Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Romantismo no Brasil - prosa

Romantismo no Brasil - prosa

Resumo do Artigo   por:FelipeJesus     Autor : Felipe Jesus
ª
 
Prosa romântica: A ficição no Brasil: roamnces, contos e novelas aparecem na literatura brasileira no período romântico. Folhetins (romances publicados semanalmente em jornais ou revistas). O 1° roance brasileiro é O Filho do Pescador, de Teixeira e Souza. O Romance: predominância de tipos e supervalorização do enredo; descrições de lugares, de cenas e de acontecimentos daí a cor do local; estudo das relações humanas, no passado e no presente; apresentação da vida urbana, regional, rural e selvagem. Autores mais importantes: Joaquimm Manuel de Macedo: em 1844, com A Moreninha, surge o verdadeiro romance brasileiro, adaptado ao nosso cenário ao nosso cenário, estudando a psicolgia feminina, observando e retratando so costumes, as manias e as mediocridades da sociedade carioca de então. Macedo soube como ninguém adaptar o romance europeu ao nosso ambiente satisfazendo o leitor. Obras: Poesia: A Moreninha (1844). O Moço Loiro (1845); Os Dois amores (1848); A Luneta mágica (1869). Teatro: O Cego (1849); O fantasma branco (1856); O primo da Califórnia (1858). Bernardo Guimarães, Franklin Távora e Visconde de Taunay, têm em comum o fato de não relatar um Brasil litorâneo e contaminado pela cultura européia. É por intermédio deles que é introduzida a imagem do sertanejo na nossa ficção, por isso eles são conhecidos por sertanistas. Bernardo Guimarães: ele é considerado o criador do romance sertanejo e regional, ambientado em Minas Gerais. Obras: O ermitão de Muquém (1865); O Seminarista (1872); O garinpeiro (1872) e A escrava Isaura (1875). Franklin Távora: mesmo tendo sido um dos fundadores do regionalismo brasileiro, fazendo uma proposta de literatura baseada na realidade, na história, na gaeografia e nos costumes locais, ele fez romances enfadonhos, não conseguindo realizar suas intenções realistas e naturalistas. Obras: Romance: Os índios do Jaguaribe (1862); A casa de Palha (1866); O cabeleira (1876); O mulato (1878). Conto: A trindade maldita (1861). Visconde de Taunay: romântico pelo seu idealismo sentimental e realista por suas descrições da natureza, às vezes com observações minuciosas e notas cintíficas sobre a fauna e flora, ele é um escritor de transição. Obras: Romance: A mocidade de Trajano (1871); Inocência (1872); O enchilhamento (1894); A retirada de Laguna (1872 – em francês). Escreveu também contos, depoimentos, ensaios e peças teatrais. José de Alencar: Alencar é sem dúvida o principal ficcionista roamntico brasileiro.
Ele explorou a lenda, a história, os costumes da sociedade, a plítica e a vida colonial. Seus temas principais eram o homem e a terra brasileira, o Brasil do campo e das cidades. Devido a sua vastíssima obra, ela costuma ser dividida em: romance indianista, romance histórico, romance urbano e romance regionalista. Romance indianista: ele faz constatar a ganância e a falsidade do civilizado europeu com o mito do “bom selvagem”, a quem dá características de fidalgo. Ele incorpora o vocabulário indígena e chama a atenção aos costumes indígenas. Roamnce indianistas: O guarani (1857); Iracema (1857) e Ubirajara (1874). Romance histótico: baseado na imaginação, ele faz refência à conquista definitiva da terra brasileira e à ambição de imigrantes e averntureiros interessados nas riquezas da nova terra. Além de representar as nossas origens e a formação como povo. Romances históricos: As minas de Prata (1865) e a Guerra dos Mascates (1873). Romance urbano: trata da vida do Rio de Janeiro da época, apresenta dramas morais e tipos femininos complicados. O amor, o casamento por interesse, a sociedade patriarcal e a importância do dinheiro. Romances urbanos: Cinco minutos (1856); A viuvinha (1860), Lucíola (1862); Diva (1864); A pata da gazela (1870); Sonhos d’ouro (1872); Senhora (1875) e Encarnação (1893). Romance regionalista: traça um painel das peincipais regiões do país, o extremo sul, o interior fluminense, o planalto paulista e o nordeste, fazendo uma descrição de hábitos e costumes dessas regiões. Romances regionalistas: O gaúcho (1870); O tronco do ipê (1871); Til (1872) e o Sertanejo (1875). Além dos romances citados José Mariniano de Alencar, escreveu: Teatro: Demônio familiar (1857); Verso e reverso (1857); AS asas de um anjo (1860); Mãe (1862) e O jesuíta (1875). Poesia: Os filhos de Tupã (inacabado) Não ficção: Ao correr da pena (1874) e Como e por que sou romancista (1893).
Publicado em: 17 abril, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    resumo da obra de Joaquim Manuel Macedo A MORENINHA de que fala a historia e os personagens. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    posso ver a obra o moco loiro de joaquim manuel de macedo Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    caracteriscas do romantismo no brasil prosa 1 Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    aondi ta o video Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais fatores propiciaram ampla aceitação do romãmtismo entre os leitores de literatura no brasil? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quem foi o primeiro altor do romantismo. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como eu tiro esse tablet da minha tele ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    desce a tela q embaxo tem um (x) quarta-feira, 9 de maio de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    principais autores? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quais são as principais obras e caracteristicas dos autores do romantismo no brasil prosa 2??? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é prosa 1 e 2? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. Amanda Paulo Soares

    Comentario

    Gostaria de dizer-lhes que o assunto do resumo sobre a prosa romantica é muito bom porem ha muitos erros de português durante o escrito.

    1 Classificação sexta-feira, 7 de março de 2008
X

.