus irmãos. Ainda que não sejamos amados precisamos amar os demais, e sem pedirmos ou recebermos nada em troca. (vers. 24) Na noite que foi Jesus traído pegou o pão e deu graças ao Pai, Ele partiu e distribuiu aos seus discípulos. Nós temos o hábito de em quase tudo murmurarmos e não agradecermos. Senão vejamos: Você consegue agradecer a Deus pelas enfermidades, dificuldades financeiras, desemprego ou outro problema surgido em tua vida? A Bíblia revela (1ª TESSALONICENSES 5.18) Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. A comunhão aprovada por Deus está diretamente relacionada com o nosso irmão, com o sacrifício do nosso amor em gratidão, comunhão em favor do nosso semelhante sem olharmos para suas qualidades ou defeitos, mas o que podemos fazer que possa atender suas necessidades e agradar a Deus, e assim tenhamos por esta comunhão parte dos nossos pecados apagados. Como é difícil perdoar as pessoas que erram, pecam e se conduzem inconvenientemente, e praticam injustiças contra nós. Amados, dia após dia precisamos celebrar a aliança com Deus, pelo derramar do sangue de Cristo perdoarmos os que nos ofendem desagradam ou cometem atos de injustiça contra nós. Precisamos estar com Cristo pelo lavar do nosso pecado vivermos de tal forma que a comunhão com a Igreja seja alegria e festa interminável de amizade, paz, longanimidade, mansidão, domínio próprio, perdão e assim quando da celebração da comunhão dos salvos estejamos enfileirados na relação daqueles que já perdoaram os ofensores e pediram perdão por aquilo que praticou que entristeceu o coração do semelhante e de Cristo também, e assim participarmos da Ceia do Senhor simbolizados pelo pão (corpo) cálice (sangue) derramado em nosso favor para remissão dos nossos pecados. Amado amigo, o sacrifício deve vencer as barreiras do orgulho, ódio, perseguição, contendas, vingança, pois uma coisa é necessária: Para pedirmos perdão a Deus devemos nos examinar a nós próprios para sabermos se não estamos deixando alguém amargurado, entristecido, em prejuízo por danos por nós causados e que não tivemos o temor e a coragem de nos dirigirmos a ele e lhe pedir perdão. Precisamos pedir perdão e sermos perdoadores, pois quando oramos a oração sacerdotal de Cristo dizemos a Deus: “Perdoa o nosso pecado assim como perdoamos aos nossos ofensores”. Estamos pedindo a Deus igualdade de tratamento e é necessário atentarmos para a justiça de Deus, pois Ele julga o nosso pedido e se orarmos com fé, com fé receberemos. Então tomemos cuidado, pois a justiça de Deus pode cair sobre nós por estarmos pedindo a Sua justiça. Mais uma vez recomendamos a todos os leitores; Abra a tua bíblia e faça a leitura recomendada e verifique quanto necessário é se preparar para participar de uma mesa comunitária de uma Igreja e tendo ali os elementos da comunhão abençoados, e em participarmos deles para a nossa própria condenação. Se você tiver algo contra o teu irmão, primeiramente vai ter com ele e se perdoem mutuamente, para depois participar da comunhão dos salvos.

ORAÇÃO – Amoroso Deus eterno e querido Pai celestial, reconheço o meu pecado a minha negligência, imperícia e imprudência e clamo pelo poder regenerador do sangue de Jesus Teu Filho perdoa Senhor para que eu também perdoe o que me ofendeu e sejamos um no Senhor. Abençoa a minha vida para que eu também seja um abençoador. Oro agradecido em nome de Jesus. Amém.

ANTONIO LUIZ ZEVIANI

Publicado em: 05 janeiro, 2011   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    onde se encontra a passagem da biblia que fala:antes de servir a Deus se tiveres algo conta teu irmão vá ter com ele ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    ESTÁ ESCRITO NA PALAVRA DE DEUS EM MATEUS 5.21-26 23 Portanto, se estiveres apresentando a tua oferta no altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24 deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai conciliar-te primeiro com teu irmão, e depois vem apresentar a tua oferta. terça-feira, 1 de maio de 2012
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.